SHINee Portugal

SHINee Portugal

Um lugar de carinho, uma segunda casa, um lugar de encontro de Shawols e não só!
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Creating Love s2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
maritrc
NewBie
NewBie
avatar

Feminino Mensagens : 82
Reputação : 0
Data de inscrição : 19/09/2011
Idade : 25

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Dom 8 Jul - 16:40:16

Hiiii amoras
Coisa linda vocês!
Fico cada dia mais feliz de ver que estão curtindo a fic s2
Estou escrevendo ela com todo carinho pra vocÊs
Haaa e me indiquem fics pra eu ler, quero conferir as vossas obras de arte asuauh
Bjinhuuuus
Mari

-----------------------------------------

Trabalho na casa do Key



Tae ficou uns cinco minutos no portão da casa do Key com a boca aberta, era realmente linda demais, e grande demais, tocou o interfone que ficava do lado de fora e ouviu a voz de uma senhora do outro lado.
_Residência Kim, no que posso ajudar?
_A ... oi, e sou o Taemin, colega do Key, ele mora aqui? – Tae perguntou, um pouco tímido.
_Ha sim, ele me disse que viria um amigo fazer trabalho com ele hoje, pode entrar já destranquei o portão.
_E não tem cachorro?
A moça do outro lado riu e disse:
_Não, fique tranqüilo.
_Tá. – Tae respondeu com uma voz mais aliviada.
Ele desligou o aparelho e entrou no jardim da casa, foi olhando pros lados com medo de ter algum animal enorme por ali, já tinha visto em filmes casos de pessoas que criam leões soltos em casa, e só de imaginar uma fera dessas Taemin já arrepiava.
Entrou na casa e a senhora que o atendera antes, o estava esperando.
_Olá – ela disse – Kibum está na biblioteca, é por ali. – ela apontou, em direção a biblioteca.
_A sim, tudo bem eu ir sozinho? – Tae perguntou com um pouco de medo.
_Sim, é logo ali e não tem problema nenhum, Kibum-shi já está lá.
_Wom ... obrigada Ajumah.
O menino então foi até o local indicado, e quando abriu a porta não se deparou com uma simples biblioteca, não eram somente livros que tinha ali naquele cômodo, haviam várias poltronas coloridas, três televisões, vídeo game, computadores e tudo que você pode imaginar de legal.
Key estava jogando e nem percebeu quando o menor se aproximou e se sentou do lado dele.
_Que lugar legal Key – ele disse animado, ainda olhando pros lados com a boca meio aberta.
_Hum ... é sim – Key respondeu sem olhar pro menino.
_Nossa como eu queria ter um lugar assim na minha casa, eu ia poder ficar escrevendo o dia todo e ninguém ia me atrapalhar.
Key soltou um risinho de canto, desligou a televisão, o jogo e olhou pro Tae.
_Então ... vamos começar?
Seu olhar fazia Taemin se arrepiar todo, e ele não era muito bom em esconder quando estava nervoso.
_O que foi? – Key perguntou.
_A nada, é que você parece mais legal aqui do que na escola. – sorriu.
_Não viaja – Key respondeu se levantando, foi até uma mesa que ficava perto da janela – vamos fazer aqui. – puxou a cadeira e se sentou.
Taemin foi até a mesa e sentou na frente do mais velho.
_O que temos que fazer? – Key perguntou sério.
_A ... – Tae disse, analisando o livro – temos que faze resumo das aulas 10, 11 e 12, e apresentar pra turma.
_Ótimo, resume a 10 que eu resumo a 11.
Key então pegou seu próprio livro e começou a fazer o resumo, Tae fez o mesmo, mas antes de começar anotou alguma coisa no diário, que deixou o Key muito curioso.
_Ei, menino – ele disse.
_O que? – Tae perguntou.
_O que você escreveu aí, nesse caderninho?
_A ... é só umas anotações – sorriu.
Key não agüentava ver aquele sorriso, então desviou o olhar e preferiu voltar ao resumo.
Enquanto escrevia Tae o observava.
‘Tão bonito ele, podia sorrir pra mim de vez em quando’ – o mais novo pensava, foi então que sua imaginação voou muito alto, começou a imaginar que o Key olhava pra ele também e sorria.
‘Porque me olha assim?’ – Key dizia, sorridente e sereno na imaginação do Taemin.
Eu gosto de você – o menor respondeu, sem perceber que falava realmente aquilo, e alto.
Key o olhou imediatamente, com os olhos arregalados e perguntou:
_Você o que?
_A ... nada – o menor disse, se dando conta do que tinha feito, pegou o livro didático e escondeu seu rosto por detrás desse, começou a fazer o resumo.
As horas se passavam e nenhum dos dois disse mais nada, Tae sempre procurava olhar Key por cima do livro, mas quando o outro se mexia mesmo que centímetros o menor voltava a sua posição inicial.
O gelo então foi quebrado por Sulli, que entrou na sala, segurando uma raquete, usando uma roupa de tenista.
_Key não imagina como eu fui bem hoje – a menina disse – ué, o que esse menino ta fazendo aqui? – apontou pro Taemin.
_Veio fazer um trabalho, mas já acabamos – disse Key fechando o livro.
_Hm – a menina então olhou feio pro Taemin – que azar o seu Key, ter que fazer trabalho com essa gente pobre.
Logo depois de dizer isso a Krystal saiu da sala, meio que rebolando.
Key somente riu de canto e balançou a cabeça.
Taemin fechou a cara e emburrado guardava seus livros.
Key percebeu que o menino tava chateado e falou:
_Não liga, a Su é meio estranha.
_Você dois são. – Tae disse.
_Hã?
_É, eu sei que você pensa como ela, não quer ser meu amigo porque eu sou pobre, sabe eu não ligo, não preciso de amigos como vocês dois, só me tratar com respeito já ta bom.
Ele então pegou os livros a mochila, olhou feio pro Key e disse:
_Ainda bem que acabou.
Aquele olhar chateado, o Key nunca imaginara ver sair daqueles olhos tão calorosos que o Tae tinha, ele viu o menino sair muito chateado da porta e bater com força.
‘Tão ... agressivo?’ – Key questionou a si mesmo, não foi atrás do Tae, mesmo estando com muita vontade de fazer isso, não poderia ceder a esse tipo de vontade, não mesmo, ultimamente estava tendo vontades tão estranhas, que se perguntava sempre “Porque?”.
Porque pensava tanto em Taemin?
Porque sempre que estava com ele tinha vontade de que o tempo não passasse?
Porque gostava tanto do sorriso, o sorriso tão puro, tão doce, que estava diariamente dentro dos seus sonhos.
A resposta pra todas aquelas perguntas assustava ainda mais o Key, parecia irreal e não poderia ser verdade ... ele não podia estar sentindo o que sentia que estava, não pelo Taemin, um menino, que ele insistia em odiar, para se defender de qualquer outro sentimento.

Continua ...
Voltar ao Topo Ir em baixo
lenitta
Flaming Charisma
Flaming Charisma
avatar

Feminino Mensagens : 2574
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/01/2012
Idade : 26
Localização : Setúbal - Montijo

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Dom 8 Jul - 20:17:28

eu odeio quando acaba... sulli parva, não magoa o meu tae
Voltar ao Topo Ir em baixo
HailieKibum
NewBie
NewBie
avatar

Feminino Mensagens : 491
Reputação : 0
Data de inscrição : 16/05/2012
Idade : 19
Localização : oh yess i live in a bear costum ÒuÓ

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Dom 8 Jul - 20:27:13

Aish... Nunca mais li esta fanfic! :O Quando voltar daqui a pouco leio. Okay, linda?
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://hyomin-aoi.tumblr.com/
Cookie
Stalker
Stalker
avatar

Feminino Mensagens : 892
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/06/2012
Idade : 18
Localização : Guess... xD

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Dom 8 Jul - 23:05:24

Ai, a Sulli é mesmo idiota, e o Key tb por nao ter ido atras do Tae -.- Mari, faz com ke eles façam as pazes sim??? C: e obrigada por escreveres com carinho para nos :D Continua!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kim Ma Ri ♥
Broken Time
Broken Time
avatar

Feminino Mensagens : 1733
Reputação : 0
Data de inscrição : 13/06/2012
Idade : 20

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Seg 9 Jul - 11:26:08

Finalmente o tão esperado trabalho. *_____________*
*Vou ler*

Tudo bem que ele tenha medo de cães, mas imaginar um leão ali... aahahahahahahah que trengo! xD
Ai morri, ele disse mesmo aquilo alto? ooohhhh que lindooo! *--------*
Ooohh pash, mas essa Sulli não faz nada da vida? -.- Que imbecil! Tadinho do TaeMin! :/ E o estúpido do Key também na vez de dizer alguma coisa não, cala-se... sinceramente. -.-
Eu acho que a relação deles está a melhorar, mas apesar de o Key se negar a sentir alguma coisa por ele, ele já o sente, tal e qual como TaeMin. Nunca mais se declaram! :3

Está lindo Mari! *----*
Muito bem escrito como sempre, bem apresentado e super interessante. (:
Não pares de escrever.

Quero maiiiiis! *____*
Voltar ao Topo Ir em baixo
maritrc
NewBie
NewBie
avatar

Feminino Mensagens : 82
Reputação : 0
Data de inscrição : 19/09/2011
Idade : 25

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Qui 12 Jul - 23:20:09

Oii amorinhas
Haaaa mil desculpa pela demor, prometo não demorar tanto assim da próxima vez ^^
Adoooooro os comentários de vcs, obrigada por sempre deixarem algum recadinho especial aqui, me motiva O/
Espero estar sempre agradando vocês s2/
Bjinhuuuus
Mari

----------------

Meu jardim secreto



Tae chegou em casa bem chateado, sua mãe não estava, deixou um bilhetinho dizendo:
“Tae meu amor, arrumei um emprego novo, devo chegar tarde, te amo”.
‘Emprego novo?’ – o menino pensou.
Suspirou, abriu o armário e viu que não tinha nada pra comer, fez uma cara tristinha e foi pro quarto, arrumou a cama da mãe para que quando ela chegasse pudesse deitar e dormir confortavelmente, arrumou o material para o dia seguinte, e sentou no canto, antes de dormir terminou de fazer as anotações do dia em seu diário, depois deitou e ficou olhando pro teto, a imagem do Key ficava nítida, ele imaginava o outro sorridente, enquanto isso sentia um aperto forte no coração, sentiu também quando uma lágrima escorreu sobre o seu rosto, pelo olho direito, rapidamente sentou e tocou o próprio rosto, assustado.
‘Porque?’ – se perguntou – ‘Porque eu estou me sentindo tão triste, não deveria ficar assim, é melhor começar a ignorar ele, eu vou ser o único machucado no final de tudo’.
Se deitou de novo e dormiu.
A noite passou rápido, e no dia seguinte no colégio Tae ignorou o Key completamente, não que o mais velho tenha tentado contato, mas ele mesmo percebeu, que Taemin o ignorava por completo, Tae cumprimentou a todos quando chegou, menos o Key, o mais velho apenas olhou pra ele de canto, quando ele se sentou ao seu lado na sala de aula, ficou esperando ver o sorriso puro e ingênuo do Tae, coisa que o irritava de uma forma estranha antes, mas que agora ele, sem saber porque necessitava ver, e muito.
Na sala B Minho sentia a mesma coisa com Krystal, ela não era mais tão simpática com ele, e por mais que o menino tentasse puxar assunto ela fugia.
Logo a sexta feira chegou, a aula passou bem rápido, e de tarde Tae estava sentado pensativo, no seu lugar favorito.
Era como um campo, a uns 5 minutinhos da sua casa, tinha um lago, umas árvores, e ele ficava lá sentado, pensando, escrevendo, em paz, a Krys sabia exatamente pra onde ele ia quando queria ficar sozinho, e foi até lá, se sentou do lado do amigo e disse:
_Queria ler seu diário um dia.
_Hm ... – ele respondeu – impossível.
_Verdade? – ela disse sorrindo pra ele.
_Não – ele disse olhando pro chão, eu vou te mostrar um dia.
_Que bom – ela disse.
Um vento sereno passou sobre os dois, que olhavam pro lago, cada um mergulhado nos seus pensamentos.
_Semana estranha não Tae? – a menina falou.
_Sim.
_Conheci tanta gente, aconteceram tantas coisas, tudo ao mesmo tempo, se uma semana foi assim imagina o resto do ano. – ela riu, mas logo ficou séria de novo, percebeu que o amigo estava estranho.
_Krys, você ta gostando do Minho? – ele perguntou de repente.
_O que? Claro que não Tae – ela riu – conheço ele a uma semana só.
_Não da pra se apaixonar por uma pessoa em uma semana? – ele olhou pra ela.
_Acho que não. – respondeu olhando pro lago.
_Acho que sim – ele disse, com um sorriso triste nos lábios.
A Krys então virou pro amigo e perguntou:
_Aconteceu com você não é?
Ele alargou ainda mais o sorriso triste e voltou a olhar pro lago, com os olhos marejados e o queixo apoiando nas duas mãos fechada, suspirou e fez que sim com a cabeça.
_Eu já sabia, você nunca ficou tão cismado assim com uma pessoa.
Ele olhou de canto pra ela.
_Mas do que adianta Krys? Ele parece que me odeia.
Ela riu, olhou pro amigo e disse:
_São uns idiotas, esses meninos – levantou – vamos fazer alguma coisa amanhã? É sábado.
_Vou no hospital – ele disse, e a menina o olhou preocupada – a não, não se preocupe, vou fazer meu trabalho de sempre, eu já estou muito bem.
A Krys então suspirou sorridente, se despediu do amigo e foi pra casa, Tae continuou ali por um bom tempo, deitou na grama e ficou observando o céu.
_Tão longe – o menino disse, para si mesmo, tentando alcançar as nuvens que se formavam na imensidão azul.
No dia seguinte, bem cedo o Key foi acordado pelo seu despertador, quando o pegou não acreditou na hora que este marcava.
_O QUEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE?!!!!!
Seus berros foram ouvidos por toda a casa, e o barulho do aparelho se quebrando em seguida também, nesse momento o pai chegou no quarto e perguntou:
_Kibum que barulhada é essa?
_Não enche!! – o menino respondeu.
_A não, não vai falar assim comigo moleque, trate de se levantar imediatamente, tome um banho e se vista decentemente, nos vamos sair!
_O que? – perguntou o Key olhando pro pai com cara de cachorro sem dono – Mas pai, são 7:00 da madrugada.
_Não é madrugada e trate de fazer imediatamente o que eu mandei.
O pai saiu do quarto e Key foi obrigado a fazer o que ele mandou, dentro do carro conversava com Jonghyun pelo celular.
_Pra onde ele ta te levando? – Jong perguntou, com uma voz um tanto sonolenta.
_Não sei mas acho que dessa vez é pra forca mesmo. – o menino respondeu e os dois riram – Avisa pro Onew que não vou poder ir no churrasco, meu pai já me avisou que vamos ficar fora o dia todo.
_Ta certo bonitão, vai lá.
Key estava mesmo achando aquela história toda muito estranha, mas sair sozinho com o pai, em um sábado, não lhe parecia uma má idéia.

Continua ...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cookie
Stalker
Stalker
avatar

Feminino Mensagens : 892
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/06/2012
Idade : 18
Localização : Guess... xD

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Sex 13 Jul - 1:07:13

Mt lindo Mari *-* Mas eu agora kero ke eles façam as pazes, eles nao sao felizes assim C: anda la, poem-nos happys xD

Tou a adorar a fic mari, escreves mesmo mt bem C: Continua assim, FIGHTING!!! xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kim Ma Ri ♥
Broken Time
Broken Time
avatar

Feminino Mensagens : 1733
Reputação : 0
Data de inscrição : 13/06/2012
Idade : 20

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Sex 13 Jul - 10:35:15

Vês, seu otário! O TaeMin não sorri mais por tua causa, mas como ele é um cego não vê né?
A Krys está errada, uma semana dá perfeitamente para uma pessoa se apaixonar por outra. *____*
Ao menos o TaeMin admitiu, ao menos a si próprio e à Krystal, o que já é um começo. (:
Ai, esse Key não muda mesmo. -.-
Onde será que ele vai? Vou tentar adivinhar: o pai do Key, vai obrigá-lo a trabalhar, no mesmo hospital que o TaeMin para pagar a multa do outro dia. Acertei? xD

Mari, escreves lindamente princesa e eu fico super contente quando vejo que publicas um capítulo novo. *________*
Continua por favor. :3
Voltar ao Topo Ir em baixo
lenitta
Flaming Charisma
Flaming Charisma
avatar

Feminino Mensagens : 2574
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/01/2012
Idade : 26
Localização : Setúbal - Montijo

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Sex 13 Jul - 22:26:52

ai amei linda, estou tão curiosa para ler mais *.* quero saber o que vai acontecer com o key.... tadinho do taemin... key és mau
Voltar ao Topo Ir em baixo
maritrc
NewBie
NewBie
avatar

Feminino Mensagens : 82
Reputação : 0
Data de inscrição : 19/09/2011
Idade : 25

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Dom 15 Jul - 22:17:17

Oiê minhas amoras s2
Fico feliz que estejam curtindo tanto >Desculpa a demora, espero que vcs curtam os próximos capítulos tenho certeza que estão emocionantes O/

----------------------------------------


Um sábado especial P.1



Taemin saiu bem cedo de casa, o dia mal clareou e ele já estava de pé, se arrumou bonitinho, deu um beijo na mãe, pegou o primeiro ônibus para o centro e foi ... todo sábado ele ia para o hospital, ajudava lá como podia, varria o chão, passava pano, dava banho nos bebês , brincava com as crianças, contava histórias e ajudava a alimentá-las, todos lá gostavam muito dele, era um trabalho voluntario e o menino não ganhava nada em troca, mas nunca faltava, porém mal sabia ele que aquele sábado seria completamente diferente dos outros, e mudaria a vida dele para sempre.
_Bom dia – ele falou sorridente na recepção.
_A bom dia Taemin-shii, veio cedo hoje. – disse a moça da recepção.
_Sim, to com muito pique.
_E como está na escola nova?
_A ... bem, hm ... Onde está a enfermeira Young?
_Eu, já chamei, estará aqui em breve, pelo visto você vai ter ajuda hoje.
_Ajuda? – o menino perguntou, sorrindo curioso, apoiando-se no balcão.
_Afilhado do doutro Kim, ele se meteu em encrenca, e o pai quer dar um corretivo.
_Nossa a noona sabe de tudo não é? – Taemin riu.
_Que isso, eu só estou te contando o que ouvi.
_Certo Noona, vou colocar meu uniforme e procurar a enfermeira Young.
Ele se curvou e saiu da recepção, se tivesse ficado mais dois segundos teria visto o seu ajudante chegar, com a cara nada satisfeita, este que era acompanhado pelo pai, seu nome?
Kim Kibum
_Bom dia senhor – a moça da recepção falou.
_Diga ao DR. Kim que estamos aqui, eu sou Kim Yoo Su, o irmão dele.
_A sim senhor.
Enquanto isso Taemin estava na dispensa, se arrumando todo contente, já tinha se encontrado com a enfermeira Young e ela havia lhe passado todas as tarefas que o menino iria ter naquele dia, anotou todas as tarefas no diário, e foi andando pelo corredor segurando balde, esfregão e pano de chão.
_Vou começar aqui.
Então começou passando o pano, a enfermeira Young lhe garantiu que já haviam varrido na noite anterior, o menino então colocou o fone no ouvido e começou a trabalhar, enquanto cantarolava sua música preferida, do outro lado do corredor a enfermeira Young caminhava com Key, muito simpática dizendo o que ele teria que fazer, Key parecia não estar gostando nada daquilo, e gostou menos ainda quando a mulher gritou:
_Taemin vem aqui.
O outro nem respondeu, pois continuava a ouvir e cantarolar sua música pelo corredor, enquanto o limpava.
_Ai esse menino – ela disse sorrindo, foi até ele, e tirou o fone de seu ouvido – Taemin, te chamei três vezes.
_Ain ajumah, me perdoe – ele disse abaixando a cabeça duas vezes.
_Tudo bem, este é Kibum, seu ajudante de hoje.
Taemin tremeu ao ouvir aquele nome, e quando viu o menino parado na sua frente, com a cara mais chateada do mundo, tremeu mais ainda.
_Se dêem bem – a enfermeira disse e logo saiu.
Os dois continuaram se encarando, Key estava firme, porém Tae parecia estar com muito medo.
_Vamos fazer o seguinte, você faz o que você sempre faz, e eu fico na minha.
Key então se virou após dizer isso, mas parou quando ouviu:
_Quer dizer que não vai trabalhar?
Key olhou pro menor e respondeu:
_Isso, quer dizer que eu não vou.
_Certo, mas não irei cobrir você, se me perguntarem eu conto a verdade.
_O que? – Key disse se virando pro menor.
_Eu não minto Key, não sei fazer isso.
A voz manhosa de Tae fazia com que Kibum sentisse vontade de abraçar o menino com força e protegê-lo mas essa era uma das vontades das quais tentara se livrar a semana toda, e logo no dia que pensava estar longe de tal tentação, este se apresenta, de novo a sua frente, com cara de anjo.
Key então avançou sobre o Tae e lhe tirou o esfregão das mãos, encarou o menino bem de perto e começou a passar o esfregão no chão com força, Tae não agüentou e riu, ação que por um estante fez o Key rir também, então o mais novo se assustou com aquele sorriso de repente e arregalou os olhos, fazendo o Key ficar sério.
Nenhum dos dois disse nada, Taemin só foi até a dispensa pegar outro esfregão e voltou pro corredor, não colocou o fone no ouvido, e ficou atentamente prestando atenção em como o Key limpava o chão.
Depois de uns 10 minutos de silencio, o mais velho se pronunciou.
_Porque você ficou estranho esses dias? – disse ainda esfregando o chão, sem olhar pro Taemin.
_Estranho? – Tae parou de esfregar o chão e olhou pro Key – estranho como?
_Ouvi os meninos falando que você tava quieto demais, e eu também percebi, porque a sua voz enche a minha paciência.
Tae fez um bico meio triste, que o Key logo percebeu, então parou de esfregar o chão e disse:
_Ai o que foi agora? Fala sério Taemin nem na apresentação do trabalho você tava animado.
_Porque você ta querendo saber? As vezes eu tenho os meus motivos pra ficar desse jeito.
Isso foi um banho de água congelada no Key, o menino então encarou o outro de cara feia, mas o Tae nem se importou, voltou a esfregar o chão.
_Ha ... eu sabia, você não é esse anjinho que todo mundo ta achando que é. – Key disse, rindo.
_Eu nunca disse que era anjo.
_Eu sei mas ... ei Taemin, quem você pensa que é pra falar assim comigo?
Tae então sorriu e nem respondeu, colocou os fones nos ouvidos e voltou a limpar o chão, de olhos fechados cantarolando.
Key voltou a limpar o chão também, mas começou a bater o seu esfregão no esfregão do Tae, Taemin sentiu e logo começou a revidar, sem perceber os dois entraram em uma batalha com seus esfregões, batalha essa que já gerava risadas de ambas as partes, começaram então uma perseguição para molhar o outro, e assim eles foram, correndo por todos os corredores do hospital, perseguição que só terminou quando o Key caiu no chão e o Tae estava prestes a esfregar o esfregão sujo e molhado no rosto do mais velho.
_Não Taemin, não faz isso – ele pediu, rindo – eu sou seu Hyung, é um desrespeito da sua parte fazer isso comigo.
Taemin então começou a rir ainda mais, já estava sem fôlego e por conta disso caiu ajoelhado na frente do Key, respirando ofegante.
_Pois é ... mas acabei vencendo, certo? – ele disse, respirando com dificuldade.
_É ... – o Key respondeu, deitando no chão.
Tae ficou olhando fixamente pra ele, enquanto Key fechava seus olhos e tentava acalmar sua respiração.
‘Como é lindo’
Taemin pensava.
Até que olhou pros lados e quando se deu conta da onde estavam levantou rapidamente dizendo:
_Não deveríamos estar aqui.
_O que? – Key perguntou
_Aqui, não é uma área boa pra gente ficar – Tae dizia sério, entendendo a mão pro Key – vamos sair.
Key olhara para ele, estavam na mesma posição da primeira vez que se encontraram, daquela vez ele não quis a ajuda de Tae para se levantar, mas agora tudo parecia meio diferente, algo o impulsionou a tocar aquelas mãos, e quando se levantou os dois ficaram muito perto um do outro, tão perto que podiam sentir as respirações se misturando, seus lábios pareciam implorar pelo contato, que iria acontecer com certeza se Tae não tivesse ouvido passos vindo na direção em que eles estavam, o menino que estava com os olhos quase fechados, os abriu rapidamente, empurrou Key pra dentro de um pequeno armário que tinha no corredor.
Tae abriu uma frechinha da porta e pôde ver dois médicos parados conversando, a expressão deles eram bem sérias, o menino então olhou pra baixo e ficou um pouco triste, Key se sentia super desconfortável naquela posição, o armário era mesmo muito pequeno então os corpos de ambos estavam colados, qualquer movimento que fizessem poderia colocá-los em uma situação embaraçosa, mas o que mais intrigava o menino era o Tae de cabeça baixa.
_O que foi? – perguntou.
Tae então olhou pro amigo, seus lábios ficaram muito próximos e ele disse:
_Não é nada. – sorriu.
“Droga, tão perto” – Key pensou, quando viu o sorriso do Taemin, ele então suavemente subiu suas mãos pelas costas do mais novo, fazendo carinho no Tae, Taemin arregalou os olhos enquanto sentiu o corpo arrepiar.
Key para disfarçar disse:
_Ta apertado demais aqui.
_Eu sei, mas temos que esperar eles saírem.
_Meu tio é dono disso tudo, fala sério, e aquele ali ó – apontou pro médico – é o pai do Onew, não vai brigar com agente.
_Não Key, é um hospital, e agente não devia mesmo ter vindo pra cá.
_Porque?
_Esse corredor é onde estão os pacientes com câncer, os que estão em fase terminal.
Key então percebeu que o Tae estava mesmo triste, com muita dificuldade ele então tocou no rosto do menor e perguntou:
_O que aconteceu? Você ta diferente.
_To?
_Sim – Key não conseguia mais segurar e nem esconder o que estava sentindo, aquele menino, ali na sua frente.
_Eu ... estou bem – Tae disse com um sorriso forçado – que estranho você preocupado comigo.
Kibum então corou de imediato, virou o rosto pro lado e disse:
_A não ... não to preocupado, eu só, é que eu nunca vi você assim, e você é meio animadinho.
_Hm ... sabe Key – Tae disse – eu gosto muito de você.
_O que? - Key perguntou olhando pro menor.
_Gosto muito, e eu sei que você não gosta de mim, mas sabe tem sentimentos que não tem como controlar, é muito difícil.
_De que tipo de gostar, você ta falando?
_Tipo ... – Tae então olhou pro Key, os lábios que ele adorava observar estavam tão perto, e o mais velho parecia não querer evitar.
Taemin então segurou forte as duas mãos do Key, fechou os olhos e levou seus lábios até os dele, o toque foi macio, e suave, o Tae não tinha a intenção de intensificar o beijo, mas Key sim, e foi inevitável, as mãos do Key subiram pelo braço do Tae, puxando o menino ainda mais para perto de si, Key laçou os dois braços em volta do corpo do Taemin, e aprofundou o beijo, suas línguas se encontraram e se laçaram uma com a outra, Key mordiscava suavemente cada canto da boca de Taemin, enquanto Tae passava as mãos na cintura do Key, apertando de leve.
Voltar ao Topo Ir em baixo
lenitta
Flaming Charisma
Flaming Charisma
avatar

Feminino Mensagens : 2574
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/01/2012
Idade : 26
Localização : Setúbal - Montijo

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Dom 15 Jul - 23:35:25

já guardei para ler amanha minha linda... vou dormir.. aposto que está linda como sempre

edit: afinal li hoje.. não fui capaz de ir dormir sem ler hehe

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa eu ameiiiiiiiiiii.. eles beijaram-seeeeeeeeeeeeeeeee

que fofoooooooooo

quero maisssssssssssss
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kim Ma Ri ♥
Broken Time
Broken Time
avatar

Feminino Mensagens : 1733
Reputação : 0
Data de inscrição : 13/06/2012
Idade : 20

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Seg 16 Jul - 9:50:33

Novo capítulo? o:
Hihihihi vamos ler! *_______*
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Awww, o TaeMin é tão boa pessoa! :3
Eu sabia, eu sabia, eu sabia. ahah xD
A arrogância do Key ataca, como sempre. -.- mas depois ficaram tão fofos! *__* A brincar um com o outro, que lindooos! *___________*
Ui, ui, ui armário, pequeno, juntinhos... Valha-me Deus! o:
Valha-me Deus mais ainda, eles beijaram-seee! *________* Que momento lindo, nossa! :3 Já estava a demorar muitooo. :3

Mari, tens muito jeito para descrever sentimentos e para descrever as cenas românticas, está lindo! E algo me diz que a partir de agora vai ser sempre assim, quero mais linda! :2


Voltar ao Topo Ir em baixo
Cookie
Stalker
Stalker
avatar

Feminino Mensagens : 892
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/06/2012
Idade : 18
Localização : Guess... xD

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Seg 16 Jul - 22:16:17

AAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! O TAE E O KEY BEIJARAM-SE!!!!! O KE EU ESPEREI POR ESTE MOMENTO!!!!!!!!!!!!!!
ai ta lindo mari, pf escreve mais depressa, pf pf pf!!!!!!!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
maritrc
NewBie
NewBie
avatar

Feminino Mensagens : 82
Reputação : 0
Data de inscrição : 19/09/2011
Idade : 25

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Qui 19 Jul - 12:50:13

Oiii minhas amorinhas lindaaaas
Fico feliz que tenham gostado do capítulo e sim sim ... eles se beijaram, fofos não?
Bueno ... desculpa pela demora, vida agitadinha.
Muito obrigada por lerem e acompanhar s2
Kissus
Mari

--------------------~ s2 ~-----------------------

Um sábado especial P.2


O beijo só acabou quando ambos perderam o fôlego, respiravam com dificuldade, suas testas estavam coladas e o Key ainda abraçava o Tae, seus olhos então se encontraram, e o Tae sorriu, o que automaticamente fez o Key sorrir também.
_Achei que ia me bater – Taemin disse.
_É ... eu faria isso, se não tivesse sentindo a mesma coisa que você. – Key disse, olhando pro Taemin com muita ternura.
_Quer dizer, que você também gosta de mim?
_Hm ... – Key respondeu fazendo sinal de sim com a cabeça- gosto; desde que eu te conheci não penso em mais nada, além do seu sorriso.
_Então ... você é uma pessoa muito estranha Key.
_Porque? – Key riu.
_A ... você ficou me tratando mal, sendo que gostava de mim.
_É, foi justamente por isso, eu estava com medo, porque estava me apaixonando por você, além de você ser um menino, é tão diferente das pessoas com quem eu costumo me relacionar.
_E agora? – o mais novo perguntou com um sorriso sereno.
_Agora? – Key sorriu também, olhando fixamente pro Tae – Não vou mais fugir disso, se você me perdoar por tudo que eu fiz, eu prometo que vou te proteger, daqui por diante.
_Eu pareço mesmo alguém que precisa de proteção não é? – ele riu.
_Muito.
_Certo, eu aceito.
Os dois então sorriram e se beijaram novamente, o coração do Taemin parecia que ia explodir, a mesma coisa acontecia com o Key, que abraçava o Tae tão ternamente, com vontade de não solta-lo nunca mais.
As vozes dos médicos foram ficando mais distantes, quando os dois perceberam que eles já tinha isso saíram do armário pequeno, com um pouco de dificuldade.
_Ufa! – Tae disse, respirando fundo – Pensei que iríamos morrer ali dentro.
_Eu não – Key falou, fazendo o Tae sorrir timidamente.
Os dois então desceram as escadas e voltaram para o corredor de inicio, o balde ainda estava lá, cheio de água.
_Espero que ninguém tenha vindo aqui. – Tae disse abaixando perto do balde, molhando o pano.
_Acho que não vieram, senão teriam levado o balde.
_É sim ... – Taemin molhava novamente o pano, colocou no esfregão e voltou a passar no chão – temos quer terminar isso antes das 10:00.
Key o observava, sorrindo.
_O que foi agora? – Taemin perguntou, olhando curioso pro mais velho.
_Você é engraçadinho, porque vem pra cá fazer isso?
_A é que ... eu gosto de ajudar as pessoas.
_É, já percebi – Key disse voltando a limpar o chão também – mas a minha dúvida é, porque aqui, nesse hospital?
_A, eu fiquei bastante tempo aqui. – Tae disse, com uma expressão meio triste.
_Sério?
_Hm ... –respondeu com a cabeça que sim – tive uma doença quando tinha 10 anos e fiquei internado aqui durante muito tempo.
_Coisa grave?
_É, um pouco, mas eu não gosto muito de falar sobre isso, tudo bem? – perguntou sorrindo pro Key.
_A ... sim, claro.
Os dois então voltaram ao trabalho, mas aquele assunto não saia da cabeça do Key, o que o Taemin poderia ter tido de tão grave pra não querer falar sobre? Mas resolveu não tocar nisso, percebeu que aquilo deixava o menino triste, e o que o Key mais gostava de ver era o Tae, alegre e radiante.
Enquanto isso assim que o pai do Key chegou em casa todos os empregados e inclusive a Sulli o esperavam ansiosos pra saber o que tinha acontecido.
_Então papi – disse a Sulli - o que houve? Cadê o Key?
_Calma princesa, ele ficou no hospital.
_No HOSPITAAAAAAAAAAAL?!!!! Ele ta doente? Ele vai morrer? – ela perguntava meio desesperada.
_Não Sulli – o pai riu – deixei ele lá pra fazer trabalho voluntario, pela multa escandalosa que ele recebeu segunda feira.
_A ... mas, ele ficou numa boa?
_Você acha?
_Reclamou um pouco?
_Hm ... digamos que chutou um armário, quebrou uns vasos da sala do seu tio, gritou um pouco, fez ameaças, nada que eu não esteja acostumado, e no fim, teve que ficar.
_Ele deve ta muito irado.
_É, mas é bom pra ele aprender que nem tudo na vida ele ganha com manha e pirraça.
_Hm ... a pai, eu vou a um churrasco hoje, é na casa do Onew, o Key ia me levar mas como ele não ta eu posso ir com minhas amigas?
_Pode, só me prometer que volta cedo.
_Sim, obrigadinhaaaa – ela deu um beijo no rosto do pai e subiu pro quarto.
Enquanto isso na casa do Onew, Jonghyun gritava o nome do amigo no portão.
Onew saiu ainda meio descabelado com cara de sono e disse:
_Jong que horas são pra você vir me acordar desse jeito?
_Desculpa – disse rindo – mas é que eu vim comprar jornal e aproveitei pra vim ver você.
_Me ver? – Onew questionou achando meio estranho a atitude do amigo.
_A quero dizer – riu sem graça – vim avisar uma coisa, é que o Key não vai poder vir, ele me disse que foi fazer uma coisa com o pai dele.
_A é? – Onew fez um bico –Que pena, bom mas você vem né?
_Sim eu venho de certeza – disse sorridente.
_Ta ocupado agora? – Onew perguntou.
_A, não, porque?
_Quer me ajudar com as coisas lá atrás?
_Atrás? Atrás da onde? – Jong perguntou.
_Ué lá na varanda, pro churrasco.
_A sim – Jong riu sem graça – hm ... sem problema.
_Ta então vem comigo.
Onew então abriu o portão pro amigo, os dois entraram na casa de Onew, a mãe do menino estava na sala assistindo a um programa de culinária, cumprimentou o Jong e logo os dois subiram até o quarto do Onew.
Jong sentou na cama ainda bagunçada.
_Ai que cheiro de suor – Jong reclamou.
_Eu estava dormindo se quer o que? – disse Onew tirando a blusa, o que deixou Jonghyun bem nervoso.
_O que vai fazer?
_Trocar de roupa? – riu e jogou a camisa no rosto do amigo, foi até o armário pegar outra enquanto Jong segurava aquela, estava com o cheiro do Onew.
Onew continuava a procurar uma camisa nova, enquanto Jong se levantou e foi até o amigo.
_Onew – chamou.
_O que? – disse o Onew se levantando e virando pro Jong, assustou quando viu o amigo muito perto.
_Já sentiu vontade de experimentar uma coisa nova, do tipo que você nunca experimentou antes?
_A ... hm ... acho que sim. – disse o Onew sorrindo, meio confuso.
_Você ... – Jong então tocou o braço esquerdo do Onew, fazendo o amigo se arrepiar todinho, estava o clima perfeito pra ele fazer o que desejava a semanas, mas o telefone tinha que tocar, justo naquele momento, era o celular de Onew, e do outro lado ... a Luna.


CONTINUA ...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cookie
Stalker
Stalker
avatar

Feminino Mensagens : 892
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/06/2012
Idade : 18
Localização : Guess... xD

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Qui 19 Jul - 21:51:23

WWAAHHH!!!!!! Ke lindo Mari *-* AMEI!!! Fogo, para a luna, logo agora ke as coisas iam aquecer -.- escreve mais depressa PLZ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
lenitta
Flaming Charisma
Flaming Charisma
avatar

Feminino Mensagens : 2574
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/01/2012
Idade : 26
Localização : Setúbal - Montijo

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Qui 19 Jul - 22:29:40

aaaaaaaaaaaa luna sua chata

amei o momento taekey, mesmo lindos *.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kim Ma Ri ♥
Broken Time
Broken Time
avatar

Feminino Mensagens : 1733
Reputação : 0
Data de inscrição : 13/06/2012
Idade : 20

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Sex 20 Jul - 10:19:49

Eu li ontem, mesmo quando postaste, mas não tive tempo para fazer um comentário em condições. ^^
Aqui vai...

Imaginei esta parte bem na minha cabeça, suas testas estavam coladas e o Key ainda abraçava o Tae, seus olhos então se encontraram, e o Tae sorriu, o que automaticamente fez o Key sorrir também. que fofos, perfeitos, gosto tanto deles. *----------*
Eles dão-se tão bem agora, e eu gosto disso, finalmente o Key foi homem. ^^
Também gostava de saber o problema que o TaeMin tinha... só espero que não volte a ter. :/
Quanto à Luna, é tipo aquele momento "DIIIIIIEE B*TCH!!!" apesar de eu ficar com pena dela por causa do Onew, mas ela não tinha nada que interromper, lá po raio da gaja! O JongHyun ali a ganhar coragem e ela interrompe, é preciso ter mesmo pouca sorte. -.-

Amorzinho, a tua fic está cada vez mais perfeita, tu vais com calma, mas não enrolas muito a história e eu estou a adorar ler. ^^ Gostava de ter um livro com esta história para ler, era perfeito! *__________________________*
Continua linda. :3
Voltar ao Topo Ir em baixo
maritrc
NewBie
NewBie
avatar

Feminino Mensagens : 82
Reputação : 0
Data de inscrição : 19/09/2011
Idade : 25

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Ter 24 Jul - 3:13:17

Oiii minhas amorinhas s2
Ain estou realmente feliz demais com os comentários de vocês ... fico feliz que estejam gostando muito da minha fanfic ... vou tentar fazer cada vez melhor especialmente pra vcs.
Kissus
Mari


---------------------------------------~s2~--------------------------------------------------------------

Um sábado especial P.3




O menino atendeu e quando disse:

_Oi meu amor.

Jong saiu do quarto, desceu pra varanda e ficou esperando o amigo lá.

Logo Onew apareceu, já tinha trocado de roupa e penteado o cabelo.

_Que demora eim? – Jong desse rindo. – Não sei como vocês dois não se enjoam desse love todo, é muita açúcar pra mim – colocou a língua pra fora.

Onew percebeu que o amigo estava estranho, e ele não era dessas pessoas que preferem não resolver as situações, o mais velho então virou pra Jong e disse:

_Antes da gente começar a arrumar, me responde uma coisa?

_Sim, pode perguntar. – Jong disse, tentando ser seguro, mas na verdade estava tremendo por dentro.

_Se a Luna não tivesse ligado, o que teria acontecido com agente?

Jong então soltou um sorriso maroto, que fez o Onew arrepiar dos pés a cabeça.

_O que você acha que teria acontecido? – Perguntou.

Onew corou na hora, ficou ainda mais nervoso do que estava antes, e a cada passo que o Jong dava em sua direção seu coração batia mais rápido.

_Eu ... não ... não sei ... – respondeu nervoso.

_A culpa não é sua – Jong disse, fazendo um beicinho triste, sem intenção de provocar o mais velho – eu estou meio estranho esses dias, sabe, ficar perto de você, está me fazendo sentir vontades que eu nunca tive antes.

Onew então arregalou os olhos, observando o amigo tão de perto por um momento pensou ‘como ele é lindo’ mas logo sacudiu a cabeça e se afastou dizendo:

_A ... você deve tá brincando comigo de novo, você sempre faz isso, mas dessa vez não vou cair nas suas peças Jonghyun-shii.

_É sério – Jong disse sério, olhando pro amigo – eu acho que to mesmo afim de experimentar uma coisa nova, e eu to falando exatamente disso que você ta pensando.

Jong então pegou um pano e continuou:

_Mas deixa isso pra lá certo? Já vi que se eu continuar vou acabar te perdendo, e isso eu não quero, então ... mãos a obra.

Ele sorriu pro Onew e o mais velho sorriu de volta.

Claro que o Onew tinha entendido tudo que o Jong quis dizer, mas se relacionar assim com um menino, ainda mais com o seu melhor amigo, parecia tão ... errado.

Os dois então começaram a arrumar tudo, em silêncio, certas horas a mãe do Onew aparecia pra ajudar os dois, mas na maioria das vezes eles ficavam sozinhos, então o silencio voltava a reinar.

Até que eles terminaram, Onew olhou pro Jong e disse:

_Você, quer se arrumar aqui?

_A, mas eu não trouxe roupa.

_Pode usar uma minha, já ta quase na hora do pessoal chegar e se você for em casa vai demorar.

O Jong então foi até o Onew e deu um beijo suave, mas molhado no rosto do amigo, bem devagar, Onew não teve nenhuma ação, ficou estático com o beijo que tinha acabado de receber. Sentia seu coração bater mais forte do que em qualquer outra vez.

Enquanto isso, já era quase 1hora da tarde, quando Taemin e Key deram a ultima passada de pano no ultimo corredor, e o mais velho sentou no chão esgotado.

_Ufa! Finalmente – disse olhando no relógio – ainda da tempo de eu ir na casa do Onew.

_O que?

_A é ... –Key levanta – é que vai ter um churrasco hoje na casa do Onew, ele não te convidou?

_Sim, mas eu não posso ir, vou ficar o dia todo aqui. – Tae respondeu sorrindo.

O mais novo então pegou o balde e foi andando pelo corredor deixando o Key de boca aberta, Key então correu até o Tae e perguntou:

_Ei, como assim ficar dia todo?

_A eu fico o dia todo, ainda tem muita coisa pra fazer, tenho que ajudar as enfermeiras, brincar com as crianças, varrer as folhas do pátio, ajudar na cozinha, essas coisas.

_Há, nem vem Taemin-shii, eu não posso ficar aqui até de noite. – Key riu.

_Então, vai embora.

_Mas ... você ...

_Eu já disse, é um compromisso que eu não posso deixar de lado.

O Tae então fez uma carinha triste e um biquinho que o Key não pode resistir, o mais velho então sorriu e disse:

_Então eu fico com você.

_É?

_Sim.

Taemin riu tímido e continuou:

_Sabe é inacreditável.

_O que? – perguntou Key.

_Você e eu, nessa situação, me disseram que uma semana é pouco tempo pra uma pessoa se apaixonar de verdade.

_É?

_Hm – Tae fez que sim com a cabeça, o Key então se aproximou do menor e lhe tocou o rosto, deu um beijo suave, molhado e confortante nos lábios do Taemin e disse:

_Eu também não acreditava nessas coisas, até te conhecer e perceber que é do seu lado que o meu coração quer ficar, então eu acho que isso é amor, não é?

Tae riu tímido e respondeu:

_Sim ... é amor, eu sinto o mesmo Key.

Os dois se abraçaram bem forte, Key quase sufocou o Tae de brincadeira, e depois que se soltaram o mais velho passou a mão no rosto do Tae e disse:

_Nunca mais, eu vou te tratar mal.

Taemin sorriu, os dois iam se beijar novamente mas foram interrompidos por um monte de crianças eu vinham na direção deles, todas queria abraçar o Tae, e falavam ao mesmo tempo:

‘Oppa montei uma casinha nova para minha boneca.’

‘Hyung ganhamos de 2X0 contra o time dos maiores’

‘Você vai comer com agente hoje?’

‘Vai ficar pra brincar também?’

Era as frases que as crianças repetiam, Key encostou na parede e ficou sorrindo ao ver o Taemin sendo adorado por um bando de crianças, Tae tentava controlar a situação mas era impossível, todo mundo queria sua atenção ao mesmo tempo.

As crianças só saíram dali quando a enfermeira chegou no corredor e gritou:

_Todo mundo pode tratar de lavar essas mãos pra virem comer, e Taemin você e esse menino aí, venham me ajudar!

Assim que ela saiu todas as crianças riram, inclusive Tae e Key.

As crianças então notaram a presença do Key no corredor e uma menina perguntou pro Tae:

_Oppa quem é ele?

_A, é meu amigo, o nome dele é Key e ele vai brincar com agente hoje.

EBAAA! – as crianças repetiam em coro indo abraçar o Key, que evitou um pouco, não gostava de abraços e nem carinhos de pessoas que ele não conhecia, mas assim que observou aqueles sorrisos tão contentes vindo em sua direção não aguentou, se juntou com eles na brincadeira, enquanto o Tae observava, até que uma menina chegou perto dele e disse.

_Oppa, ele é muito bonito não acha?

_O Key?

_É ... acho que decidi que não vou mais me casar com o Tae Oppa, o Key Oppa parece uma melhor opção.

Taemin somente riu e disse ‘está bem’, e logo depois olhou para o Key, seu sorriso era raro de ser ver, e era isso que encantava o Tae e o deixava ainda mais apaixonado.

Enquanto isso Jonghyun terminava seu banho, a ideia de ter o Onew logo depois daquela porta lhe arrepiava todo o corpo, ele então encostou na parede molhada do Box e ficou imaginando, como seria o corpo do Onew, visualizou cada cantinho, como se fosse real, sentia seu “amiguinho” ficar animado, ele sempre ficava quando se tratava do Onew, foi desperto então pelas batidas do amigo que dizia em voz alta:

_Jonghyun já está a mais de 15 minutos aí, não vai dar tempo de eu tomar meu banho.

Jong respirou fundo e respondeu:

_Ta certo, to indo.

Quando a porta do banheiro se abriu Onew se deparou com a imagem perfeita do abdômen de Jonghyun, que usava apenas uma toalha para cobrir as intimidades, o mais novo mantinha a boca meio aberta, e Jong sorriu de canto quando percebeu que o amigo estava nervoso.

_O que foi? – perguntou.

_A nada ... – Onew respondeu, saindo do seu transe, e se levantando rapidamente.

Seguia para o banheiro quando sentiu seu pulso ser agarrado pelas mãos ainda molhadas de Jonghyun, Onew ficou sem ação e arrepiou quando sentiu a respiração de Jong bem perto do seu ouvido.

_Para de resistir – Jong sussurrou – nós dois queremos, e você sabe disso.

Onew estava com vontade de agarrar Jonghyun ali mesmo, naquele quarto, aquele corpo meio molhado o atraia de uma maneira que nada no mundo havia feito antes, porém ele respirou bem fundo, e se lembrou da Luna, ele então virou pro Jong e disse:

_Não, eu prefiro que continuemos assim, se fizermos alguma coisa aqui podemos nos arrepender pra sempre e isso pode acabar estragando a nossa amizade.

Jong então abaixou a cabeça e disse:

_Ta certo, não vou te forçar a fazer uma coisa que você não quer.

Depois de ouvir isso o Onew entrou no banheiro, Jonghyun deitou na cama e olhando pro teto não evitou que lagrimas saíssem dos seus olhos, ‘era melhor tê-lo como amigo do que nem isso’, era o que o menino pensava.

Logo depois os dois não se falaram mais, somente terminaram de arrumar as coisas no jardim, o Minho foi o primeiro a chegar.

_Então já tem carne pronta? – disse sorrindo e esfregando as mãos enquanto entrava.

Onew riu e Jonghyun disse:

_Seu esfomeado, não comeu em casa não?

_Claro que não – Minho respondeu – acha mesmo que eu ia engolir as verduras da minha mãe enquanto tem um monte de carne me esperando bem aqui? (olhava para a churrasqueira).

_Não se empolga muito porque vai ser coisa pequena, é só pra gente se distrair. – Onew disse.

_A sei, churrasco na casa do fan numero um de carne? Não pode mesmo ser uma coisa pequena.

A mãe do Onew então chegou falando:

_Ele ta brincando Minho, com certeza tem muita carne hoje, fica tranquilo.

Minho então sorriu passando a mão na barriga.

_A, e você chamou a Krystal? – Perguntou pro Onew.

_Sim, ela e o Taemin, mas eu não sei se ela vai vir, porque o Tae não vai.

_Nossa, pede a Luna pra ir chamar ela em casa. – Minho disse, um pouco desapontado.

_Ha! Minho seu safado – Jonghyun disse rindo, enquanto arrumava pedaços de carne da churrasqueira.

Continua ...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kim Ma Ri ♥
Broken Time
Broken Time
avatar

Feminino Mensagens : 1733
Reputação : 0
Data de inscrição : 13/06/2012
Idade : 20

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Ter 24 Jul - 11:09:26

Mari, isto está perfeito! *----------*
O Onew ali todo a babado a tentar resistir. -.- Não vais aguentar muito mais tempo, quer dizer, é o JongHyun, ninguém resiste. :3
A relação do TaeMin e do Key está tão linda. _Nunca mais, eu vou te tratar mal. que lindooo. *----------*

Onew, deixa a Luna e fica com o JongHyun já! O.O

Mari, acho que não há mais nada que eu possa dizer, disse tudo em todos os meus outros comentários, continua igualmente bem escrito, com sentimento e eu quero que continues. ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cookie
Stalker
Stalker
avatar

Feminino Mensagens : 892
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/06/2012
Idade : 18
Localização : Guess... xD

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Ter 24 Jul - 14:45:27

Ai ke lindo!!!!! *-* eu sempre ke acababo os teus caps eu penso "oh, nao á mais??? :C" xD por isso escrve mais bem depressinha ok??? :D
Voltar ao Topo Ir em baixo
lenitta
Flaming Charisma
Flaming Charisma
avatar

Feminino Mensagens : 2574
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/01/2012
Idade : 26
Localização : Setúbal - Montijo

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Ter 24 Jul - 19:36:23

aigoooooo onew pára de resistir.. amei linda, quero mais *.*

off-topic: tens alguma fanfic no fafiction? estou a seguir umas fic's por lá e como és brasileira lembrei-me que podias estar lá também :) se tiveres diz, para eu te seguir
Voltar ao Topo Ir em baixo
Maary Taemin
NewBie
NewBie
avatar

Feminino Mensagens : 351
Reputação : 0
Data de inscrição : 27/03/2012
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Ter 24 Jul - 21:50:48

omoooo, ta perfeito mariii *-*
estou super ansiosa para saber o que vai acontecer agoooora *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
maritrc
NewBie
NewBie
avatar

Feminino Mensagens : 82
Reputação : 0
Data de inscrição : 19/09/2011
Idade : 25

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Qua 25 Jul - 2:43:09

Oiii amores
Fico mto feliz que estejam curtindo, de verdade O/
Lennita Creating love está sendo postada lá no fanfiction mas tipo ta quase no final então não procure e continue a ler aqui kkk'
Depois VOLTO pra responder vcs decentemente O/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kim Ma Ri ♥
Broken Time
Broken Time
avatar

Feminino Mensagens : 1733
Reputação : 0
Data de inscrição : 13/06/2012
Idade : 20

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Qua 25 Jul - 14:55:07

Agora apeteceu-me muito e procurar lá no Fanfiction, mas é melhor esperar e ler aqui. ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
maritrc
NewBie
NewBie
avatar

Feminino Mensagens : 82
Reputação : 0
Data de inscrição : 19/09/2011
Idade : 25

MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   Qua 25 Jul - 15:13:55

Haaa sim sim esperem aqui já já eu posto outro O/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Creating Love s2   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Creating Love s2
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 4 de 8Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Love.Might.Kill
» Beautiful Love e Nardis(solos de Bill Evans)
» Eric Clapton - Bad Love Bass
» [Fic] Dangerious Love
» Love Still Goes On é considerado inapropriada pela MBC

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SHINee Portugal :: SHINee Club! :: FanFic's-
Ir para: