SHINee Portugal

SHINee Portugal

Um lugar de carinho, uma segunda casa, um lugar de encontro de Shawols e não só!
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Number 6 (SHINee Fic)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
lenitta
Flaming Charisma
Flaming Charisma
avatar

Feminino Mensagens : 2574
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/01/2012
Idade : 26
Localização : Setúbal - Montijo

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Dom 29 Abr - 12:26:18

maisssssssssssssssss quero maissssssssssss hehe
Voltar ao Topo Ir em baixo
PaatLeeChoi
Colorful Soul
Colorful Soul
avatar

Feminino Mensagens : 564
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 21
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Dom 29 Abr - 12:33:52

Citação :
já terminei de ler linda, amei mesmo, agora quero mais...

viver debaixo do mesmo tecto que os shinee??? aquilo que passou pela minha cabeça foi tão porno haha

ahahah obrigada Unnie ^^

E é essa a ideia xD


Voltar ao Topo Ir em baixo
http://adifferentgirl-paatleechoi.blogspot.pt/
Rafiki
Drunken Lover
Drunken Lover
avatar

Feminino Mensagens : 6421
Reputação : 0
Data de inscrição : 03/02/2012
Idade : 19
Localização : caca

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Dom 29 Abr - 14:46:41

PaatLeeChoi escreveu:
ahahaha Tbm eu Rafinha *-*

Seria tipo um sonho realizado!!

Já viste tu a morares debaixo do mesmo teto que o teu Jong, tendo assim a oportunidade de conquista-lo?? >.<
Aaiiiiiiiiiiiih cala-te nem digas uma coisa dessas *-* :67: biiiiiiiiiig dream eheheheh xD


ADOREEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEI :67: :67:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Maary Taemin
NewBie
NewBie
avatar

Feminino Mensagens : 351
Reputação : 0
Data de inscrição : 27/03/2012
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Dom 29 Abr - 14:54:59

quero mais, quero mais, quero mais, quero muito maaais (8)
*momento infantil da maary* haha
passou

ai Patti, eu quero ler mais, estou viciada
Voltar ao Topo Ir em baixo
PaatLeeChoi
Colorful Soul
Colorful Soul
avatar

Feminino Mensagens : 564
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 21
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Dom 29 Abr - 14:57:46

Number 6
Cap. 3: Feira Popular






-Uau! Isto é incrível! – Exclamei eu ao entrar com os rapazes na feira.
Nunca tinha estado numa, com tanta dimensão.
Ali havia de tudo um pouco, desde as barracas de comida, barracas para “tentar a sua sorte” com presentes no final, três montanhas russas desde a mais pequena a maior, – onde nesta, se podia ouvir muita gente a gritar – uma casa do terror e um comboio do mesmo, algumas viagens de barcos desde os românticos, aos históricos, – um com historia da Coreia, outra com a história dos maiores famosos de K-Pop – uma viagem de Jipe pela parte selvagem da feira, tendo esta animais verdadeiros, carrinhos de choque, muitos tipos de carrosséis – uns com forma de animais, outros com o mundo da Disney, e outro com formas variáveis – e etc.
Aquilo sim era uma verdadeira feira popular. E devia ser muito boa até, pois estava cheia de pessoas.
-Afinal acho que fiz bem dispensar o meu dia de dança. – Disse TaeMin com a boca aberta enquanto os seus olhos percorriam tudo o que os meus já tinham percorrido.
-Bem e que tal se em vez de estarmos para aqui a falar, fossemos explorar este grande sítio? – Perguntou JongHyun enquanto metia os braços à volta do meu pescoço e de Tae.
-Aonde vamos primeiro? – Falou desta vez o líder.
-E que tal se começássemos com aquilo?
MinHo apontou para os carrinhos de choque, que agora estavam parados à espera que alguém viesse.
Olhamos todos uns para os outros e depois fomos a correr para lá, ocupando os carros que queríamos.
JongHyun e Onew ainda tiveram uma pequena disposta devido a quererem o mesmo divertimento, que tinha uma cor de vermelho vivo com o número 1 à frente. Jong levou a melhor, deixando o amigo com aquele olhar assassino de Onew Condition, deixando-se depois disso, e indo a correr para outro de cor semelhante mas com outro número bem distante.
-Hey, Ahjussi! - Gritou Key para o senhor que estava dentro de uma cabinezinha, que controlava os carrinhos de choque – Será que podia meter a funcionar?
O senhor – supostamente ao perceber quem tinha invadido o espaço dele, sem pagar antes – assentiu com a cabeça com uma grande sorriso e depois carregou num botão, metendo aquilo a trabalhar.
Começamos logo na maior brincadeira, mexendo nos volantes e indo bater uns nos outros.
Claro que no meio daquilo tudo, começou a haver uma disputa entre o JongHyun e Onew, devido ao que acontecera antes, onde estes faziam de tudo para bater fortemente um no outro.
Key, ao ver o seu amorzinho sendo atacado, juntou-se a ele, fazendo com que MinHo, devido à injustiça que estava a haver, se juntasse a Onew, começando ali uma guerra de SHINee vs. SHINee.
Tae e eu que estávamos de fora a assistir aquilo, olhamos um para o outro e começamos nos a rir.
-E depois nós é que somos as crianças! – Gritou-me ele, devido ao barulho.
Eu apenas assenti e comecei-me a rir da figura que os outros estavam a fazer.
Mas é claro que o grito do mais novo e de seguida os nossos risos, não ficaram só entre nós, e antes que pudéssemos dar por nós, já os mais velhos tinham parado a guerra entre eles, e dirigiam-se a nós para nos atacar.
E assim, eu e o Maknae começamos a tentar fugir deles, não conseguindo e depois começando a ataca-los também.
Mas antes que a brincadeira pudesse continuar, já o Ahjussi tinha parado os carrinhos.
Começamos a sair, rindo e gozando uns com os outros, enquanto Onew e Key iam pagar os bilhetes atrasados ao senhor.
O resto da tarde também fora como no início. Muito divertida e cheia de risos entre nós.
Claro que havia de vez em quando algumas fans que se metiam no nosso caminho a pedir autógrafos, fotos e tal, mas depois deixavam-nos ir à nossa vida.
Nos percorremos o parque todo. Depois dos carrinhos de choque fomos até aos carrosséis, seguido do comboio da História da Fama K-Pop onde tivemos a agradável surpresa de vermos bandas conhecidas que admirávamos e que os SHINee até conheciam, tais como: Shinhwa, Super Junior, Girls Generation, Wonder Girls, Rain, BoA, Big Bang, SS051, 2NE1, FT Island, 2PM, After School entre outros – e quando digo entre outros estou me também a referir aos próprios SHINee que estavam lá pelo meio.
Depois da visita guiada pela fama do K-Pop, foi altura de ir à casa do terror. Tenho que admitir que até aquele ponto tinha sido o meu lugar preferido. Aquilo realmente era assustador. Vocês têm noção do que é andar por uma espécie de casa assombrada, completamente à nora sem saber para onde ir, às escuras – vá, só com a pouca iluminação de algumas velas – enquanto se houve barulhos sinistros, coisas a “partirem-se” e a cair, e em momentos de alta tensão alguém agarrar-nos os pés, ou puxar-nos partes da roupa? Parece muito assustador não parece? E até era, isso tenho que concordar. O único problema é que TaeMin e Key estavam tão assustados que de vez em quando davam uns gritos assim um pouco estranhos, fazendo o resto de nós darem também berros, mas começando-nos a rir a seguir. E claro, para além desta algazarra toda, também havia momentos que eu iria jurar que um deles tinha saltado para o colo de alguém, fazendo aquela cena toda ter mais piada.
De seguida, foi altura da ida à temível montanha russa grande. Tenho que admitir que estava um pouco com medo, pois eu e alturas não somos assim muito chegadas – terrível fobia que ganhei do meu queridinho irmão mais velho. MinHo foi pagar os bilhetes – enquanto era “perseguido” por algumas fans que andavam atrás dele – fazendo com que nós fossemos entrando para nos ajustarmos aos nossos lugares. Key, cheio de medo foi com Jong, assim como eu fui com o mais velho, deixando Tae à espera do amigo.
Assim que MinHo se sentou ao lado do Maknae – e que aquilo ficou devidamente cheio – a montanha russa começou a andar. Será desnecessário dizer que a maior parte da viagem passei a gritar, de olhos fechados, enquanto esmagava o braço de Onew, certo?
Depois da grande “aventura” decidimos ir até às barraquinhas das diversões tentarmos a nossa sorte.
JongHyun, Onew e MinHo foram-se desafiar uns aos outros num jogo de “basket” – sabem, aqueles que não são mesmo jogos de basket, mas que mesmo assim tem que acertar dentro do cesto para ganhar – seguido por um jogo de tiros nos pratos.
Key e eu fomos tentar a nossa sorte nas máquinas de peluches, enquanto TaeMin, a pedido de uma fã, foi tirar fotos com ele para dentro daqueles aparelhos que tiram fotografias e que depois se dá para decorar.
-Iupiii!! – Gritou excitadíssimo o meu oppa ao meu lado – Consegui tirar um!
-A sério? – Perguntei super espantada, pois já tinha perdido ali um bom dinheiro e até agora não tinha conseguido tirar nada.
-Hum Hum. E este vai ser para o meu JongHyunzinho.
-O que tiraste?
-Um macaquinho muito fofo.
E depois mostrou-me o peluche e… Oh My God! Ele era a cara chapada do loiro!
Imaginem um peluche de um macaco com os braços erguidos como se estivesse a mostrar os músculos, de cócoras, e de pêlo amarelo dourado enquanto a cara, as mãos, os pés e as orelhas eram de um tom de pele mais ou menos escura.
-É parecido com o meu monkey lindo, não é?
Assenti com a cabeça e depois comecei-me a rir.
-É e até demais.
E depois começamos os dois a rir que nem loucos.
-Porque se estão a rir? – Perguntou Tae, chegando ao pé de nós.
Nenhum de nós respondeu. Key simplesmente mostrou-lhe o boneco que tinha na mão.
-É o JongHyun hyung! – Exclamou começando a rir também.
-O que é que é ele?
E depois virei-me para trás para o resto dos rapazes que acabavam de chegar, vendo que tinha sido Onew a falar, enquanto apontava para o amigo em questão.
-Isto.
Key apontou o macaco que tinha tirado da máquina, fazendo MinHo e JinKi começarem a rir que nem loucos, como nós, deixando Jong com cara de poucos amigos.
-Não acredito que me estão a comparar a esse macaco.
-Ai Jong! Não é uma beleza? – Questionou-o Key, indo até ele para lhe mostrar melhor o bichinho, enquanto se agarrava a um dos seus braços – Tirei-o desta máquina especialmente para ti.
-Mwo!? Estás-me a chamar de macaco?
-Não é nada disso loirinho da minha vida. Simplesmente achei engraçado como ele parecia tão… Masculino como tu és. – Respondeu o meu oppa tentado disfarçar.
-Que desilusão Key. Agora que até já tinha comprado estes bilhetes para o Barco do Amor para nós os dois, tu fazes-me uma destas?
E depois tirou dois bilhetes do bolso, mostrando-os ao namorado.
-Ahhhh!! - Key deu um gritinho histérico, indo de seguida até aos lábios do amado.
JongHyun correspondeu ao beijo do outro, metendo os braços à volta da cintura dele, e começando a movimentar os lábios.
Aquilo foi uma língua que passou?
-Aish! Pessoal, arranjem um quarto ok!? – Exclamei começando a ficar enojada com aquela demonstração em publico – e quando digo em publico estou me a referir que para além de nós, havia fans a babarem-se ao mesmo tempo que assistiam aquele fanservice.
-Não podem ir logo gozar desses bilhetes? – Perguntou MinHo com a mesma cara que eu.
O casal nem nos respondeu. Simplesmente acenou-nos com as mãos e depois foram embora.
-E nós? O que vamos fazer?
Tanto eu como TaeMin e MinHo ficamos a olhar para Onew, sem saber o que lhe responder.
-Eu cá não sei de vocês, mas está-me a dar uma fome neste momento. – Disse metendo uma mão na barriga.
-Então pronto, vamos parar um pouco para comer enquanto aqueles dois fazem a cena de casal apaixonado.
MinHo e Tae concordaram e depois começamos os quatro a andar à procura de um bom sitio onde pudéssemos parar para comer algo.
-Peço desculpa. – Falou uma voz desconhecida, fazendo-nos virar para trás – Os meninos são os SHINee, não são?
A pessoa que estava à nossa frente era um senhor com os seus quarenta anos, careca, com uma barrinha assim já para o grandinha, e com um ar muito amigável.
-Sim, somos nós. – Respondeu TaeMin.
-Peço desculpa por estar a incomoda-los, mas é que eu sou o dono desta feira, e houve uns empregados meus que disseram que estavam por cá. Provavelmente dia de folga, não?
-É sim Ahjussi, e então o que deseja de nós? – Desta vez quem se prenunciou foi MinHo.
-Oh. Eu não queria importuna-los nem nada disso, mas é que tinha uma proposta para vos fazer.
-E que proposta é essa? – Perguntou o líder, de sobrolho erguido.
-Eu preferia falar com vocês em particular. No meu escritório para falarmos melhor sobre isso, pode ser?
Eles os três assentiram virando-se depois para mim.
-Oh! Então vocês vão falar com o Ahjussi enquanto eu vou comer qualquer coisa ok?
-Não. – Negou MinHo, vindo para ao pé de mim, e depois virando-se para os outros – Vocês vão lá falar dessa proposta, enquanto eu vou com a Sun. Duvido que o Key gostasse de saber que deixamos a sua irmãzinha sozinha num sítio tão grande como este.
-Ei! Eu já não sou nenhuma criança! – Exclamei para ele, batendo-lhe no braço.
O moreno alto simplesmente revirou os olhos e depois continuou a falar:
-Eu vou andando com ela. Depois liguem-me.
MinHo meteu o braço à volta do meu pescoço e depois começou a andar para longe dos amigos.
-MinHo! – Gritou TaeMin vindo a correr até nós, puxando-o de seguida para uma distância de mim que eu não conseguisse ouvir o que eles diziam.
Não conseguia ver a cara de Choi, mas a cara de Lee não me agradava nada. Estava outra vez com aquele olhar sério, e aquela cara arrogante, como se estivesse a avisar o amigo de algo, enquanto o agarrava pelo braço.
MinHo sacudi-o, dizendo-lhe algo e depois virou as costas ao mais novo, vindo ter comigo.
-Está tudo bem oppa?
-Sim, não te preocupes. Paranoias do Maknae.
E depois começamos a andar.
Foi um pouco complicado encontrar um sítio bom que estivesse com mesas livres, mas depois lá conseguimos, sentando-nos e chamamos o empregado.
-O que vão desejar?
MinHo olhou um pouco para a lista de alimentos e depois pediu:
-Eu queria um anko e um sumo de laranja, por favor.
Ele deu-me a lista enquanto o jovem que nos servia apontava no seu caderninho.
-Eu queria um wallfle de amêndoa com chocolate por cima, e um leite de baunilha, por favor.
O rapaz apontou tudo e despediu-se de nós com um: “trago já.”
E ficamos sozinhos. Completamente silenciosos.
Nenhum de nós dizia uma única palavra. Mas também, não me vinha naquela altura nada para dizer, só conseguia pensar do que acontecera a uns minutos atrás com TaeMin e até mesmo a cena de ontem à noite.
O que será que eles tinham falado a pouco para deixar aquela terrível tensão no meio deles?
E porque razão ele tinha reagido daquela maneira na noite passada?
-Estás muito silenciosa. Não é nada teu. – Falou ele rasgando o silêncio que havia entre nós.
-Oh, miane. É que estava aqui a pensar numas coisas.
-Que coisas?
Nas tuas atitudes.
-Estava a pensar que proposta seria aquela que o Ahjussi fez-vos. – Menti.
-Oh, deve ser o mesmo do costume. Cantamos um ou duas musicas, e em troca ele dá-nos algo.
-Faz sentido.
E depois voltou a fazer-se silêncio entre nós os dois, enquanto na minha cabeça havia até demasiado som de perguntas que eu queria fazer-lhe.
Não tinha volta a dar. Iria acabar com aquela minha curiosidade de uma vez por todas.
-O que é que o TaeMin queria a pouco?
Ele fitou-me, e pude ver que ele estudava a pergunta e a possível resposta.
-Já te disse, paranoias dele.
-Que paranoias eram essas?
MinHo não respondeu logo. Simplesmente hesitou continuando a fitar-me. Acho que ele já percebia aonde aquela conversa ia dar. Ou talvez não.
-Ham…Tinha medo que, sendo só ele e Onew a negociar com o Ahjussi, as coisas não fossem do agrado de nós os três.
-Eles não são bons nessas coisas?
-Pois, é que… Não é que sejam bons ou maus. Simplesmente não precisam de negociar, pois para esse tipo de trabalho temos o nosso manager. Mas acredito que uma coisa tão simples quanto essa, seja facilmente realizada por eles com sucesso.
Fez-se silêncio outra vez.
Podia até ser impressão minha mas, eu achava que aquela historia estava muito mal contada.
Percebia-se a cena de TaeMin não querer cometer um erro que os amigos pudessem não gostar. Mas, chegar ao ponto de ficar com aquela expressão no rosto? De chamar – mais precisamente puxar à força – MinHo à parte e falar-lhe com aquela maneira tão violenta? Algo não batia certo.
Mas isso agora era outra coisa. O que me preocupava agora era outro assunto…
-MinHo oppa, posso-te fazer uma pergunta?
-Aqui está. – Disse o empregado entregando-nos a comida pedida – Bom apetite. – E depois saiu de ao pé de nós para ir atender outros clientes que o chamavam.
-Ye. Força.
Respirei fundo e depois perguntei:
-Porquê que reagiste daquela maneira, ontem à noite?
O moreno à minha frente que estava prestes a levar à boca um bocado do seu anko, cedeu, voltando a mete-lo no prato, bufando depois.
-Não vás por esse caminho pode ser?
-Wae?
-Aish. Sun… - Começou ele a falar, começando a ficar nervoso – Não vamos tocar nesse assunto.
-Miane. Mas agora vai ter que ser.
-Wae? Porquê que queres saber?
-Ainda perguntas porquê!? Depois do que viste ontem, tiveste uma reação muito estranha para ti mesmo. Estava nervoso e possesso. Nunca tinha visto esse teu lado! E hoje… - Acalmei a voz, respirando fundo, fechando os olhos, e depois voltando a fita-lo nos seus olhos castanhos – E hoje ages como se nada tivesse acontecido. Alias, tu e toda a gente. Como se estivesse a querer apagar o que acontecera ontem.
-E o que queres que te diga? Que fiquei assim porque não gostei do que vi? Que estamos a tentar apagar a cena que aconteceu entre vocês ontem à noite, para não ficar um clima pesado entre mim e o Tae e o resto do pessoal? É isso que queres ouvir?! – Perguntou-me quase fora de si.
-Ani. Eu quero é saber o porquê disso tudo.
-É cedo demais para isso.
Nenhum de nós voltou a falar. Simplesmente ficamos a fitar-nos durante um bom bocado que mais parecia a eternidade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://adifferentgirl-paatleechoi.blogspot.pt/
Maary Taemin
NewBie
NewBie
avatar

Feminino Mensagens : 351
Reputação : 0
Data de inscrição : 27/03/2012
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Dom 29 Abr - 15:17:58

rapariga, tu és uma MAQUINA *--*
amei, como sempre lol
quero mais, fiquei com pena do Minho lol
Voltar ao Topo Ir em baixo
PaatLeeChoi
Colorful Soul
Colorful Soul
avatar

Feminino Mensagens : 564
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 21
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Dom 29 Abr - 15:27:13

Uma maquina ??
Chamas-me isso, dp de te obedecer ?? u.u
Tu pediste e eu dei-te xD

Poisé, odiei ter que meter o meu Oppa assim :53:
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://adifferentgirl-paatleechoi.blogspot.pt/
Maary Taemin
NewBie
NewBie
avatar

Feminino Mensagens : 351
Reputação : 0
Data de inscrição : 27/03/2012
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Dom 29 Abr - 15:32:57

lool
não é por isso, é porque escreveste bué depressa tens noção?

opaaa, odiei também... ele não pode sofrer assim pa
Voltar ao Topo Ir em baixo
PaatLeeChoi
Colorful Soul
Colorful Soul
avatar

Feminino Mensagens : 564
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 21
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Dom 29 Abr - 15:41:50

Monkey 3 Beeem... A verdade Unnie, é que esses três caps já tinha aqui no PC.
So bastava voltar a lê-los para corrigir os erros e mudar algumas coisas e depois postar xD

Por isso não sou nenhum maquina ahah

Não pode mesmo...
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://adifferentgirl-paatleechoi.blogspot.pt/
Rafiki
Drunken Lover
Drunken Lover
avatar

Feminino Mensagens : 6421
Reputação : 0
Data de inscrição : 03/02/2012
Idade : 19
Localização : caca

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Dom 29 Abr - 17:02:09

ADOREI ADOREI ADOREI TU ESCREVES TAO BEM :67: :67:
Aiiih :67: quero MAAAAIS *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
PaatLeeChoi
Colorful Soul
Colorful Soul
avatar

Feminino Mensagens : 564
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 21
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Dom 29 Abr - 17:09:36

Number 6
Cap. 4: Miane





Quando vos disserem que o silêncio pode matar, não duvidem dessa pessoa. Pois o barulho de nenhuma palavra dita pode ser tão mortífero como uma bala na cabeça.
Não imitíamos nenhuma espécie de som. Era como se os nossos olhares, fitados nos olhos do outro, fossem as nossas palavras. E acreditem que naquele momento não estava a haver uma conversa muito amigável.
A nossa comida ainda estava intacta em cima da mesa enquanto as pessoas que passavam por nós ficavam estupidamente paradas a olhar para nós. Talvez a pensar que aquilo devia ser alguma cena para os apanhados, pois andavam depois à procura das possíveis camaras escondidas.
Mas estas não eram as únicas que andavam à procura de máquinas e pessoal da produção. Fans que deviam conhecer muito bem a carreira de MinHo também o faziam – se calhar a pensar que aquilo era uma cena de um novo dorama que ele estava a fazer.
Mas não. Aquilo era a vida real. E aquilo estava mesmo a acontecer na vida do jovem ídolo e na minha.
-Ah! Com quem então estão aqui! – Exclamou Key com JongHyun ao lado, ao mesmo tempo que se sentavam na nossa mesa.
-Beeem. Que caras são essas? – Perguntou o loiro, olhando para mim e para o amigo.
-Que caras Hyung?
E juro que causa me caiu tudo.
MinHo teve o descaramento de perguntar o que quer que seja ao amigo, ao mesmo tempo que lhe dava o maior sorriso cínico que eu já vira na minha vida.
Este rapaz sabe mesmo representar.
-Pois oppa, que caras?
E fiz o mesmo que o moreno fizera.
Ainda trocamos um olhar de lado como se quiséssemos matar o outro, mas depois mudamos de expressão metendo outra vez a cara de “santos”.
-Nada. Esqueçam.
Foi então que o telemóvel de Choi começou a tocar.
-Estou? (…) Estamos ao pé… - MinHo começou a olhar em volta do espaço onde estávamos – Sabes onde é que as lojas das lembranças ao pé das barracas de comida? (…) Ye, ye. Aí mesmo. (…) Até já. – E desligou.
-Quem era? – Questionou-o Key.
-Era o Onew a perguntar onde estávamos para virem ter com a gente.
-Calma lá! É verdade, onde é que eles estão? Porquê que vocês de separaram? – Perguntou outra vez o loiro, dando de seguida um golo na bebida do amigo.
-O dono da feira veio ter connosco para nos fazer uma proposta. E ele e o TaeMin foram com o Ahjussi discutir o assunto.
-Mwo!? Vamos ter que trabalhar no nosso dia de folga?
MinHo não respondeu, simplesmente encolheu ombros.
-Então e vocês? Divertiram-se? – Disse eu.
Eles não me responderam. Simplesmente comportaram-se de uma forma muito estranha. Jong que levava outra vez a bebida do amigo à boca, engasgara-se, e Key baixou a cabeça, tapando o sorriso que tinha nos lábios. A única semelhança destes dois, é que ambos ficaram muito envergonhados naquele momento.
-Oh My God! – Exclamei chocada.
-Aish. Eu não acredito! Vocês não têm vergonha? – Inquiriu Choi, com a mesma expressão que eu.
-O que é? Já somos os dois maiores de idade ok? – Falou Jong ainda envergonhado mas a tentar manter a postura – Alias, eu pensava que a Umma aqui era o Key e não tu.
-Tudo bem hyung mas… Numa feira popular? Num sítio lotado de pessoas em todo o lado?
-Tinha que ser. – Respondeu ele encolhendo os ombros – Com vocês sempre por casa, é complicado.
-O que é que é complicado connosco sempre por casa? – Perguntou o Maknae ao mesmo tempo que chegava com o mais velho.
-Nada! – Gritamos, eu, Jong e Key em coro.
-Okaaaay.
-Então? Como é que ficou isso?
Onew sentou-se e começou a preparar a resposta para MinHo.
-Vamos daqui a pouco para o palco aqui da feira cantar uma música.
-Só uma? – Espantou-se Jong.
-Ye.
-E o que vamos receber em troca? – Continuou Key.
-Bem… Pode se dizer que todas as despesas que fizemos até aqui na feira, vão ser devolvidas.
-Mwo? Só por uma música?
-Ye.
-E que música é que vocês vão ter que cantar? – Desta vez foi a minha altura de falar.
Ele não respondeu logo. Fez um pouco de suspense e depois respondeu:
-Lucifer.

* * *

Estava na primeira fila ao pé de uma pequena grade que fazia dividir o espaço para as fans do palco, e à minha volta encontrava-se uma data de jovens completamente de rastos por irem assistir a um momento dos seus ídolos.
Até me sentia mal por não estar ali aos pulos, aos gritos e até com a lagrima no canto do olho – talvez por irem ver os seus “amados” gratuitamente.
Respirei fundo e de repente já estavam a anunciar que os SHINee vinham ai.
Ia começar a algazarra.

[1º verso:]
Onew: Sumul gotdo chatji mothae nanun piharyogo yaessobwado
(Mesmo que eu tente evitar-te, eu não consigo encontrar um lugar para me esconder)
Gobujocha hal su obnun
(Mantido em cativeiro por ti)

TaeMin: Negae gathyoborin na
(Eu não posso negar)

JongHyun: Sarangiotdamyon jongmal saranghaetdon goramyon naegae irojinun mara
(Se foi amor, se realmente me amaste, tu não irias fazer isto comigo)
Her whisper is the lucifer
(O sussurro dela é o lucifer)

*Tempo de Dança*

[Refrão:]
SHINee: Narul mukgo gatunfamyon sarangdo mukkin chae
(Se tu me amarrares e me prenderes, o amor também estará preso)
Miraedo mukkin chae kojil su obtnunde
(O futuro também estará amarrado e não vai conseguir mais crescer)
Jayurobke biwonohgo barabwa ojik noman chaeulke noman gaduk chaeulk
(Liberta-te livremente e olha para mim, só eu vou-te preencher, só eu vou-te completar)

[Pós-Refrão 1:]
SHINee: Gobu hal su obtun noye maryogun LUCIFER
(O teu feitiço inigualável é LUCIFER)
Gobu hal su obtun noye mabobun LUCIFER
(A tua magia inigualável é LUCIFER)
Dagasomyon nonun machi chonsa gatun olgullo
(Quando eu me aproximo da tua face angelical)
Narul sanun iyura marhago marhago
(Diz que a razão porque vives sou eu, Diz!)

[2º verso:]
Key: Norul choum bwassul ttae jjalbun sungam momchwoboryotji
(Quando te vi pela primeira vez, parei por um breve momento)
Nuga machi nae shimjangul ggwa chwin chae nohji anhnun gotchorom
(Como se alguém estivesse a segurar no meu coração firmemente, não deixando ele ir)

TaeMin: Ajikgajido
(Até agora)
Nonun gurohke nae mamul da da da da da da gajyonohgo
(Tu simplesmente levaste tudo tudo tudo tudo tudo tudo do meu coração)

JongHyun: Niga obsumyon nae mami da taborilke mandunda
(O meu coração queima quando não estás aqui)

[SHINee: Refrão]

SHINee: LOVERHOLIC ROBOTRONIC [2x’s]

[3º verso:]
JongHyun: Nowa gatu nanun saragyaegideul
(As histórias de amor que compartilhamos)

Onew: Narang gatun gosul barabonun no
(Tu leva-as para os mesmos sítios que eu)

JongHyun: Uri to isangun wanbyokhaejil su obdago nuggyossul ddae
(Quando sentimos que não conseguimos ficar mais perto da perfeição)

MinHo: Naman chyodabwa nonun to to to to to to narul wonhae
(Apenas olhando para mim, tu queres-me mais mais mais mais mais)

TaeMin: Nanan barabwa modun ge ge ge ge ge ge niga jungshim
(Apenas olha para mim, tu és o centro de todas as coisas coisas coisas coisas coisas coisas)

JongHyun: Onjebutonga jogumsshik jalmotdwen got gata isanghan no
(Alguma coisa anda mal, gradualmente vieste te a tornar estranha)

Key: Nal alton sarangdul modu hana dulsshik gyoyul ttona nan
(Todo o amor que eu conhecia deixou-me um por um)

JongHyun: Gajin ge noppunigo
(Tudo o que tenho és tu)

[SHINee: Refrão]

[4º Verso:]
Onew: Machi yurisonge gathyoborin ppieroman dwen got gata
(Eu sinto como se me tivesse tornado num palhaço preso num castelo de vidro)

TaeMin: Joltae manjok obtnun norul wihae chumul chunun na
(Eu danço para ti, quem nunca ficará satisfeita)

Key: Hwonhi dulyodabogo nwerul manjyo babo dwen got gata
(Olhas-me abertamente, tocando no meu cérebro, eu sinto que me estou a tornar num tolo)

TaeMin: Nan jomjom nege ggullyoganun gotma gatunde
(Eu acho que estou a ficar cada vez mais e mais atraído por ti)

SHINee: LOVERHOLIC ROBOTRONIC [2x’s]

[5º Verso:]
Onew: Niga miun gon anya shirhdan gotdo anya danji guron nunbichi budamil ppun
(Não é que eu te odie ou que não goste de ti, é que esse tipo de olhar é um fardo)

JongHyun: Odi anga irohke nan noman barabogo gidaryo watjanha
(Eu não vou a lado nenhum, eu esperarei assim apenas olhando para ti)


[Rap:]
MinHo: Noye nunbichi nal sarojabda nari jinalsurok nalkarowojyotda
(O teu olhar captura-me, à medida que os dias passam, ele torna-se mais afiado)
Noye jibchake jichyotda mani beotda mame piga nanda
(Eu estou farto da tua obsessão, já fui magoado o bastante, o meu coração está a sangrar)
Na ssurojil jjum dwemyon dagawaso chonsagati saranghae ran mal
(Quando é hora de eu ir, ela vem ter comigo como um anjo e diz “Eu amo-te”)
Nuga jinjja noyotnunji aldagado hetgallike mandunda
(Mesmo sabendo que eras realmente tu, tu realmente confundiste-me)

[SHINee: Refrão]

[6º Verso:]
JongHyun: Machi yurisonge gathyoborin ppieroman dwen got gata
(Eu sinto como se me tivesse tornado num palhaço preso num castelo de vidro)

MinHo: Narul naepdwon jayurowo jil ttae norul jinjja saranghal su itgo
(Deixa-me sozinho, quando eu estiver livre vou puder amar-te verdadeiramente)

Onew: Hwonhi dulyodabogo nwerul manjyo babo dwen got gata
(Olhas-me abertamente, tocando no meu cérebro, eu sinto que me estou a tornar num tolo)

Key: Narul naepdwo jikkikedo malgo norul jinjja barabol si itge
(Deixa-me sozinho, não faças me cansar de ti para que então possa olhar verdadeiramente para ti)

[Final:]
SHINee: Narul mukgo gatunfamyon sarangdo mukkin chae
(Se tu me amarrares e me prenderes, o amor também estará preso)
Miraedo mukkin chae kojil su obtnunde
(O futuro também estará amarrado e não vai conseguir mais crescer=
LOVERHOLIC ROBOTRONIC [2x’s]
Gobu hal su obtun noye maryogun LUCIFER
(O teu feitiço inigualável é LUCIFER)



Quando a música acabou eles agradeceram com os maiores sorrisos que tinham e depois saíram do palco.
Esperava que mais ninguém tivesse percebido isso, mas a verdade é que esta tinha sido uma atuação realmente estranha.
É verdade que o meu Oppa, o Jong e o líder tinham estado normais… Mas o mais novo e MinHo pareciam realmente bizarros.
E como é que eles podem parecer bizarros, perguntam-se vocês?
Simples a resposta.
Imaginem a seguinte situação: Sempre que eram os outros membros a fazer a sua parte de solo na música, Tae e MinHo trocavam, entre si, olhares ameaçadores, só repondo-se quando eram todos a cantar. E depois, sempre que era a vez de cada um de solo, eles vinham um pouco para a frente dos outros e começavam a cantar/reappar, com os seus olhos postos nos meus, como se dedicassem as suas partes a mim.
Mas acreditem que não foi muito romântico. Para além da letra da música dizer que há uma rapariga má – e adivinhem quem é a menina má na vida do Tae e do MinHo… - que não lhes liga e tal, eles ainda expressavam tais palavras com raiva. Como se estivessem fartos daquilo que andava se a passar.
Mas que raio se anda realmente a passar?
Estava a tentar passar pelas fans ainda histéricas, quando senti o meu telemóvel a vibrar.

De: KiBum Oppa
Mensagem: Onde é que estás?

Sai de ao pé do monte de fãs, e comecei a responder.

Para: KiBum Oppa
Mensagem: Estou mais ou menos ao pé do palco. E vocês?

Comecei a andar sem rumo quando senti o telemóvel outra vez a vibrar.


De: KiBum Oppa
Mensagem: Vem ter connosco à saída da feira.

E assim fiz.
O meu rumo agora tinha um objetivo.
Quando cheguei à parte de fora da feira, vi a Vaan dos SHINee do outro lado da rua.
Abri a porta e entrei.
Um grande erro meu.
Assim que entrei, sentando-me no meu lugar, pude sentir desde logo um grande clima pesado.
Incrível como já todos sabiam o que tinha acontecido – mas vendo bem, quem é que não notou naquela atuação?
Ninguém falou. Viemos o caminho todo até casa sem prenunciar uma única palavra.
Quando chegamos, cada um foi para uma parte.
MinHo e JongHyun mal meterem os pês em casa, foram até à cozinha ver o que faltava, para depois saírem outra vez e irem às compras com o dinheiro extra que tinha recebido hoje.
TaeMin foi até ao quarto, pegou na mala que ele usava para quando ia para o estúdio dançar e saiu também.
Onew foi para o nosso quarto e lá ficou – de certeza a continuar a ler o seu novo livro, enquanto Key ia para o seu e de Jong.
E por fim, eu, fiquei um pouco na sala sem saber o que pensar.
O que é que eu andava a fazer?
Porquê que tinha que acontecer o que acontecera ontem e hoje?
Porquê que tinha que ser sempre eu no meio disto tudo?
Porquê?
Parecia que eu só estava ali, agora, para complicar a vida dos SHINee, fazendo o clima ficar tenso entre eles.
Mas… Ficar tenso porquê?
Essa também era uma das perguntas que baralhava a minha cabeça.
Porque razão tinham todos ficado assim com o que acontecera ontem?
É verdade que hoje de manhã parecia que nada tinha acontecido, mas o que aconteceu durante o show deu para ver muito bem que ainda havia algo.
E eu não tinha sido a única a perceber que o clima entre o MinHo e o TaeMin tinha voltado. O resto dos SHINee também tinham percebido, ficando tensos também.
Aish… A minha cabeça andava uma loucura.
Precisava de me acalmar.
E já sabia como.
Levantei-me muito rapidamente e fui em direção à porta do quarto do meu Oppa.
Hesitei um pouco antes de bater, pois tinha medo de ser rejeitada também por ele.
Que ele estivesse também chateado ou uma coisa assim comigo.
Respirei fundo, e nem se quer bati como ia fazer, abri logo a porta e fui ter com ele, abraçando-o pelas costas, enquanto ele mexia no grande armário que tinha.
-Sun? Que se passa? – Perguntou-me virando-se, para puder abraçar-me de frente.
-Preciso de ti.
Ele ao perceber o que estava a pedir, descolou o seu corpo do meu, e pegou-me na mão levando-me para a cama de casal que ele tinha.
Sentei-me, aconchegando-me lá, enquanto ele saia para ir buscar o estojo que tinha para tirar a maquilhagem.
Voltou, e sentou-se ao pé de mim, começando o trabalho que ele fazia tão bem em mim.
-O que é que estavas a fazer Oppa? – Perguntei de olhos fechados enquanto ele me passava o creme desmaquilhante pela cara.
-O mesmo que faço quando estou farto de algumas peças de roupa. A procura-las para depois as modificar.
-Já? Ainda a pouco tempo compraste roupa nova.
-Aish… As vezes consegues ser mesmo burrinha Sun! Como é óbvio eu estava à procura da roupa antiga.
-Ahhh. Miane.
Não dissemos mais nada, simplesmente aproveitamos aquele momento de irmã-irmão que já não tínhamos à muito tempo.
Quando acabou o serviço na minha cara, ele meteu o estojo em cima da mesa-de-cabeceira, para depois se deitar, levando-me como ele, para meter a minha cabeça no seu peito, enquanto me mexia no cabelo.
O seu toque em mim, era mesmo muito relaxante. Acho que só conseguia sentir esta paz quando estava com ele. Mas isso até era normal. Quando KiBum estava calmo era como se tudo o resto à sua volta estivesse também calmo. Ele era, como a nossa falecida avó costumava dizer, uma alma apaziguadora.
E ela tinha muita razão nisso.
-Miane Oppa.
-Estás a pedir desculpa porquê?
-Eu sei que a culpa, de haver este clima entre o MinHo Oppa e o Tae, é minha.
-Não te preocupes com isso Sun. São coisas deles. Eles daqui a pouco já estão bem, vais ver.
-Eu sei mas é que… Eu nunca os tinha visto assim.
-Como já disse… Não te preocupes. Aqueles dois são demasiado próximos para ficarem chateados um com o outro durante tanto tempo. Vai por mim.
-Assim fico feliz. – E sorri.
Key sabia mesmo como ser o melhor Oppa de sempre.
Suspirei de alívio, e deixei-me ficar assim com ele durante muito tempo.
Tanto tempo que até os meus olhos começaram a ceder, adormecendo por fim.

* * *

Já começava a despertar quando sentia alguém levantar o meu corpo aos poucos.
Comecei a abrir os olhos devagar até que pude fitar o olhar da pessoa que me estava a carregar.
-MinHo Oppa?
Ele ao ouvir a minha voz, voltou a descer-me, deixando-me sentada na cama de Key e Jong.
-Miane. Acordei-te?
-Ani. – Respondi abanando a cabeça.
Fez se silencio entre nós os dois.
-Foste tu? – Perguntei-lhe, voltando a fitar os meus olhos nos seus.
-Mwo?
-Que levaste-me ontem para a cama. Eu lembro-me que adormeci no sofá e acordei no quarto.
-Ah. Isso. Ye. Fui eu.
-Komaweo.
-Anieyo.
Fez-se outra vez aquele silencio que detestava, por isso tentei corrompe-lo.
-MinHo Oppa, que horas são?
Ele olhou para o relógio de pulso que tinha e depois respondeu-me:
-São quase oito horas.
-Vocês já jantaram?
-Ani. Estávamos a ver se o TaeMin aparecia para começarmos a fazer a comida, mas já estou a ver que vamos ter que jantar sem ele.
-Ele ainda não voltou do estúdio?
-Ani.
E depois o silêncio apareceu outra vez.
Parecendo que não, as coisas ainda estavam constrangedoras entre nós os dois.
Não olhávamos um para o outro e nem sequer uma palavra saía da nossa boca.
Aquilo sim era estranho.
-Bem, vou indo para ao pé deles. Pode ser que Tae já tenha dado sinais de vida.
E depois começou a levantar-se indo até à porta.
-MinHo Oppa! – Chamei-o antes de ele meter a mão na maçaneta.
Este virou-se para mim, e ficou a espera da minha resposta.
-Miane.
-Pelo quê?
-Pelo que aconteceu hoje. Não era minha intenção que as coisas ficassem como ficaram.
-Como é que as coisas ficaram?
-Tu e o Tae ficaram tensos um com o outro. Se eu não tivesse dito que queria comer, tu não terias ido comigo, e assim não teria acontecido o que aconteceu entre vocês os dois. E… - Hesitei um pouco, engolindo em seco – As coisas também ficaram assim entre nós os dois, devido à nossa discussão na esplanada. Não queria mesmo nada que as coisas ficassem como ficaram. – E depois baixei a cabeça, deixando esta tapada pela minha franja.
-Miane. – Respondeu ele, sentando-se outra vez ao pé de mim – Não queria que tivesses ficado a pensar nessas coisas insignificantes.
-Mas fiquei.
E quando levantei a minha cabeça, pude sentir o meu coração a bater aceleradamente.
Não estava nada a espera do que estava a acontecer.
No momento que a minha face ficou-lhe disponível, ele encostou a sua boca à minha testa, enquanto, com uma mão sua, puxava-me a franja para cima, para puder sentir a minha pele contra os seus lábios.
Juro que parecia que o meu coração ia-me saltar pelo peito com tais batimentos.
-Desculpa mais uma vez. – Disse descolando-se de mim, para me fitar nos olhos e me mandar um sorriso super grande e belo que só ele sabia fazer.
Eu não sabia o que responder. Simplesmente fiquei a olhar para ele com cara de parva.
Estava completamente maravilhada com aquele momento, tanto com o seu toque, como com os seus olhos brilhantes e o seu sorriso lindo.
-Vamos? – Perguntou-me, ao mesmo tempo que me estendia uma mão.
Pisquei várias vezes os olhos para voltar a mim e quando lhe dei o que ele pediu, pude sentir outra vez o coração a palpitar e as faíscas no corpo.
Exatamente igual ao que sentira quando TaeMin me beijara.
O que raios está a acontecer comigo?
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://adifferentgirl-paatleechoi.blogspot.pt/
nanachu
Spoiled Mind
Spoiled Mind
avatar

Feminino Mensagens : 15771
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/06/2011
Idade : 22
Localização : BED

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Dom 29 Abr - 19:02:18

AI ADORO *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
PaatLeeChoi
Colorful Soul
Colorful Soul
avatar

Feminino Mensagens : 564
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 21
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Dom 29 Abr - 19:08:18

Oin *.*
Obrigada Nana ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://adifferentgirl-paatleechoi.blogspot.pt/
nanachu
Spoiled Mind
Spoiled Mind
avatar

Feminino Mensagens : 15771
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/06/2011
Idade : 22
Localização : BED

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Dom 29 Abr - 19:09:22

de nada ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rafiki
Drunken Lover
Drunken Lover
avatar

Feminino Mensagens : 6421
Reputação : 0
Data de inscrição : 03/02/2012
Idade : 19
Localização : caca

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Dom 29 Abr - 19:11:23

:67: :67: :67: :67: :67: :67: :67:
Raios a parta á rapariga que escreve mesmo bem *-*
Adorei mais uma vez :D
Voltar ao Topo Ir em baixo
PaatLeeChoi
Colorful Soul
Colorful Soul
avatar

Feminino Mensagens : 564
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 21
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Dom 29 Abr - 19:27:06

Oiiiiiin *-*
Brigada Rafinha
Adorei a parte do: raios partam xD

amei amei amei
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://adifferentgirl-paatleechoi.blogspot.pt/
Rafiki
Drunken Lover
Drunken Lover
avatar

Feminino Mensagens : 6421
Reputação : 0
Data de inscrição : 03/02/2012
Idade : 19
Localização : caca

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Dom 29 Abr - 19:28:40

PaatLeeChoi escreveu:
Oiiiiiin *-*
Brigada Rafinha
Adorei a parte do: raios partam xD

amei amei amei
DE NADAAAAA :D :D :D

Ahahah xD ainda bem que gostaste xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rafiki
Drunken Lover
Drunken Lover
avatar

Feminino Mensagens : 6421
Reputação : 0
Data de inscrição : 03/02/2012
Idade : 19
Localização : caca

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Seg 30 Abr - 18:44:54

Paty'zinha unnie ... quando pões o novo chapiii?? :67: :67: :67:
Voltar ao Topo Ir em baixo
PaatLeeChoi
Colorful Soul
Colorful Soul
avatar

Feminino Mensagens : 564
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 21
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Seg 30 Abr - 18:49:42

Rafinha'zinha dongsaeng.... Vou meter o novo chapiii amanhã *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://adifferentgirl-paatleechoi.blogspot.pt/
Rafiki
Drunken Lover
Drunken Lover
avatar

Feminino Mensagens : 6421
Reputação : 0
Data de inscrição : 03/02/2012
Idade : 19
Localização : caca

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Seg 30 Abr - 18:52:43

TANTO TEMPO?? O.O XD
Voltar ao Topo Ir em baixo
PaatLeeChoi
Colorful Soul
Colorful Soul
avatar

Feminino Mensagens : 564
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 21
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Seg 30 Abr - 18:55:23

epaaaah!
Que exagerada u.u
Não é assim tanto tempo xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://adifferentgirl-paatleechoi.blogspot.pt/
Maary Taemin
NewBie
NewBie
avatar

Feminino Mensagens : 351
Reputação : 0
Data de inscrição : 27/03/2012
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Seg 30 Abr - 19:01:14

há alguém que me compreende neste mundo
*assobia*

ps: patti, não vais ao msn hoje?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rafiki
Drunken Lover
Drunken Lover
avatar

Feminino Mensagens : 6421
Reputação : 0
Data de inscrição : 03/02/2012
Idade : 19
Localização : caca

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Seg 30 Abr - 19:02:11

quem é que te compreende? eu? claro que te compreendo eheheh xD

SIM MARIA UNNIE É MUITO TEMPO ahahahhahhahaha xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
PaatLeeChoi
Colorful Soul
Colorful Soul
avatar

Feminino Mensagens : 564
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 21
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Seg 30 Abr - 19:11:04

Citação :
ps: patti, não vais ao msn hoje?
Vou Unnie...
Daqui a nada já me ves lá ^^


Citação :
SIM MARIA UNNIE É MUITO TEMPO ahahahhahhahaha xD
Não é nada u.u
Tu é que és uma exagerada dongsaeng ahahah
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://adifferentgirl-paatleechoi.blogspot.pt/
Rafiki
Drunken Lover
Drunken Lover
avatar

Feminino Mensagens : 6421
Reputação : 0
Data de inscrição : 03/02/2012
Idade : 19
Localização : caca

MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   Seg 30 Abr - 21:19:30

pois sou o.o mas .... tu percebes AHAHAHHA xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Number 6 (SHINee Fic)   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Number 6 (SHINee Fic)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 3 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Number 6 (SHINee Fic)
» Show do shinee
» SHINee Yunhanam ep10
» shinee entrevista
» Site Oficial Shinee

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SHINee Portugal :: SHINee Club! :: FanFic's-
Ir para: