SHINee Portugal

SHINee Portugal

Um lugar de carinho, uma segunda casa, um lugar de encontro de Shawols e não só!
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 A new life ~update 36 ~30-12-2014

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 11 ... 20  Seguinte
AutorMensagem
AndieLiu
Dance Machine
Dance Machine
avatar

Feminino Mensagens : 5853
Reputação : 4
Data de inscrição : 31/05/2011
Idade : 23
Localização : Wanted Dead or Alive

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Sab 2 Jun - 23:54:38

Sim, ias!
Pobre Kibummie, nós somos tão más para ele, keke.
É natural, as imagens inspiram sempre algo, dão-nos sensações.
Pois é, mesmo pena, ela era linda meu deus.
Aiiii eu estou ansiosa, decerto que vou amar *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Juu
Moderador
Moderador
avatar

Feminino Mensagens : 10710
Reputação : 9
Data de inscrição : 06/01/2011
Idade : 21
Localização : What did i become ???0.0

Ficha do personagem
Grupos:
0/10000  (0/10000)
Aulas&Pontuação!:
0/10000  (0/10000)

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Dom 3 Jun - 0:23:40

Eu tambem acho ja no sosinho no mundo o meu cap começou com o kibum tambem triste.T.T
Honn*-* espero que sim
(unnie o meu msn foi abaixo e nao consigo liga lo , portanto despeço me aqui, ate amanha, bons sonhos unnie, poopoo, saranghae<3)

_________________
                                      
                     No one never really said that life was easy then why was i so restless, so careless.....

Spoiler:
 

 Ultimate Bias : Taemin♥Nichkhun  Ultimate son: Chanyeol  Ultimate OTPJongKey♥2min  Bias List ultimate  Ruiners: Myungsoo♥Xiumin   (─‿‿─)


                                                                       
Voltar ao Topo Ir em baixo
AndieLiu
Dance Machine
Dance Machine
avatar

Feminino Mensagens : 5853
Reputação : 4
Data de inscrição : 31/05/2011
Idade : 23
Localização : Wanted Dead or Alive

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Dom 3 Jun - 0:28:03

Foi foi.
(Boa noite meu doce, bons sonhos e dorme bem, saranghayeo, poopoo grande <3)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Juu
Moderador
Moderador
avatar

Feminino Mensagens : 10710
Reputação : 9
Data de inscrição : 06/01/2011
Idade : 21
Localização : What did i become ???0.0

Ficha do personagem
Grupos:
0/10000  (0/10000)
Aulas&Pontuação!:
0/10000  (0/10000)

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Ter 5 Jun - 22:50:48

unnie hei de postar o proximo amanha ou no feriado quinta ^^

_________________
                                      
                     No one never really said that life was easy then why was i so restless, so careless.....

Spoiler:
 

 Ultimate Bias : Taemin♥Nichkhun  Ultimate son: Chanyeol  Ultimate OTPJongKey♥2min  Bias List ultimate  Ruiners: Myungsoo♥Xiumin   (─‿‿─)


                                                                       
Voltar ao Topo Ir em baixo
Juu
Moderador
Moderador
avatar

Feminino Mensagens : 10710
Reputação : 9
Data de inscrição : 06/01/2011
Idade : 21
Localização : What did i become ???0.0

Ficha do personagem
Grupos:
0/10000  (0/10000)
Aulas&Pontuação!:
0/10000  (0/10000)

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Qui 7 Jun - 22:12:27

Capítulo 2 -



16 De Setembro



No Pov

As suas pernas pararam junto ao portão, junto aquele grande e velho portão que separava a dor da ignorância, o desprezo do esquecimento. Fechou os olhos e inspirou todos aqueles aromas suaves e frescos, aquele aroma perfumado dos jardins da escola misturados com o doce sabor de Verão. Colocou as mãos nas algibeiras das skiny jeans e suspirou, esperando, talvez, por algum traço de coragem em si. Não era preciso muita, não, não era. Viver na escola era talvez mil vezes melhor do que viver na mesma casa que a sua mãe ou ter que viajar de pais em pais.

Nada iria mudar, este ano seria igual ao ano anterior, os mesmos rostos, as mesmas bajulações tanto dos professores como de alunos.

-Com bons olhos o vejam menino jonghyun- Diz o velho jardineiro enquanto poda algumas das roseiras que perdem as pétalas. Jonghyun sorri, era bom ver um rosto familiar.

-Komawo ahjushi, prazer em vê-lo .-  Jonghyun faz uma vénia ao velho e seus lábios automaticamente voltam a abrir-se num amplo sorriso. O homem sorri-lhe de volta , pequenas rugas se forma no canto dos seus lábios e jonghyun volta a perguntar-se sobre a idade do velho. Trabalha naquela escola á décadas, como costuma dizer cheio de orgulho enquanto ergue o peito e mostra os calos das mãos. Vestido do seu uniforme azul, é ele que cuida de todo o recinto exterior dos edifícios escolares. Jonghyun, no ano passado até chegou a ajuda-lo por livre vontade, era uma forma de aliviar-se do stress e porque também ganhou um certo carinho pelo homem e as suas historias. Cada uma mais diferente que a outra, cada uma cheia de sabedoria e conselhos da vida.

-Mas menino, o que faz aqui tão cedo? Ainda falta uns dias para a escola começar.- O homem parou de trabalhar e voltou o seu olhar confuso para o rosto sorridente de jonghyun.  Nem a idade que carregava tinha envelhecido aqueles olhos brilhantes.  E tão forte ele era que jonghyun invejava-o.

-Os meus pais saíram, e sabe que eu prefiro cá estar. – O olhar confuso deu lugar a um ar preocupado, aquele velho era uma das poucas pessoas a que jonghyun havia confiado a sua vida intima em tardes de primavera. O velho jardineiro era uma das poucas pessoas que possuía os segredos e medos de jonghyun, ele e o seu melhor amigo. Jonghyun ao lembrar-se do seu amigo olhou em volta mas ele parecia ser o único estudante pelo jardim.

-Ele ainda não chegou, o menino devia aproveitar o tempo que ainda tem e ir divertir se com os seus amigos. A adolescência só nos bate á porta uma vez.- O homem disse enquanto voltava a podar as belas roseiras.

-Prefiro ficar por aqui, até mais ahjushi.- Jonghyun afastou-se do jardineiro , ainda lhe acenou algumas vezes antes de entrar no grande edifícios dos dormitórios. Todo o recinto interior parecia quase tirado daqueles filmes de terror nas escolas. A pouca luz que o corredor retinha vinha das janelas entreabertas e o único som que ecoava era o do seu coração e dos seus passos pesados pelo corredor de escadas que subia. Entrou finalmente no corredor do segundo andar da Ala A e procurou pelo numero do seu quarto do ano passado que por sorte era o mesmo este ano.

Sorriu, quando a encontrou. Abriu-a com a chave e suspirou ao ver a duas mesmas camas. Eram um quarto normal como todos os outros do edifício. Para alem das duas camas em cada canto do quarto ainda tinha uma secretaria de dois lugares, dois armários compridos, uma janela e uma porta que daria para a casa de banho.

Sentou-se em uma das camas, era aqui que iria novamente dormitar/sobreviver até ao fim do ano lectivo. Agora só esperava que o seu companheiro de quarto não houvesse mudado, senão uma visita ao diretor iria ser necessária. E quando ele pede, quem lhe diria não?

-Hya dino! Quem disse que essa era a tua?!.- Jonghyun pousou o rosto na porta de entrada do quarto e sorriu ao ver  o seu melhor amigo.

********

~horas antes~

-Hyaaa quem *gulp* disse *gulp* que eu estou bêbado?!-  Minho fechou os olhos, lutando contra as suas lagrimas enquanto suas mãos se fechavam em dois punhos carregados de raiva e medo. Tremia ao ouvir os gritos daquele homem que um dia chamou de pai  e a dona dos gritos seria sempre a sua mãe ou ele. Ouve um silencio no quarto e quando Minho pensava que tudo tinha acabado ouve o barulho de um estalo. Era mais uma noite normal…. Todas as noites era o mesmo teatro, o mesmo homem chegava num estado lastimável a casa e todos pagavam pelos seus erros. Minho nem  sempre considerou a sua mãe uma mulher de sangue frio mas ela não chegava nem aos calcanhares dele, foi ele que a havia tornado fria. Sempre maltratava a pobre mulher, e ela com ajuda das vizinhas ainda consegui fazer com que a irmã mais velho do minho fosse estudar para os usa, para se tornar alguém. E minho felizmente havia conseguido entrar numa boa universidade. Bolsista  , deve o seu sonho ao seu treinador que sempre esteve ao lado dele.

-É a bateres me que resolves os problemas, gastas te de novo o dinheiro do trabalho deste mês de novo!!-Minho estremeceu ouvindo os gritos roucos de sua mãe, se fecha-se os olhos até poderia vê-la chorar. Era a sua mãe, a mulher que mais amou na vida, ali dentro, sofrendo mais uma vez por ele.

Nem sempre foram assim, nem sempre viveram naquele tipo de ambiente. Um dia, lá bem atras. O seu pai trabalhava numa empresa que por sinal muito bem sucedida. Viviam no bairro de classe alta e eram a típica família feliz, nessa altura o seu pai era o seu herói, qual a criança que não veria o matriarca da família como o seu herói?! E a sua minha mãe era a mulher mais linda daquela pequena sociedade rica, todos a cortejava, e seus olhos só viam o pai de Minho. Mas toda aquela felicidade, todo aquele mundo de fantasia que parecia tão real se esvaneceu depois que a empresa faliu . Começou por fazer alguns trabalhos individuais, a  mãe de minho era desempregada e ele começou a beber uma noite sim outra não até virar o monstro que esta dentro daquele quarto. Apartir desse momento ele deixara de ser o herói do conto de fadas do mais novo para se tornar o vilão.

Minho num impulso corre para o quarto e invade-o com lagrimas nos olhos, o homem estava sentado em cima da cama e a sua mãe encolhida em um canto escondendo a cara magoada. Minho olhou para o homem com veneno e tomado de raiva.

-Eu vou embora, para a escola….-Minho conteu as palavras amargas do seu coração, ele queria ter mandado o homem embora, queria tê-lo manchado a cara com sangue e dito tudo o que vai no seu coração. Mas não podia, o homem descarregaria o veneno na sua mãe.

O pai do Minho não ousou olhar o rosto do minho e deitou-se. Minho saiu do quarto mas sua mãe pegou-lhe pelo pulso . E abraçou-o, minho demorou um pouco a reagir mas aperto-a a mulher em seus braços. Não se lembrava há quanto tempo não era abraçado por ela.

-Ommah….- Minho murmurou. Naquele momento sentia-se um completo inútil por não poder tira-la dali, de protege-la.

-Perdoa-me meu filho….. Não voltes para aqui, sê feliz longe.- Seus olhos sinceros e ensanguentados de lagrimas sofridas consumiam o minho de culpa.

-Eu vou voltar, e levar-te. Eu prometo.- Ela da um fraco sorriso mas minho  no fundo sabia que ela não acreditara nas suas palavras. Talvez nem Minho acreditasse mas ele ia tentar…

Saiu daquela casa e andou pelas ruas daquele bairro decadente, despediu-se dele mas uma parte ficava-lhe para trás. Era sempre aquela sensação de que lhe faltava algo.

*****

Entrou pelos portões da Univeridade e rapidamente aquela sensação de frescura penetrou os seus pulmões. Sorriu, pensando no que os seus colegas diriam se lhes dissesse que gostava da escola, de que estas é como uma casa para ele e os seus colegas a família.

Sorriu de novo ao ver o velho jardineiro que podava algumas roseiras, acenou-lhe e correu para seu abraço fazendo o mais velho dar um pulo de susto. O homem assustado logo sorriu e abraçou-o.

-Sempre assustando-me, seja bem vindo de volta menino Minho.- Ele sorriu  mostrando as rugas do seu rosto cansado pelo tempo.

-Igualmente ahjushi.- Minho largou o velho e olhou em volta.

-O que se passa com as crianças hoje em dia, tão apegados á escola- Disse o velho sorrindo voltando as suas rosas.

-Não fiques com essa cara menino Minho, a vida há de recompensar as partidas que prega.- Mais uma vez aquele velho era dono de segredos, desta vez dos do Minho.

-Chegou mais alguém?-

Minho Pov

-Deah, ele já deve estar a sua espera.- O homem sorriu e eu corri para o dormitório. Dentro do pavilhão fui imediatamente engolido pela solidão agoniante, não se via ninguém pelas escadarias. Se tivéssemos em tempo de aulas seria castigado por correr nas escadas. Entrei no segundo andar e procurei pelo numero da minha porta. Encosto-me á porta entreaberta  para ve ro meu melhor amigo vagueando pelo quarto , abro a porta devagarinho quando ele se senta em uma das camas.

-Hya, Dino quem disse que essa era a tua?. Ele olhou para mim e sorriu. Levantou-se e veio abraçar-me.

-Senti a tua falta sapo.- Jonghyun era o meu melhor amigo desde pequeno, é ele a pessoa que mais confio e a quem recorro para desabafas. É ele que esta sempre a meu lado.

-Parece que fica-mos juntos de novo.-

-Tens alguma coisa a ver com isso, não?

-E se tiver?!.- Ele sorri enfrentando os meus olhos.

Sorri e começa-mos a arrumas ar nossas coisas.

****

Depois de tudo no sitio saímos para dar uma volta pela escola, e ver-mos o que tinha mudado nos últimos 3 meses de ferias, e contarmos algumas coisas , ele contou me que tinha voltado a namorar, o que me preocupou, mas que tinha acabado um mês depois, ele disse que não queria se agarrar a ninguém , queria se divertir com aquelas que se aproximavam de seu dinheiro, o que me deixou ainda mais preocupado.

-Hya não fiques com essa cara, elas vão ter o que querem e eu também – Jonghyun nem sempre havia sido assim, ele nunca havia jogado com os sentimentos de ninguém , mas desde a uns anos para ca …..depois do que ele sofreu, ele mudou. Ficou mais forte  mas também muito mais reservado. Pelo menos agora ele sabia como se defender daqueles que se chegam pelo seu dinheiro, espero que um dia ele volte a abrir o seu coração para alguém decente.

-Arasso...como é que achas que vai ser este ano?-eu tentei mudar de conversa.

-Não sei ...vão chegar alunos novos, espero que não deem muito trabalho ao nosso porteiro-ele sorriu sentando se num banco vermelho com um triângulo preto nas costas , no ano passado os alunos de artes pediram ao diretor se podiam decorar os bancos do jardim, para falar a verdade estava receoso de que sairia alguma coisa de jeito mas no final de contas saiu bastante bem.

Ficamos um tempo sentados naquele banco, aproveitando a presença um do outro, relembrando me dos velhos tempos, olhei para o grande relvado colorido, e inspirei aquele cheiro fresco de fim de verão e inicio de outono, enquanto meu coração já estava ansioso pelo novo ano, olhei para o jonghyun ele parecia partilhar do mesmo sentimento, era bom estar de volta, era bom estar de novo ao lado de jonghyun.

_________________
                                      
                     No one never really said that life was easy then why was i so restless, so careless.....

Spoiler:
 

 Ultimate Bias : Taemin♥Nichkhun  Ultimate son: Chanyeol  Ultimate OTPJongKey♥2min  Bias List ultimate  Ruiners: Myungsoo♥Xiumin   (─‿‿─)


                                                                       


Última edição por Juu em Ter 21 Out - 0:30:45, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Juu
Moderador
Moderador
avatar

Feminino Mensagens : 10710
Reputação : 9
Data de inscrição : 06/01/2011
Idade : 21
Localização : What did i become ???0.0

Ficha do personagem
Grupos:
0/10000  (0/10000)
Aulas&Pontuação!:
0/10000  (0/10000)

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Qua 20 Jun - 13:21:17

eu não vou poder vir ao pc , pois o meu pc foi se , e atualizar a historia vai ser muito dificil porque o meu pc nap me deixa abrir o word , portanto enquanto ele nao der para abrir o word nao posso postar, (e nem posso ver videos dos nossos meninos nem series T.T)

_________________
                                      
                     No one never really said that life was easy then why was i so restless, so careless.....

Spoiler:
 

 Ultimate Bias : Taemin♥Nichkhun  Ultimate son: Chanyeol  Ultimate OTPJongKey♥2min  Bias List ultimate  Ruiners: Myungsoo♥Xiumin   (─‿‿─)


                                                                       
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cookie
Stalker
Stalker
avatar

Feminino Mensagens : 892
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/06/2012
Idade : 18
Localização : Guess... xD

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Qua 4 Jul - 20:17:51

WWAAHH!!! JUU UNNIE!!! A fic ta linda *-*!!!!! eu tenho mesmo razao, tu escreves lindamente. Amei. PF posta o novo cap. Mi ker ler C: *-*

Juu FIGHTING :P
Voltar ao Topo Ir em baixo
Juu
Moderador
Moderador
avatar

Feminino Mensagens : 10710
Reputação : 9
Data de inscrição : 06/01/2011
Idade : 21
Localização : What did i become ???0.0

Ficha do personagem
Grupos:
0/10000  (0/10000)
Aulas&Pontuação!:
0/10000  (0/10000)

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Qua 4 Jul - 21:52:37

Komawo fofinha, ainda bem que gostas*suspira de aliviu* keke aqui esta o proximo
espero que quem va ler, comente se gosta, ou se não gosta, é que a escrita é importante para mim, talvez não tão importante para mim do que para voçes, mas é a escrita que me ajuda , estranho?talvez, mas escrever fantasias sobre o shinee ou sobre outra banda qualquer, ou mesmo um conto aliatorio ajuda me em bastantes coisas, eu espero que a minha escrita vos de sorrisos, e outras emoções que eu tenho quando lei o uma fic vossa, espero que gostem e comentem ou digam se devo melhorar , kiss para todos os que estao a ler a mina fic . ^-^komawo
~~~~~~~

Capitulo 3-

Warm Goodbye


16 de Setembro~ Japão~~



No Pov

Suspirou olhando o rosto triste de seu pai. Finalmente as ferias haviam chegado ao seu fim e em poucas horas estaria de volta á Coreia Do Sul, o seu lar.  Despediu-se mais uma vez daquele homem, um dia o matriarca da sua família, ainda olhou uma ou duas vezes para tentar dar o seu melhor sorriso …esperando que isso pudesse fazer alguma diferença na relação dos dois.

Embarcou no grande avião que lhe iria levar para o seu pais, mas estranhamente sentia como que se tivesse deixado algo de si para trás. Não naquele pais mas sim na casa com que tinha partilhado com o seu pai durante aqueles três meses, foi difícil dizer adeus para aqueles momentos estranhos.

Flash Back~~~

Abriu os olhos cansados, jogou os braços para cada lado e dos seus lábios um grande bocejo escapou.  Ouvia as empregadas de um lado para o outro, pensou que provavelmente estariam a tratar das suas malas e pertences.  Tomou o seu banho, vestiu as roupas que as empregadas haviam engomado e desceu as grandes escadarias da mansão. Sentou-se na mesa e esperou por seu pai para tomarem o pequeno almoço juntos. Taemin olhou para a porta onde  já podia ouvir os passos de seu pai pelo corredor, o mesmo entrou e sorriu para taemin que lhe retribuiu-lhe o sorriso.

-Como…dormiste?- Taemin suspirou baixinho, era sempre o mesmo tipo de pergunta; “Como estás?”, “Dormiste bem?”, “Já comeste?”. Eram esses os diálogos de pai para filho. Mas Taemin sabia. Sabia que não podia pedir muito mais, que não podia exigir muito mais. Que uma aproximação de pai para filho ainda estava muito longe e talvez nunca iram fortalecer uma.  Taemin sabe que o pai o ama, de uma forma mais distante mas ama. E se a relação deles é assim, a culpa é sua. Pelo que aconteceu há 11 anos atras, naquele rio. E que seu pai vê no olhar dele o olhar do outro…..

-Deah, e o senhor?.- Taemin tentou sorrir mas os seus lábios mantinham-se imoveis.

-Também.- E novamente apenas o silencio estridente podia ser ouvido.

-Que dizes…de irmos da um passeio antes de embarcares?- Taemin ficou surpreso com tal pergunta mas aceitou sem pensar duas vezes. Pensou que seria bom passar algum tempo com o seu pai antes de partir

Depois do pequeno almoço tomado, os dois saíram a pé . Passearam pelos campos, ruas e parques até á hora de almoço. Taemin vei-o a descobrir que o seu pai tinha tirado o dia para estar com ele o que o deixou deveras feliz e sentindo-se um quanto especial. O pai de Taemin comprou-lhe um gelado depois do almoço e uns saquinhos de milho para alimentarem os patinhos e pombos  no lago do parque.

E quanto Taemin deu por si já estava a caminho do aeroporto. Todo o trajeto foi feito em silencio e quando chegaram seu ajudou-o com as malas.

-Taemin, o appa…..gosta muito de ti, não quero que te esqueças disso por eu estar longe ou por não demonstrar o meu carinho mais vezes.- Seus olhos brilhantes avisaram taemin que seu pai estava á beira de lagrimas.  O mais novo abraça-o o homem com toda a sua força….Taemin penso que talvez, aos poucos, seu pai estava a perdoa-lo.

-Também….gosto muito de ti!.- Diz sorrindo, enquanto os seus dedos trémulos limpam algumas lagrimas sorrateiras.

-Não te esqueças do appa.- O homem apertou o nariz ao mais novo e pousou os seus lábios na testa do filho. Taemin sentiu um medo estranho no peito, parecia que o homem se despedia para sempre.

-Nunca…..appa.- Mais um ou dois abraços e Taemin partia do alcance de vista do homem….

Fim do Flash Back

Faziam já 4 longos anos que o pai de Taemin mudara-se permanentemente para o Japão. Foi logo apos a altura que os seus pais haviam se separado e decidido caminhos diferentes. Mas não podia ter sido no pior momento, Taemin no momento encontrava-se no começo da sua adolescência e qualquer motivo de algazarra naquela casa era motivo para fugir. Mas Taemin havia crescido , amadurecido e deixado essa parte para trás. Apesar de por vezes olhar o céu e perguntar-se “ o que sou?, quem sou?”, mas ninguém neste mundo sabe inteiramente quem é ou o que é ou para que é. Há coisas que Taemin também quer ser capaz de ser e fazer. Um dos exemplos seria encontrar o seu irmão….mas encontrar alguém que se foi á muito parece quase uma fantasia louca do seu coração.

Seu irmão havia sido dado como morto á 11 anos quando caiu em um rio, um rio que trouxe tristezas a tantos corações. Apesar de se pequeno na altura, Taemin guarda aquelas imagens desfocadas no peito, o som longínqua da voz do irmão , de um sorriso perdido pelo espaço….Houve um funeral depois de um ano de buscas, e sem resultados. Os meus pais continuaram devastados por outros tantos anos. Por isso , Taemin ainda guardava um pequeno brilho de esperança no olhar.

-Senhor, esta tudo bem?.-Uma das hospedeiras de bordo perguntou-lhe olhando-o nos olhos vermelhos. Taemin pousou a mão sobre o seu rosto e apercebeu-se que chorava.

-Anyo, obrigada.- Ele sorriu  e a senhora continua a andar. Taemin lentamente fechou os olhos cansados e a ultima coisa que recorda ver é o mar azul pela pequena janela do avião.

****

Taemin abriu os olhos quando sentiu alguns solavancos enquanto dormia. Esfregou os olhos rapidamente devido ao contacto direto com a luz que vinha da janela. Estava a descer, aquela era a parte que mais detestava em andar de avião…a descida. Quando fixo no solo, Taemin suspirou e desceu do avião. No fim das escadas um carro preto o esperava, Taemin sorriu ao ver a sua mãe a sair do carro acenando-lhe um sorriso elegante nos lábios. Correu para ela e abraçou-a como se ela fosse feita de porcelana.

-Como foi a viagem?.- Ela disse enquanto Siwon nos abria a porta do carro. Taemin olhou para Siwon e deu-lhe um pequeno abraço.

-Dormi o caminho todo.- Ele sorriu já dentro do carro.

-Taemin, quero que conheças uma pessoa antes de ires para a escola, ela vem almoçar connosco amanha..- Taemin demonstrou-se curioso por apenas meros segundos. A ultima vez que a sua mão lhe tinha apresentado alguém, era um namorado. Taemin estava farto dos namorados da mãe, todos uns oportunistas tanto para ela como para ele.

****

Suspirou pesadamente, finalmente  seus olhos eram preenchidos por uma estrutura familiar a que ele chamava de casa, não de sua casa mas de casa.  O Siwon abriu-lhe a porta do carro, todos os empregados já se encontravam  em sentindo para lhe dar as boas vindas, algo excêntrico, um sinonimo de sua mãe que esboçava um sorriso satisfeito. Siwon é quem me dá o sinal para avançar, ele é umas das únicas pessoas em que eu podia confiar tanto ao ponto de lhe confiar segredos e medos. Ele cuidou de mim a maior parte das vezes, visto que  a minha mãe sempre pos o trabalho a cima de mim, uma realidade inevitável . Não a culpo, até eu o faria…Talvez é menos doloroso desta forma.

-Hyung, por acaso sabes quem é que a minha mãe quer que eu conheça?.- Perguntei enquanto nos dirigia-mos á segunda casa a poucos metros daquela. Ele enrugou o rosto e manteve-se em silencio por alguns minutos, entra-mos na minha casa  onde as amas choravam ao ver-me. Abracei-as e voltei a fitar Siwon.

-Vais ter que esperar, é uma surpresa da tua mãe. Ela pediu-me para não te contar.- Disse pousando as malas no meu quarto.

-Só espero…..que não seja mais um….- Suspiro jogando me para cima da cama.

-Seja quem for, não vou deixar que te magoem. Não te preocupes.- Ele disse despenteando me os cabelos. Sorri para o meu segurança, meu amigo. Meu melhor amigo e único amigo.

-Menino Taemin, posso arrumar as roupas? Já devia ter ido tomar banho.- Acenei que sim mas fiz beicinho quando ela me falou em tomar banho, a viagem foi um pouco esgotante, dormir parecia-me a melhor ideia.

-Aigoo, vai dar banhinho e depois desce para comeres algo. Aposto que ninguém te alimentou como deve ser, olha para ti.- Ela enrugou o rosto, sorri e abracei a velha ama.

-Arasso.-
****
16 de setembro- Algures em Nova York

-Oppa, vais mesmo embora hoje?.- Um sorriso fraco preencheu-lhe os lábios rosados, olhei para ele com carinho. Acariciei-lhe o rosto e acenei , ela havia sido a minha melhor amiga durante este ano que estudei fora da Coreia.

-Hum, deah. Eu tenho que voltar. Já fala-mos sobre isso.- Seu sorriso desaparece aos poucos, seus olhos adotam aquele ar triste e um soluço escapou pelos seus lábios trémulos. Algumas lagrimas escaparam pelos meus dedos. Blair era uma mistura da América com a Coreia. Seus cabelos eram longos e negros, seus olhos claramente asiáticos mas suas feições estavam longe de o ser tal como a sua personalidade única e livre.

-Eu ligo-te.- Dei-lhe um beijo na testa e ela fungou.

-Não é o mesmo.- Ela abraçou-me, podia dizer que ela estava a fazer beicinho em meu peito. Peguei em seu rosto e sorri com ternura, limpando as suas pequenas lagrimas com os meus polegares.

-Mian, mas eu tenho que ir agora.- Sai da sua beira e fui fazer o check in, olhei para trás, uma, duas e três vezes antes de despedir-me pela ultima vez. Tentei dar o meu melhor sorriso e lutar contra as lagrimas que me ameaçavam a qualquer instante.  Estou feliz de voltar para a Coreia, ver os meus pais e a minha irmã mas naquele momento senti que deixava algo importante para tras. Fechei os olhos esquecendo as formas aborrecidas das nuvens e tentei afastar qualquer sentimento de tristeza.

E quando voltei a abrir o olhos  um par de olhos gigantes fitava os meus com interesse.

-Peço desculpa, quer comer alguma coisa?.- Olhei as horas, era a hora do almoço.

-Oh, não faz mal.- Sorri, e naquelas bochechas pálidas um rosa tímido apareceu.

-O que é o menu?.- Perguntei sorrindo-lhe.

-Frango de caril com…-

-Quero!...- Ela sorriu e tirou uma caixa de plástico com frango de caril e arroz.

E horas mais tarde o avião começou a descer e como sempre fechei os olhos com força, agarrei o banco da frente e conti a respiração. As descidas sempre foram o meu ponto fraco.

No parque de estacionamento facilmente reconheci o carro dos meus pais que assim que me viram correram para me abraçar, a kimie estava a dormir no carro. Abri a porta dela, toquei lhe no rosto suavemente e ela enrugou o rosto.

-Oppa?....- Ela abriu os olhos, e logo começou a chorar. Abraçei-a com todo o meu amor e chorei também.

-O oppa sentiu tanto a tua falta.-

-Eu também tive muito saudades oppa.- Ela choramingou em meu peito. Olhei em volta e depois para o meus pais.

-O novo membro?.-

-Amanhã, amanhã.- A minha mãe sorriu e o meu pai abraçou-a
.

_________________
                                      
                     No one never really said that life was easy then why was i so restless, so careless.....

Spoiler:
 

 Ultimate Bias : Taemin♥Nichkhun  Ultimate son: Chanyeol  Ultimate OTPJongKey♥2min  Bias List ultimate  Ruiners: Myungsoo♥Xiumin   (─‿‿─)


                                                                       


Última edição por Juu em Ter 21 Out - 0:33:45, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cookie
Stalker
Stalker
avatar

Feminino Mensagens : 892
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/06/2012
Idade : 18
Localização : Guess... xD

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Qui 5 Jul - 0:00:46

AMEI O CAP UNNIE!!! TENS DE PUBLICAR MAIS DEPRESSA SIM??? :67: ai tou anciosa, e ja tou mesmo a ver a kem é ke o Tae vai ser apresentado xD FIGHTING UNNIE C:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Juu
Moderador
Moderador
avatar

Feminino Mensagens : 10710
Reputação : 9
Data de inscrição : 06/01/2011
Idade : 21
Localização : What did i become ???0.0

Ficha do personagem
Grupos:
0/10000  (0/10000)
Aulas&Pontuação!:
0/10000  (0/10000)

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Qui 5 Jul - 0:04:24

ainda bem que gostas te fofinha , vou tentar , mas eu acho que não e essa pessoa que estas a pensar que a mae do tae lhe vai apresentar
komawo dongsaeng <3 Monkey 12

_________________
                                      
                     No one never really said that life was easy then why was i so restless, so careless.....

Spoiler:
 

 Ultimate Bias : Taemin♥Nichkhun  Ultimate son: Chanyeol  Ultimate OTPJongKey♥2min  Bias List ultimate  Ruiners: Myungsoo♥Xiumin   (─‿‿─)


                                                                       
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cookie
Stalker
Stalker
avatar

Feminino Mensagens : 892
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/06/2012
Idade : 18
Localização : Guess... xD

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Qui 5 Jul - 0:17:25

ah ok. Pensei... xD sim tou a gostar mt C; So espero ke sejas rapida pk kero ler C: de nada Unnie C: Monkey 12
Voltar ao Topo Ir em baixo
Juu
Moderador
Moderador
avatar

Feminino Mensagens : 10710
Reputação : 9
Data de inscrição : 06/01/2011
Idade : 21
Localização : What did i become ???0.0

Ficha do personagem
Grupos:
0/10000  (0/10000)
Aulas&Pontuação!:
0/10000  (0/10000)

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Qui 5 Jul - 0:29:29

ahaha ainda bem fofinha a unnie vai tentar :P

_________________
                                      
                     No one never really said that life was easy then why was i so restless, so careless.....

Spoiler:
 

 Ultimate Bias : Taemin♥Nichkhun  Ultimate son: Chanyeol  Ultimate OTPJongKey♥2min  Bias List ultimate  Ruiners: Myungsoo♥Xiumin   (─‿‿─)


                                                                       
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cookie
Stalker
Stalker
avatar

Feminino Mensagens : 892
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/06/2012
Idade : 18
Localização : Guess... xD

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Qui 5 Jul - 0:32:03

ok, Komoho Unnie C: Saranghae <3 Monkey 32
Voltar ao Topo Ir em baixo
lenitta
Flaming Charisma
Flaming Charisma
avatar

Feminino Mensagens : 2574
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/01/2012
Idade : 25
Localização : Setúbal - Montijo

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Qui 5 Jul - 19:15:32

linda lembras-te de eu dizer que primeiro ainda ia ler a outra? pois, não fui capaz de esperar, li isto agora, tudinho de uma vez... eu adoro as tuas fic's, não vai ser novidade nenhuma o que vou dizer, escreves tão bem minha dongsaeng fofinha, adoro mesmo... *esperando o próximo capitulo* saranghae <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Juu
Moderador
Moderador
avatar

Feminino Mensagens : 10710
Reputação : 9
Data de inscrição : 06/01/2011
Idade : 21
Localização : What did i become ???0.0

Ficha do personagem
Grupos:
0/10000  (0/10000)
Aulas&Pontuação!:
0/10000  (0/10000)

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Qui 5 Jul - 21:36:20

caty:saranghae dongsae Monkey 32

hoo chincha ? :67:
komawo unnie :13:
fico tão contente que tenhas gostado unnie :26:
eu hei de postar amanhã ou no fim de semana ^^
obrigada por leres unnie
saranghaeyo Monkey 12

_________________
                                      
                     No one never really said that life was easy then why was i so restless, so careless.....

Spoiler:
 

 Ultimate Bias : Taemin♥Nichkhun  Ultimate son: Chanyeol  Ultimate OTPJongKey♥2min  Bias List ultimate  Ruiners: Myungsoo♥Xiumin   (─‿‿─)


                                                                       
Voltar ao Topo Ir em baixo
Juu
Moderador
Moderador
avatar

Feminino Mensagens : 10710
Reputação : 9
Data de inscrição : 06/01/2011
Idade : 21
Localização : What did i become ???0.0

Ficha do personagem
Grupos:
0/10000  (0/10000)
Aulas&Pontuação!:
0/10000  (0/10000)

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Seg 9 Jul - 14:23:46

sorry double post, espero que gostem ^^ kisseu



Capitulo 4-


17 de Setembro


Enrugou o rosto sentindo a luz forte que vinha da janela esquecida de ser fechada na noite passada. Piscou os olhos umas quantas vezes tentando relembrar-se do sítio onde estava ou como havia ali chegado. Mas rapidamente todas as lembranças, e aquela realidade inevitável, embateram contra ele, criando um frio gélido por todo o seu tronco. Suspirou, sentou-se ena cama, sacudi-o os cabelos e olhou em volta. Esfregou os olhos enquanto tentava ler o pequeno bilhete que ShinYoung havia deixado perto do candeeiro sobre a pequena mesa ao lado da sua cama.
“Fui ao mercado, não saias do quarto”
Jogou-se de volta para a cama, não antes de enrolar o pedaço de papel numa bola minúsculo e joga-lo para algum canto sem destino aparente, e sorriu, mais uma expressão amarga do que um sorriso mas quem estava ali para julga-lo. Depois de alguns minutos fitando o teto do quarto, levantou-se, o quão lentamente podia. Abriu a sua mochila tirou uma camisa branca e umas calças de ganga azul claras. ShinYoung tinha comprado aquela roupa com aquele único propósito, para o dia da “entrega”. Pelo menos era assim que Kibum designava aquele dia, uma simples mercadoria com cicatrizes profundas do longo caminho que percorrera. Olhou-se ao espelho, e não encontrou nada de belo naquela imagem que o olhava, olheiras pintavam o seu rosto cansado pela vida. Não se preocupou em disfarçar os vincos no seu rosto, as cicatrizes em seus braços, eram marcas de uma luta que estava longe de chegar ao fim.
Molhou o rosto várias vezes, antes de voltar para o quarto e sentar-se na cama. Olhando para a porta, esperando pela ShinYoung.
E pouco depois ela entrou, ignorou kibum, passou por ele varias vezes até por fim se sentar ao lado dele. Suspirou e olhou para a porta.
-Come.- Diz entregando-lhe um saco. Kibum não se mexeu, ela pegou na mão dele e entregou-lhe a comida. Olhou nos olhos dele, era só solidão, não havia brilho , nada..quase um reflexo seu.
-Sê forte, eles são boas pessoas.- Diz, mas nada muda no olhar do outro. Ele não acreditava. Ele aprendera a desconfiar primeiro, acreditar seria jogar contra a sua vida, virar as costas a coragem com que enfrentou todos os momentos de fragilidade, perigo e desespero.
-Queres outra?.- Shinyoung diz apontando-lhe outro pedaço de pão na direção dele. Kibum apenas assentiu e pegou no pedaço de pão com queijo .
-Quando acabares, vai buscar a tua mochila. Sai-mos em 5 minutos, estou lá em baixo.- Ela pegou na sua mala, saiu do quarto. E mais uma vez kibum estava só, olhando a porta, tentando lutar contra a vontade de fugir, para tão longe, de correr até as suas pernas não aguentarem mais, até os seus se abrirem em feridas, afinal de contas….não seria a primeira vez.
                                                                       ****
O sol bateu tão violentamente contra o vidro fazendo-o acordar ainda mais mal-humorado, se é que isso pudesse ser possível. Esfregou os olhos, a cara e olhou pela janela. O que viu deixou-o claramente espantado. Casas bonitas, elegantes, todas iguais, jardins repletos de arbustos e estatuetas, coloridos e cheios de carinho. Kibum suspirou, imaginando-se viver em uma daquelas casas com os seus irmãos. Seria possível, um dia, ele dar-lhes um futuro assim? Não soube responder e algo mais captou-lhe a atenção. Shinyoung estava a estacionar numa dessas casas. Uma senhora estava a porta, com as mãos no peito e um sorriso nos lábios, kibum olhou-a com curiosidade. Quem seria ela? Perguntou-se. Logo a seguir um homem juntou-se ela e abraçou-a com o mesmo sorriso. Um casal jovem, mais dúvidas surgiram em kibum. Para quê que precisariam dele ali, um adolescente, quase adulto, diferentes deles em tantos aspetos, não havia qualquer razão que não o fizesse desconfiar. Eles podiam ter adotado uma criança, porquê ele? Kibum questionava-se.
-Kibum!.- Shinyoung fez-lhe sinal para sair do carro. Kibum pegou na sua mochila e fechou os olhos antes de abrir a porta e saiu com o coração nas mãos. Mas aquele momento era algo que ele já não podia evitar. No que pareceram léguas, o casal chegou até ele e Shinyoung, com o mesmo sorriso. Mais dois saíram de casa a correr, as suas gargalhadas percorriam por todo o corpo de kibum. Ele retorceu dois passos, assustado.
-Venham, por favor. Entrem.- A senhora fez-lhes sinal para entrarem na casa, Shinyoung pegou a mão do kibum e entrou com ele na casa.
                                                          ****
Entraram, os olhos do kibum, rapidamente, percorreram cada canto, discretamente decorando cada pormenor, cada informação que podia capturar em frações de segundos, também uma forma camuflada para fugir aos olhares dos, provavelmente, filhos do casal. Deram-lhe permissão para se sentar num sofá, longo e de cor branca. A primeira coisa que pensou quando se sentou, era o quão confortável seu corpo ficou. Shinyoung sentou-se a seu lado, kibum olhou para os dedos antes de olhar para a pequena mesa de vidro assente em madeira centrada entre si a sua “ família”. Respirou fundo, um aroma suave a flores frescas penetrou-lhe pelo peito e fez-o fechar os olhos, quase automaticamente. Procurou-as com o olhar, encontrou-as por cima de uma lareira, separando molduras com rostos diferentes, rostos sorridentes. Pareciam viver num outro plano, tão diferente do dele. A decoração prolongava-se, armários de vidro e madeira, com chávenas e loiças, porcelanas, porta-janelas de vidro viradas para um jardim tão colorido como o sorriso que aquelas pessoas lhe jogavam.
-Meu nome é Kim YoungMin, ao meu lado está o Kim HyungJae….- A mulher parou de falar subitamente, chorava. Kibum olhava para ela sem qualquer traço de emoção no seu rosto. Não era a primeira vez que via uma “mãe adotiva” chorar a frente de uma agente de segurança social. E kibum não podia fazer mais nado do que senão olha-la, observa-la ao pormenor, estuda-la. Não era como que se ele fosse levantar e correr para os dois, chorar e gritar “ pai” ou “mãe” , não seria real.
-Meu nome é Onew, e está e Kimie, a maknae do clã.- O onew sorriu e abraçou a pequenina, fazendo-lhe cocegas. A pequena sorriu para kibum mas não recebeu qualquer reação do mais velho, a não ser um olhar sem brilho, morto.
-Com o tempo ele há-de fixar os nomes.- Shinyoung quebrou o silencio, kibum olhou para ela com desdém mas engoliu em seco toda a sua amargura.
-Bem, acho que é tudo. A viagem é longa e em menos de nada anoitece.- Shinyoung falou novamente captando a atenção de todos, kibum agarrou-lhe a mão com força mas ela afastou-o. E ele lutou contra as lagrimas.
-Claro, mas porquê que não fica connosco? Deve estar cansada da viagem.- Kibum quis que ShinYoung aceite-se o convite mas no fundo sabia que isso seria uma ilusão.
-Não é preciso. Obrigada.- Como sempre, educada, curta nas palavras e direta. Era ShinYoung uma mulher fria, que esconde os sentimentos que kibum sempre conseguiu ver com dificuldade. Mas ele não podia muda-lo e ela não podia muda-lo.
Todos a acompanharam até ao carro, kibum parou junto dela , seus olhos suplicavam o que o seu coração gritavam o que a sua mente negava. Ela pegou nas mãos dele e por momentos ele pensou ter visto uma lagrima tão fugaz descer-lhe pelo rosto cansado e traçado pelos anos.
-Lembra-te, não dês azar a tua sorte.- Ela sorriu. Kibum não soube como reagir aquele sorriso. Pela primeira vez, aquele sorriso parecia tão verdadeiro e sentido que o fez estremecer, um sentimento estranho percorreu-lhe o corpo mas ele sentiu-se quente, confortável e sofrido. Ela entrou no carro, e partiu. Kibum ainda ficou a olhar, procurando algum vestígio da presença dela pela estrada em que desaparecera tão rapidamente. Talvez ele tivesse esperança que ela fosse voltar, estar a mentir a si próprio se o fizesse.
-Kibum?- Kibum não se moveu perante tal voz melódica e alegre, seu corpo parecia congelado. Algo dele tinha ficado para trás , senão o seu todo por completo. Como ele iria andar agora? Um passo de cada vez num caminho feito de vidro.
-Kibum?- Quis bater-lhe, pela primeira vez olhou diretamente dentro daqueles olhos. Podia ver-lhe a alma, não havia qualquer pingo de maldade dentro daquela brilho mas mesmo assim ele desatestava-o. A razão? Por apenas ser ele, por ser tudo aquilo que kibum sempre quis ser, livre, feliz.
-Vamos?.- Levantou o rosto, apertou a alça da mochila e seguiu-o para dentro da casa. Subiu umas escadas, segui pelo segundo corredor e encontrou três postas, parou apenas quando o onew abriu a porta e mandou-o entrar.
-Este é o teu quarto. Este da frente é o meu e a outra porta é a casa de banho. No outro corredor tens o quarto dos pais e da kimie que ficou com o meu antigo por ser mais perto deles, e mais uma casa de banho. Lá em baixo tem mais um quarto de hóspedes, a sala de pintura e musica minha e da kimie e também tua agora, o escritório dos pais, uma cozinha e a sala. Ah, nos fundos tens o jardim privado da mãe.- Kibum não estava a olhar para ele, a janela tinha retido toda a sua atenção mas os seus ouvidos armazenavam toda a informação. Procurando assim formas de evitar os lugares que eles frequentassem mais, infantil, talvez mas era menos doloroso e constrangedor.
-Queres ajuda para arrumares as tuas coisas.- Kibum suspirou, aquele miúdo sabia como tirar a paciência a alguém. Conhece-o a 10 minutos e já não o podia ouvir mais.
-Não tenho muito para arrumar, se me entendes.- Diz jogando a mochila para cima da cama, enrugando os lençóis. O sorriso do onew não desaparece, contudo enfraquece. Kibum olha em volta, o quarto tinha uma decoração simples, considerada e confortável. Uma secretaria, um armário, janela, cortinas tudo o que deveria ter. Parecia tudo tão perfeito, tão idealizado que lhe fez estremecer. Sentou-se na cama quando o onew pediu licença para sair. Pousou os dedos sobre a pequena mesa ao lado da sua cama, olhou de volta para a janela reparou numa jarra de vidro, ou talvez, cristal, em cima de uma mesa á frente da janela. Tulipas amarelas. Levantou-se, em seu peito a nostalgia sufocava-o. Uma tulipa amarela, tão simples, tão frágil, tão bela. Acariciou-a com cuidado, com um carinho que desconhecia. Aquela flor era dele, não havia razão para tal, talvez apenas se identifica-se, de uma maneira estranha, com ela. Lembra-se de vê-la na sua infância, não sabe onde ou em que momento, mas vê-a em memorias distantes e distorcidas. Um certo fascínio por desvendar o seu próprio cérebro mas nunca vai mais além do que imagens desfocadas.
-São bonitas, não são?!- Olhou para a porta assustado, YoungMin sorriu e aproximou-se de kibum.
-Hum.- Um fraco sopro com som acompanhado por um simples abanar de cabeça, sem sequer pousar os olhos sobre a mulher que o olhava com um sorriso contido no canto dos lábios.
-São as minhas favoritas.- Disse sentando-se na cama, olhando para as mãos do kibum acariciando a pequena flor .
- Tenho canteiros cheios delas na parte detrás da casa , podes ir lá quando quiseres.- Ela sorriu, cruzando os braços sem saber o que fazer com eles.
-Hum.- De novo aquele som, tão seco, tão frio e distante. Ela abaixou o rosto e olhou em volta.
-Key? O que significa?- Diz mexendo na alça da minha mochila. Kibum apressou-se a afastar a mochila das suas mãos. Kibum olhou para baixo e ela levantou-se e caminhou para a porta.
-Depois,….Vem para baixo.- Daquela vez não sorriu, estava envergonhado, seu rosto rosado e quente. Saiu, deixando-o sozinho.
Kibum olhou o nome gravado na mochila, sua irmã, do orfanato, havia-lhe dado o nome, porque ela dizia que o coração dele era um cadeado e que só ele o poderia abrir ele mesmo no momento certo, tão nova, tão sabia, e ele gostou da forma como soava em inglês. Kibum passou o polegar sobre o escrito, podia ser um significado simples, mas era bonito e importante para ele e não sentia-se tentado em partilhar tal alegria com um estranho.
                                                                      ****
Kibum saiu do quarto, desceu as escadas olhando em volta. Ouviu vozes, segui até ao que parecia a cozinha e lá dentro viu aquilo que lhe fez acelerar o coração, momento que nunca teve ou iria ter. O onew estava brincando com a sua mãe, parecia felizes, pensou para si mesmo. Kibum desviou o olhar quando a YoungMin reparou nele, seu olhar suave  e o sorriso doce em seus lábios ,estranhamente, intimidavam o kibum.
-Kibum, queres ajudar-nos a fazer o almoço?- Aquela voz, tão doce. Kibum não respondeu, não achou que havia necessidade em tal. O silencio, era uma forma de se proteger. YoungMin não deixou de sorrir, olhou para o onew e agarrou a sua mão.
-Está um dia tão bonito, porque não levas o kibum e a kimie a passear pela cidade depois do almoço. Eu só tenho folga até as 15h, senão acompanhava vocês.-  Onew assentiu rapidamente, sorrindo para a ideia. Kibum podia ver de quem kibum tinha herdado tanta felicidade. Talvez eles não fossem normais, talvez escondessem os segredos mais sujos, mas no fundo sabia que isso era impossível. Eles pareciam uma família idealizado, tudo era perfeito, tudo era feito de alegria e isso irritava-o.
-O que achas kibum?.- Ele apenas deu de ombros, quis recusar mas talvez um pouco de ar fosse lhe fazer bem, há muito que não passeava pelas ruas.
                                                                ****
Enrugou o rosto com o barulho que ouvia na rua, esquecera-se da janela aberta na noite anterior. Levantou-se, esfregou os olhos e fechou a janela. Resmungou enquanto se dirigia a casa de banho, lavou a cara algumas vezes, e só quando voltou ao quarto se apercebeu que o Minho não se encontrava no quarto. Foi ao armário, procurou alguma roupa que não fosse o uniforme que teria que usar em tão pouco tempo e vestiu-se.
- Acordado?- Minho pergunta entrando no quarto.
-Isso foi o que, uma pergunta retorica?- Jonghyun tinha acordado mal-humorado , as obras no pavilhão desportivo deveriam ter acabado durante as ferias de verão, mas atrasaram-se os orçamentos e só as podem concluir agora no primeiro semestre.
-Aigoo, alguém acordou com os pés destapados.- Minho sorriu pondo alguns sacos de super mercado em cima da cama.
-Mian, sabes como fico quando acordo com barulho. -Disse fazendo beicinho. Minho deixou escapar uma gargalhada.
-Omo, coitadinho do meu dino.- Minho acariciou os cabelos do jonghyun.
-Sapo.- Jonghyun guinchou e bateu na mão do minho.
-Oh, foste as compras?-Os olhos dele brilharam.
-Não, roubei da cantina.- Jonghyun semi cerrou os olhos, aquilo devia ser a paga por ele ter falado daquela maneira quando ele entrou.
-Queres ir a cidade depois do almoço?-
-Por mim tudo bem.- Minho disse tirando os snacks dos sacos.
                                               ****
-Queria uma bola de menta, por favor.- Jonghyun sorriu para a senhora de idade que vendia gelados na rua.
-Eu também, por favor.- Jonghyun, automaticamente, virou o rosto. Por instantes ele esqueceu-se de tudo. Não havia nada, a não ser aqueles olhos felinos a olhar para ele.
-Não vais aceitar?.-Ele falou.
Jonghyun aceitou a bola de gelado, desculpou-se um pouco atordoado e pagou o gelado. Olhou novamente o rapaz que o ignorava, melhor , parecia não ver e afastou-se.
-Estas bem.- Jonghyun olhou para o minho que o olhava com uma certa curiosidade e sem uma palavra foi andando pela rua, mas antes olhou de novo para o lugar onde tinha visto o rapaz. Que agora pertencia a um vazio, sem qualquer vestígio ou sombra de alguma vez ter sido real.
                                                              ****
Os três chegaram a casa pouco antes da hora de jantar, a mãe do onew não parava quieta, sempre correndo de um lado para o outro com coisas nas mãos e um sorriso estampado nos lábios. Durante o jantar, todos riram, sorriam e falavam como se não se vissem há muito tempo, exceto kibum, que no seu canto remexia a comida com um garfo. Onew olhou para ele suspirou, disse a si mesmo que era norma, afinal de contar era o seu primeiro dia com eles , convencendo-se a si e a sua mãe, com um forte aperto de mãos, que depois ele se habituaria a eles e quem sabe se enquadra-se  na família . Kibum havia pedido para dormir na universidade e ninguém o contrariou, YoungMin pediu a onew que fosse com ele e onew aceitou apesar de querer  ter ficado com a sua família, qual passou longe durante o ultimo ano, kibum precisava dele e ainda teria os fins-de-semana para visitar os seus pais.
Depois do jantar o kibum dispensou-se para seu quarto com a desculpa que estava cansado, onew sorriu para ele e esperou algum tipo de reação mas ela nunca veio, kibum nunca lhe havia retribuiu um sorriso, era como que se ele não soubesse sorrir, onew pensou e tal facto de alguma forma o entristeceu.
                                                         ****
Kibum, deitou-se na sua nova cama. Olhou para a janela que havia deixado aberta para entrar algum ar e para lhe facilitar a vista para as estrelas.
Durante aquela noite quando onew ia entrar para seu quarto um soluço quebrava o silêncio da noite. Abriu a porta do kibum lentamente e viu a sua figura frágil enrolada numa bola protetora no parapeito da janela, olhando para o céu. Onew sentiu uma vontade imensa de correr para ele, abraça-lo e protege-lo mas sabia que ia ser afastado, conhecia-o por algumas horas mas já era fácil de prever as suas reações, principalmente quando era sobre afeto. Fechou a porta com cuidado e entrou no seu quarto, sentou-se na cama e deixou-se ser engolido pela escuridão do seu quarto. Não ia ser fácil.
                                                          ****
-O que se passa? Tens estado assim desde que volta-mos da cidade.- Minho perguntou sentando-se ao lado do jonghyun , num dos bancos de jardim da escola.
-Nada.- Minho não se deu por convencido. Jonghyun suspirou , encostou a cabeça para trás e enfrentou as estrelas. Minho fez o mesmo, e sorriu quando as viu, pequenos pontos cintilando no céu.
-Qual a graça?.- Jonghyun perguntou olhando para o minho.
-Nenhuma, são lindas.- Disse francamente, sabia que podia contar todos os seus pensamentos, até os mais lamechas ao dino ao seu lado, era jonghyun, seu melhor amigo.
-O minho romântico voltou.- Jonghyun brincou abraçando o minho e fazendo-lhe cocegas enquanto lhe despenteava os cabelos e no final acabaram lutando no relvado, Park shinjoon vendo os dois como castigo, ou talvez para seu próprio prazer, ligou a rega.

_________________
                                      
                     No one never really said that life was easy then why was i so restless, so careless.....

Spoiler:
 

 Ultimate Bias : Taemin♥Nichkhun  Ultimate son: Chanyeol  Ultimate OTPJongKey♥2min  Bias List ultimate  Ruiners: Myungsoo♥Xiumin   (─‿‿─)


                                                                       


Última edição por Juu em Sab 25 Out - 14:24:53, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
lenitta
Flaming Charisma
Flaming Charisma
avatar

Feminino Mensagens : 2574
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/01/2012
Idade : 25
Localização : Setúbal - Montijo

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Seg 9 Jul - 15:18:41

ai juu amei... oh key, estás com o onew estás em boas mãos hehe
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cookie
Stalker
Stalker
avatar

Feminino Mensagens : 892
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/06/2012
Idade : 18
Localização : Guess... xD

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Seg 9 Jul - 16:08:18

ahahah eu sou mesmo tonta, eu pensava ke o Taemin e o Onew é ke se iam conhecer, mas eu eskecime completamente ke o Key tb tinha de ir conhecer a sua nova familia xD sou mesmo trenga. e claro ke o Minho vai conhecer alguem tao belo como as estrelas. Vai conhecer o nosso Tae! ahahahah

Ta linda a fic Juu, posta + depressa pk eu fico sempre curiosa ahahahha xD FIGHTING UNNIE!!! <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Juu
Moderador
Moderador
avatar

Feminino Mensagens : 10710
Reputação : 9
Data de inscrição : 06/01/2011
Idade : 21
Localização : What did i become ???0.0

Ficha do personagem
Grupos:
0/10000  (0/10000)
Aulas&Pontuação!:
0/10000  (0/10000)

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Seg 9 Jul - 16:52:43

Ainda bem que gotaste unnie lenitta *-* fic contente , pois esta ^^komawo Monkey 32 unnie


haha dongsae, o taemin foi de ferias para o japão para paassar um tempo com o pai no proximo cap vais entender e ver quem sera, haha esperamos que o minho o faça ^^
komawo princesa :26:

_________________
                                      
                     No one never really said that life was easy then why was i so restless, so careless.....

Spoiler:
 

 Ultimate Bias : Taemin♥Nichkhun  Ultimate son: Chanyeol  Ultimate OTPJongKey♥2min  Bias List ultimate  Ruiners: Myungsoo♥Xiumin   (─‿‿─)


                                                                       
Voltar ao Topo Ir em baixo
Juu
Moderador
Moderador
avatar

Feminino Mensagens : 10710
Reputação : 9
Data de inscrição : 06/01/2011
Idade : 21
Localização : What did i become ???0.0

Ficha do personagem
Grupos:
0/10000  (0/10000)
Aulas&Pontuação!:
0/10000  (0/10000)

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Sab 14 Jul - 15:03:37

sorry for double post

mas eu queria dizer que vou tentar atualizar para a proxima semana, na verdade eu estou á espera que a minha unnie haneul volte para eu começar a ser mais regular nas atualizações, como ela quer ler eu não queria lhe dar mais trabalho do que ela ja tem, ela volte no fim deste mes, talvz faça mais duas atualizações ate ela voltar, para a semana posto o 5 capitulo e depois para a outra posto o 6 que ja estou quase a acabar mais uma pagina e meia e esta pronto ^^espero que compreendam e não desistam de mim ^^

_________________
                                      
                     No one never really said that life was easy then why was i so restless, so careless.....

Spoiler:
 

 Ultimate Bias : Taemin♥Nichkhun  Ultimate son: Chanyeol  Ultimate OTPJongKey♥2min  Bias List ultimate  Ruiners: Myungsoo♥Xiumin   (─‿‿─)


                                                                       
Voltar ao Topo Ir em baixo
lenitta
Flaming Charisma
Flaming Charisma
avatar

Feminino Mensagens : 2574
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/01/2012
Idade : 25
Localização : Setúbal - Montijo

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Sab 14 Jul - 20:46:57

eu compreendo linda, estou mortinha que ela volte.. mesmo ontem tinha estado a pensar nela Monkey 3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Juu
Moderador
Moderador
avatar

Feminino Mensagens : 10710
Reputação : 9
Data de inscrição : 06/01/2011
Idade : 21
Localização : What did i become ???0.0

Ficha do personagem
Grupos:
0/10000  (0/10000)
Aulas&Pontuação!:
0/10000  (0/10000)

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Dom 15 Jul - 1:10:58

Eu tambem , apesar de ter falado com ela ontem(por tele) continuou cheia de saudades >-<

_________________
                                      
                     No one never really said that life was easy then why was i so restless, so careless.....

Spoiler:
 

 Ultimate Bias : Taemin♥Nichkhun  Ultimate son: Chanyeol  Ultimate OTPJongKey♥2min  Bias List ultimate  Ruiners: Myungsoo♥Xiumin   (─‿‿─)


                                                                       
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cookie
Stalker
Stalker
avatar

Feminino Mensagens : 892
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/06/2012
Idade : 18
Localização : Guess... xD

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Seg 16 Jul - 22:46:04

Juu XP escreveu:
sorry for double post

mas eu queria dizer que vou tentar atualizar para a proxima semana, na verdade eu estou á espera que a minha unnie haneul volte para eu começar a ser mais regular nas atualizações, como ela quer ler eu não queria lhe dar mais trabalho do que ela ja tem, ela volte no fim deste mes, talvz faça mais duas atualizações ate ela voltar, para a semana posto o 5 capitulo e depois para a outra posto o 6 que ja estou quase a acabar mais uma pagina e meia e esta pronto ^^espero que compreendam e não desistam de mim ^^

Nao te preocupes Unnie, eu nunca desistirei de ti xD
oh, haneul Unnie vem!!!!??? O: ESTOU AINSIOSA!!! eu kero mt conhece-la, so espero ke o mes passe rapaido xD
Hanuel Unnie, vem depressa!!!! <3

Ju Unnie, continua kuando puderes deh??? Va, bjs FIGHTING!!!! xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Juu
Moderador
Moderador
avatar

Feminino Mensagens : 10710
Reputação : 9
Data de inscrição : 06/01/2011
Idade : 21
Localização : What did i become ???0.0

Ficha do personagem
Grupos:
0/10000  (0/10000)
Aulas&Pontuação!:
0/10000  (0/10000)

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Ter 17 Jul - 0:37:22

Adoro te dongsae *-*
sim ela vem no fim do mes, vais conhece la *-*
eu vou continuar cutie , komawo *-*

_________________
                                      
                     No one never really said that life was easy then why was i so restless, so careless.....

Spoiler:
 

 Ultimate Bias : Taemin♥Nichkhun  Ultimate son: Chanyeol  Ultimate OTPJongKey♥2min  Bias List ultimate  Ruiners: Myungsoo♥Xiumin   (─‿‿─)


                                                                       
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cookie
Stalker
Stalker
avatar

Feminino Mensagens : 892
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/06/2012
Idade : 18
Localização : Guess... xD

MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   Ter 17 Jul - 22:50:18

ahahah eu tb te adoro Unnie <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A new life ~update 36 ~30-12-2014   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A new life ~update 36 ~30-12-2014
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 20Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 11 ... 20  Seguinte
 Tópicos similares
-
» A new life ~update 36 ~30-12-2014
» 2011-10-15 - Attick Demons + Scar for life - Side b
» Mundial 2014
» SCAR FOR LIFE - novo album IT ALL FADES AWAY
» [YG Entertainment] Yang Hyun Suk confirma quais são os grupos que vão estrear em 2014

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SHINee Portugal :: SHINee Club! :: FanFic's-
Ir para: