SHINee Portugal

SHINee Portugal

Um lugar de carinho, uma segunda casa, um lugar de encontro de Shawols e não só!
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 (concurso) Inesquecivel..

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Dxx
NewBie
NewBie
avatar

Feminino Mensagens : 446
Reputação : 0
Data de inscrição : 21/01/2012
Idade : 26

MensagemAssunto: (concurso) Inesquecivel..   Seg 6 Ago - 23:40:02

Mais um dia de trabalho. Trabalhar no Pingo Doce, nem é assim tão mau…tem os seus momentos bons. Acabo de chegar ao balneário para me fardar, quando a Neuza me pergunta:

- Dalila, já ouviste as novidades?
- Que novidades?
- Ainda não sabes? – Diz virando-se para a Sofia que também ia entrar aquela hora. – Ela ainda não sabe! Vá, conta-lhe!

Olho para elas e dou um meio sorriso, enquanto penso «hmm, o que será? »

- Bem - começa a Sofia – não sei dos pormenores, mas o que nos disseram foi que o nosso patrão está a tentar uma parceria com uma empresa coreana, com o objetivo de expandir para a Coreia do sul e, numa tentativa de fortalecer laços e estabelecer boas relações, vai ajudar a patrocinar uma visita dos Infinite a Portugal!
- Sério? Porquê? – Pergunto eu, meio atordoada, sem perceber muito bem.
- Então, porque descobriram que o k-pop é meio popular cá e queriam avaliar se valeria a pena pôr Portugal na lista das tour’s mundiais.
- Mas o que é que o Pingo Doce tem a ver com música coreana? – Pergunto, confusa e a pensar que me estavam a enganar.
- A empresa em questão é patrocinadora da Woollim Entertainment, e então é como matar 2 coelhos de uma queijada, ou algo assim…mas isso não importa…o que importa é que os infinite vem cá! Não é óptimo? – Diz a Neuza.

«Ela acabou de dizer que os Infinite vêm cá, certo? Mas cá onde? Quando? E porquê é que ela tá tão entusiasmada?»

Aqui, quase todos sabem que adoro k-pop, e até já mostrei algumas músicas e grupos para algumas colegas. A Neuza e a Sofia foram duas das minhas vítimas. Elas gostaram, mas não posso dizer que se tenham tornado fãs. Então eu sei que elas conhecem e sabem quem são os Infinite, mas não percebo porquê tanto entusiasmo…

- Então eles vêm cá? Quando? Tipo dar um concerto? E cá onde?

Elas entreolham-se, e responde-me a Sofia: - Vêm em Setembro, por uma semana, sim vão dar um concerto e o cá é aqui!

- Hein? – Pergunto sobressaltada, enquanto lutava por não cair ao vestir as minhas calças, já que tinha perdido o meu equilíbrio com a notícia.

- Foi o que tu ouviste! Vamos ter com a D. Lúcia, que ela vai nos explicar como vai ser.



O resto do dia passou tão rápido, foi quase surreal. Quando encontramos a D. Lúcia, (que é a nossa gerente), ela explicou-nos como tudo iria acontecer: primeiro falou-nos do itinerário deles. Que estariam em Portugal por 6 dias, que passariam pelo Algarve, Leiria, Aveiro e Braga para fan mettings e estariam em Lisboa para darem um concerto, não necessariamente por esta ordem, e, que uma vez que não são tão conhecidos cá como em outros países estariam aqui também para descansar e conhecer a cultura portuguesa….Disse-nos ainda que eu, a Neuza, a Sofia, a Olga e o Diogo, tínhamos de aprender a falar coreano, o máximo possível neste mês e pouco que faltava, porque os Infinite teriam de ter dois representantes do pingo doce com eles durante a sua viagem, e que nós seríamos possíveis escolhas para o cargo e que eram eles que escolheriam quem queriam com eles.
Ficámos muito entusiasmadas, mas um pouco reticentes em relação à comunicação, estávamos preocupadas se seriamos capazes de aprender o essencial em tão pouco tempo, mas então assegurou-nos de que estariam dois tradutores connosco para ajudar.
Ela continuou a explicar quais as nossas funções caso fossemos escolhidas, mas honestamente não ouvi mais nada…estava muito ocupada a delirar. «Os infinite vêm cá. Eu vou ter a oportunidade de vê-los, de falar com eles…de passar uma semana com eles, isto é, se for escolhida- apesar de eu achar que não vou ser – mas mesmo assim, conhecê-los...quão bom isto é?»

Eles chegariam dia 16 de Setembro, aqui a Aveiro, seria o 2º dia da viagem por Portugal.
Entre trabalho, prática de coreano e família, o tempo passou a voar, e cada dia que passava eu ficava mais e mais nervosa.
No dia 15 de Setembro sentia-me tão ansiosa que mal me conseguia aguentar, mas tinha de me focar no trabalho o que foi uma tortura, parecia que o tempo não passava. Quando finalmente o dia acabou e fui ao escritório me despedir, encontrei a Sofia, junto com a Fátima e a nossa gerente a falar sobre os preparativos do dia seguinte.

- Então Dalila, é já amanhã, o que vais fazer quando os vires? Vais-te comportar, certo? – Pergunta-me a D. Lúcia.
- Eu? Fugir! – Digo quase automaticamente, o que as fez rir bastante. Elas estavam a gostar demais da situação.
- Não vais nada, eu não deixo! – Responde-me a Sofia.
Como não estava muito confortável com aquele tema, (pois na verdade eu não fazia ideia de como iria ser, nem queria pensar nisso), mudei rapidamente de assunto:
- Então amanhã tenho de cá estar às 10 horas, certo?
- Sim. Eles chegam por volta das 10.30, mas quero-vos cá mais cedo.
- Ok. Bem, então até amanhã! – Digo e saio rapidamente.

Cheguei a casa, jantei, tomei banho, liguei o meu computador e fui ver Sobrenatural, para descontrair e tentar não pensar demais. Já passava da meia-noite e meia quando decidi ir dormir. Só que não consegui dormir, estava agitada demais. Virava-me para um lado, para o outro, ligava o meu mp3, desligava-o, e quando dei por ela já eram 3 da manhã e eu sem dormir. Ótimo!
Sei que entretanto adormeci, e acordo por volta das 8 da manhã… acho que nunca saí tão rápido da cama como hoje.
Vou tomar o pequeno-almoço enquanto vejo a minha mãe acabar de se preparar para ir trabalhar e vejo televisão. São quase 9, então vou-me vestir, quero estar com estilo, mas confortável, então opto por vestir calças de ganga escuras, uma t-shirt amarela clara, sapatilhas pretas, a combinar com um colar com cruz justo, pulseira e chapéu todos os 3 em preto. Acho que ficou fixe. Saio de casa às 09.30, não quero chegar tarde. O meu coração bate cada vez mais forte. Estou tão ansiosa e ao mesmo tempo preocupada.
Chego quando faltavam 10 minutos para as 10 horas. Encontro a Neuza, Sofia e a Olga a tomar café, junto-me a elas e depois vamos juntas para o escritório. Fui a primeira a entrar. A sala que não é muito grande, estava estranhamente lotada. Foi então que reparei nos sete ali de pé, a olharem para mim com curiosidade…fiquei chocada e estanquei em frente à porta, senti um empurrão por trás. – Anda para a frente! – Ouvi alguém dizer atrás de mim. «Oh, certo. Elas têm que entrar…», pensei, andando mais para dentro da sala. A atmosfera era tão diferente ao redor deles. Eu realmente queria fugir!
Depois de todas termos entrado, começaram as apresentações. Primeiro nós, com vozes meio trémulas e ansiosas, e depois eles, de um modo confiante. Começaram todos a falar para se conhecerem melhor e se sentirem mais confortáveis uns com os outros. Supostamente também deveria estar incluída nessa conversa, mas a minha mente tinha outras ideias. Estava absorta a olhar para eles. Reparei que o Sungjong era muito mais fofinho ao vivo, que o Dongwoo para além de parecer muito engraçado, tinha um sorriso radioso, que o L, meu Deus o L, eu sempre o achei giríssimo, mas em pessoa ainda é mais, se é que isso é possível. Tem um olhar tão expressivo, tão profundo que se eu o fixasse por muito tempo, com certeza me perderia nele. Nesta altura pensei nele como um enigma, meio “bad boy”, com aquela postura meio distante, deslocado, aquelas expressões de tirar o fôlego, e ao mesmo tempo fofo, com um sorriso doce, modesto e simpático, às vezes um pouco tonto (no bom sentido, claro). Era cativante.
Sinto-me observada, quando olho em volta reparo que estão todos a olhar para mim.
- É de mim, ou estão todos a olhar para mim? – Pergunto discretamente à Sofia, que estava ao meu lado.
- Não, não é de ti. Estamos mesmo a olhar para ti.
- Porquê?
- Porque estamos à espera que nos respondas…
- Ã? – Estava totalmente perdida.
A Neuza percebendo que eu não tinha ouvido nada, rola os seus olhos e explica-me: - nós estávamos a contar-lhes que já os conhecíamos há algum tempo graças a ti, por seres grande fã. E então o Sungyeol perguntou qual a tua música preferida deles. Do que mais gostas?
- ah!... – Coro, sentindo-me envergonhada por não ter estado atenta, e então respondo: Eu gosto muito da “BTD” - é super fixe e adoro o Mv, a “Paradise” - é linda, “Come back again” - adoro a coreografia e também “In the Summer” – adoro, é realmente perfeita para o verão.
Termino num tom de voz bastante entusiasmado e energético, decidindo prestar o máximo de atenção neles, deixando os meus devaneios para depois.

Bem, eles teriam de escolher quem queriam como representantes. Para isso iríamos passar o resto do dia com eles. Começamos por fazer uma visita guiada ao pingo doce, apresentando-os ao mesmo tempo a outros colaboradores, foi muito giro. Eramos um grupo grande, 15 pessoas, então á medida que íamos passando pelos corredores, as pessoas paravam e olhavam para nós, algumas com expressões tão engraçadas que só nos apetecia rir.
Foi muito fácil ficarmos confortáveis uns com os outros, eles são muito sociáveis, simpáticos, e divertidos, eu ri-me tanto. A Olga, que estava um pouco à minha frente, ia-me sempre a fazer caretas e a dizer coisas parvas, então, quando estávamos a passar junto à fruta, pego discretamente numa uva e faço pontaria á sua cabeça. Infelizmente não tenho pontaria e em vez de acertar nela, acerto mesmo no meio da cabeça do Woohyun, que ao sentir, olha para todos os lados tentando ver de onde veio, enquanto sacode o cabelo. Disfarço o melhor que posso, torcendo para que ninguém me tivesse visto. «Boa Dalila, só mesmo tu, fogo!», penso. Ao meu lado, Sungjong ri-se, e diz-me: - Eu vi. Não te preocupes nonna, não vou dizer nada! – Sorrio para ele em sinal de agradecimento.
Olho para o Woohyun, que ainda segurava a uva na mão, e olhava para ela como se fosse a coisa mais estranha que já viu. Fico com vontade de rir, para evitar, olho novamente para o Sungjong, o que foi um erro pois ele também estava a tentar prender o riso. Desatamos os dois a rir, o que foi suficiente para o Hoya perceber que tínhamos sido nós, (ou melhor eu, apesar do Sungjong ter sido considerado cúmplice.), a atirar a uva. Ele contou ao Woohyun e a partir daí descambamos, foi brincadeira atrás de brincadeira. Ele não disse nada, em vez disso esperou pelo momento certo e molhou-nos com uma garrafa de água. Todos se riram e gozaram connosco dizendo que foi bem feito. A Sofia estava perto de mim, como eu sei que ela tem cócegas e eu estava numa de brincadeira, viro-me para a atacar, mas ela apercebe-se e foge de mim, e distraída dá um encontrão na Olga que perde o equilíbrio e com a ajuda do chão molhado cai espetacularmente. Não me consigo controlar e desato-me a rir tão forte que até me vieram as lágrimas aos olhos. Todos nós rimos. Ajudo-a a levantar e faço-lhe um carinho na cabeça.
Chegou a hora de almoço, eu e o Sungjong, queríamo-nos vingar pela água, mas sozinhos não iriamos conseguir, então usamos esse tempo para arranjar uma estratégia e recrutar mais ajudantes. No final eu recrutei a Neuza e a Sofia e o Sungjong recrutou o L. Decidimos executar a brincadeira logo a seguir a performance que eles iriam fazer para nós. Cantaram “in the summer” e “the chaser”. Foi incrível, melhor do que qualquer coisa que eu pudesse ter imaginado. Todos os nossos clientes pararam para ver, e até as pessoas mais velhas os aplaudiram. Foi surreal.
Ao Woohyun, íamos fazer crescer uma cauda. Enrolamos um bocado de vita- filme (o que se usa para embalar coisas), até ficar grossinho, e depois na ponta prendemos 2 folhas de couve. O cinto que ele usava era cheio de argolas grandes, o nosso objetivo era prender a cauda numa dessas argolas de trás. Era meio infantil, mas na altura pareceu engraçado. O problema seria pôr sem que ele percebesse. Precisávamos de uma distração: o L. Enquanto ele o distraía com um jogo a Neuza e a Sofia posicionaram-se estrategicamente, uma de cada lado do Woohyun, fingindo estar muito interessadas no jogo, de modo a impedi-lo de olhar para trás e ver o Sungjong, pois era ele quem iria pôr. Eu estava com o Sungyeol e os outros, pois o Woohyun desconfiava de mim. Passados uns segundos o Sungjong vem ter comigo pondo-me a mão no ombro, sinal de que tinha sido um êxito. Aceno na direção do L, e ele responde-me com uma piscadela.
Ficou tão fixe. A cauda ia-lhe até aos joelhos e quando ele caminhava, balançava de um lado para o outro, e o melhor é que parecia que ele não sentia nada. Já todos tinham visto (e até fotografado) e tentávamos não rir. Entretanto o Dongwoo e o songjong convenceram-no a dançar abracadabra, das Brown eyes girls, para nos ensinarem. Foi de morrer a rir, pois a cauda começou a balançar muito, e foi quando ele percebeu. Em vez de desatar o nó, ele puxou ficando ainda mais preso. Depois, enquanto tentava tirar, andava às voltas atrás da cauda, ficando tonto e quase caindo. Foi engraçado, e claro, nós só nos riamos. Quando finalmente tirou, perguntou quem tinha sido e todos automaticamente apontaram para mim. Sabia que era melhor fugir enquanto podia, pois provavelmente iria apanhar. Tinha o L logo à minha frente, então decido usá-lo como escudo, enquanto esperava que o woohyun se acalmasse um bocadinho. Mas quando estava a chegar perto dele tropeço e esbarro de frente contra ele, que me segura para eu não perder o equilíbrio. Por causa disso ficamos muito próximos um do outro. Próximos demais. – Cuidado! - Disse ele sorrindo. Sentia-me atraída por ele. E de algum modo esqueci que estava a fugir do Woohyun. Só consegui pensar em como os seus lábios pareciam irresistivelmente sexys, quando volto a olhar nos seus olhos, vi algo quente neles e então… Bep-Bep… bep-bep, «Que barulho ´é este? Será que já estou a ouvir sinos na minha cabeça?», bep-bep…, algo está estranho, a sua silhueta está a ficar translucida…porquê?
É então que acordo de repente, assentando-me automaticamente na cama. – Bolas, foi só um sonho! – penso em voz alta. «Aquele barulho irritante era o despertador…hmm, porque é que eu tinha de acordar logo agora?! Que raios…era só mais um bocadinho», deito-me novamente e penso no sonho…suspiro, resignando-me, definitivamente não foi uma má forma de acordar. Sorrio e começo o meu dia com um ótimo humor.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kim Ma Ri ♥
Broken Time
Broken Time
avatar

Feminino Mensagens : 1733
Reputação : 0
Data de inscrição : 13/06/2012
Idade : 20

MensagemAssunto: Re: (concurso) Inesquecivel..   Ter 7 Ago - 11:30:45

Foi só um sonho? o: Que mauuu!! :c
Também gostava de ter o L assim pertinho... *------*

Está lindo Dxx. :3
Voltar ao Topo Ir em baixo
nanachu
Spoiled Mind
Spoiled Mind
avatar

Feminino Mensagens : 15771
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/06/2011
Idade : 22
Localização : BED

MensagemAssunto: Re: (concurso) Inesquecivel..   Qui 9 Ago - 2:04:28

OMD O FINAL IRRITOU-ME XDD
NAO ME ACREDITO QUE FOI SO UM SONHO TT

Voltar ao Topo Ir em baixo
Miguelalves
Stalker
Stalker
avatar

Masculino Mensagens : 962
Reputação : 0
Data de inscrição : 13/06/2011
Idade : 22
Localização : Oaz

MensagemAssunto: Re: (concurso) Inesquecivel..   Qui 9 Ago - 2:48:27

Spoiler:
 

AHAHAHAH

Oh foi só um sonho ! ><
Gostei muito!

Voltar ao Topo Ir em baixo
kk-angel
Broken Time
Broken Time
avatar

Feminino Mensagens : 1742
Reputação : 0
Data de inscrição : 01/04/2012
Idade : 22
Localização : na minha casa c/ os meus husbandos/lovers/Brothers & Cousins ㅋㅋㅋㅋ

MensagemAssunto: Re: (concurso) Inesquecivel..   Qui 9 Ago - 13:14:36

Deixa ver ,isso aconteceu mesmo,o sonho? yD


Está girooo e engraçado ^_^ !



Última edição por k-angel ☆ em Qui 9 Ago - 16:23:51, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://hysteriee.tumblr.com/
Mada/Yeri
Beautiful Stranger
Beautiful Stranger
avatar

Feminino Mensagens : 1281
Reputação : 6
Data de inscrição : 18/06/2012
Idade : 17
Localização : Setúbal

Ficha do personagem
Grupos:
0/10000  (0/10000)
Aulas&Pontuação!:
0/10000  (0/10000)

MensagemAssunto: Re: (concurso) Inesquecivel..   Qui 9 Ago - 16:21:07

Ahahaha foi só um sonho, uma vez li uma fic desse genero.
Os sonhos acabam sempre nas melhores partes, é bue irrirante.
Ta muito engrançada e gira :)
Voltar ao Topo Ir em baixo
lenitta
Flaming Charisma
Flaming Charisma
avatar

Feminino Mensagens : 2574
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/01/2012
Idade : 26
Localização : Setúbal - Montijo

MensagemAssunto: Re: (concurso) Inesquecivel..   Qui 9 Ago - 16:29:44

omg unnie ficou perfeito, amei.. .. agora sabes o que quero? que escrevas uma fic hehe mas nada de sonhos a acabar de maneira frustrante ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dxx
NewBie
NewBie
avatar

Feminino Mensagens : 446
Reputação : 0
Data de inscrição : 21/01/2012
Idade : 26

MensagemAssunto: Re: (concurso) Inesquecivel..   Qui 9 Ago - 23:59:31

Brigado, a todas..! ya, concordo convosco, mas honestamente não me lembrei de outra forma de acabar o one-shot. xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
JoanaSilva
Colorful Soul
Colorful Soul
avatar

Feminino Mensagens : 524
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/06/2012
Idade : 18
Localização : Porto / Portugal

MensagemAssunto: Re: (concurso) Inesquecivel..   Sex 10 Ago - 0:10:04

Está msm Lindoo,
No final a que eu fiquei: "WTF?? Foi só um sonho??? estava tãoo Lindaaa e acaba assim??, Enfim"
Como a mada diz os sonhos acabam sempre na melhor parte e isso irrita -.-
Mas, tens os meus parabééns esta msm LINDAAAA!!
: )
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: (concurso) Inesquecivel..   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
(concurso) Inesquecivel..
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SHINee Portugal :: SHINee Club! :: FanFic's-
Ir para: