SHINee Portugal

SHINee Portugal

Um lugar de carinho, uma segunda casa, um lugar de encontro de Shawols e não só!
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Estás a gostar da fic?
Sim, muito *-*
57%
 57% [ 8 ]
Sim, está girita...
0%
 0% [ 0 ]
Não... :c
7%
 7% [ 1 ]
Ainda não li :s
36%
 36% [ 5 ]
Total dos votos : 14
 

AutorMensagem
Annlunah 찬영 상태 ♥
Broken Time
Broken Time
avatar

Feminino Mensagens : 1728
Reputação : 0
Data de inscrição : 15/06/2011
Idade : 20
Localização : Philippines. Kidnaping SeHun's typist.

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Sab 24 Dez - 20:49:13

nana'taeminnie escreveu:
GOSTEI *-*

ainda beiim, Náa, porque já tenho mais dois capítulos escritos, mas tenho de esperar pelas outras preguiçosas xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://chanlunah.tumblr.com
nanachu
Spoiled Mind
Spoiled Mind
avatar

Feminino Mensagens : 15771
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/06/2011
Idade : 22
Localização : BED

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Dom 25 Dez - 12:30:37

como assim? xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
AndieLiu
Dance Machine
Dance Machine
avatar

Feminino Mensagens : 5853
Reputação : 4
Data de inscrição : 31/05/2011
Idade : 23
Localização : Wanted Dead or Alive

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Sab 31 Dez - 16:27:53

Aii sorry por ter levado uma eternidade a ler >_<'' ando tão ocupadinha, mas tu publicas logo dois miúda *-*

Eu li tudinho e prontos... eu adorei os capítulos, um bocado emocionantes demais... mas que raios de tipo que faz aquilo a uma moçinha! Ainda bem que o Jjongie foi um verdadeiro herói e foi lá e deu porrada no gajo! ^-^

Já agora... eu também quero que me oferecem presentinhos daqueles... can anyone please give me things like that?

Que mais tenho a dizer... só vejo um futuro casal aqui ainda! SoRin e Jjong! Não consigo ver outros já >_<'' eu costumo adivinhar logo >_<'' mas prontos... tu és boa a esconder =P

E... prontos, quero mais *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Annlunah 찬영 상태 ♥
Broken Time
Broken Time
avatar

Feminino Mensagens : 1728
Reputação : 0
Data de inscrição : 15/06/2011
Idade : 20
Localização : Philippines. Kidnaping SeHun's typist.

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Dom 1 Jan - 15:16:34

Ahahah, vou postar mais um chap!

Nestes episódios agora, os couples ficam mais evidentes... hihihi *-*

Spoiler:
 


*********



Seok BoRam (BoRam das T-ARA)
BoRam é uma rapariga bastante extrovertida e que consegue desafiar as pessoas apenas com um olhar provocador, e às vezes fala pelos cotovelos, e diz as coisas sem pensar. Vai estudar na SangWee (numa turma de jornalismo). É amiga de HyeWon, da MinAh e da YoonHye (estas últimas são as suas duas melhores amigas). Tem 16 anos.


Yoon MinAh (MinAh das Girls’ Day)
É uma menina certinha, no grupo destas meninas. É viciada em roupas coloridas e vernizes. As suas amigas tratam-na como ‘florzinha’. É muito introvertida e acanhada. Vai estudar em moda. Tem 16 anos.


Jung YoonHye (YoonHye das Rainbow)
Da turma do TaeMin. É uma rapariga extrovertida que é como que uma criatura celestial com dons fora do comum; apesar de ser completamente humana, esconde um dom as pessoas que não a conhecem tão bem quanto os que sabem das suas capacidades, ou seja, pessoas mais chegadas. Ela consegue ler pensamentos e sentir as emoções duma pessoa específica, quando as olha nos olhos. As suas melhores amigas sabem desse seu segredo, mas ninguém mais. Ela ajudará as suas amigas sempre que puder. Ela é muito decidida e muito aplicada. Tem 16 anos.


*********


Capítulo 5
Em Seul, Coreia do Sul

Dois dias depois, JongHyun, KiBum e SoRin estão ambos a passear perto do rio Hangang (na zona de Ichon) que atravessa a cidade de Seul (o mesmo sítio onde KiBum, SoRin, JongHyun e TaeMin se conheceram), quando vêm um grupinho de miúdas (BoRam, YoonHye e MinAh) a olharem muito para eles e que depois dão ligeiros risinhos. JongHyun mete-se a gritar para elas, que vão lá mais à frente, na direcção deles. Elas chegam-se mais perto.

JongHyun: Querem uma fotografia autografada?!
BoRam: Sim, e de preferência com o número de telemóvel! – Baixa o tom. – Eu não sei qual é o mal de olharmos, oppa.
JongHyun: Não me chames oppa, não te conheço de lado nenhum...
BoRam: Ai isso é que conheces, playboy!
KiBum: Olha uma fã... – ri-se.
JongHyun: Nem digas isso, só falas assim porque não viste as outras... – Dirigindo-se de seguida à BoRam. – Diz lá de onde me conheces...
MinAh: Toda a gente da SangWee te conhece...
JongHyun: Pois, tinha de ser... E o resto da claque não veio?
BoRam: Se quisermos vamos lá chamá-las.
JongHyun: Dispenso...

JongHyun, SoRin e KiBum seguem em frente e continuam a dar o seu passeio.

JongHyun: Ai, estas miúdas cansam-me... ainda não perceberam que não gosto delas, e falo com sinceridade, porque nem nas férias me deixam! É preciso ter uma paciência...
KiBum: Considera-te feliz por teres muitas miúdas atrás de ti, assim tens mais possibilidades de gostares duma rapariga que gosta de ti.
JongHyun: Desde que acabei com a Min, apesar de já ter sido à bastante tempo, que me passo com as miúdas que andam atrás de mim tipo lapas, há raparigas que não prestam, e a Min é uma delas... nem sei como é que namorei com aquela coisa sem me aperceber onde me estava a meter... ela é falsa, materialista, cínica, aleivosa, sei lá, todos e quaisquer defeitos encaixam-lhe... mas ainda assim – Refere-se indirectamente à SoRin - algumas (poucas) escapam...

O grupo de amigas continua também a andar em frente. Vão as três muito entretidas, mas BoRam vai constantemente a olhar para trás. YoonHye usa as suas capacidades e pergunta-lhe:

YoonHye: BoRam... andas muito entretida com o loirinho amigo do Kim JongHyun.
BoRam: Ele é giro e fofinho, só isso.
YoonHye: Ninguém disse o contrário, pois não? E só por acaso, também o achei giro.
MinAh: Pois... e BoRam... Era mesmo preciso tu teres sido tão... inconveniente para o Kim JongHyun? É que o que tu disseste foi um bocadinho demais, além disso nunca tínhamos falado com ele...
BoRam: Ai, MinAh, deixa-te de pieguices, e de seres uma defensora dos hyungs e oppas...
MinAh: Isso soou-me a ofensa...
YoonHye: O que ela quis dizer foi que tu tens de ‘soltar a franga’, ser mais extrovertida.
MinAh: Pois, sim... Eu sei! Fazes a mínima ideia de quantas vezes è que já ouvi isso em toda a minha vida? Entre muitas e infinitas... Eu sou assim, não tenho culpa!
BoRam: Pois... eu sei que estás farta de ouvir isso, mas tens de fazer um esforço!

Doutro lado da cidade, em Yeouido, TaeMin, Yura, JinKi e SeunTae estão a dar uma volta também. Vão fazer as compras para as suas respectivas casas, e passear um pouco. TaeMin e JinKi vão mais à frente a conversar um pouco, deixando SeunTae e Yura sozinhos, mais atrás.

TaeMin: JinKi, para que é que trouxemos as crianças? Eles parecem que se conhecem desde sempre... estão tão entretidinhos...
JinKi: Pois... have no idea... vieram apanhar ar, senão estavam o dia todo deitados no sofá...
TaeMin: Pois, e a minha irmã era bem capaz de me roubar a prenda que o Key e a SoRin me deram... – Mais baixo - ela é doida!
JinKi: O meu irmão ainda se metia a dormir em boxers no sofá; outra vez...
SeunTae: Oppa, eu estou a ouvir!
Yura (sussurra): Eu pagava para ver...
SeunTae: Quê? Que disseste?

Yura tira os headphones, que não estavam ligados (embora o SeunTae pensasse que sim) e diz...

Yura: Eu estava a ouvir música só...
SeunTae: Hmm... está bem. – Faz-se um silêncio momentâneo – Yura...
Yura: Diz.
SeunTae: O que é que estarias a fazer se estivesses em casa? – Yura cora e desvia a cara.
Yura: Eu... não sei. – Após um breve silêncio, mete de novo os headphones, e liga-os discretamente. Um pouco depois...
SeunTae: O que é que estás a ouvir?
Yura: Beast.
SeunTae: Really? É a minha banda preferida de k-pop!
Yura: Também a minha! – Tira os headphones e pára o mp3. Tira os phones do bolso e coloca-os. Deixa os seus headphones no pescoço. – Queres ouvir?
SeunTae: Sim!

JinKi e TaeMin olham muito para eles muito juntinhos a ouvir música e olham um para o outro com cara de caso. JinKi diz...

JinKi: Não é por nada, mas eles estão muito entretidos...
TaeMin: Estás a pensar o mesmo que eu?
JinKi: Eu não sei o que estás a pensar, e eu não gosto de mandar palpites...
TaeMin (sussurra): Ali há gato... ou melhor, gatos...
JinKi (sussurra): Achas que... Nah, só nos conhecemos todos há um mês, para aí... não, dois meses... e só há uma semana e meia é que começámos mais a conviver...
TaeMin: Tudo é possível.
JinKi: Pois, está bem, mas ainda assim acho improvável...
TaeMin (sussurra): Já olhaste bem para eles tão juntinhos?
JinKi (sussurra): Realmente é de desconfiar... Mas nah...
TaeMin (sussurra): Se isto se confirmar, ai do teu irmão que magoe a minha maknaezinha!
JinKi (sussurra): Eu não tenho nada a ver com isso, mas se ele me vier dizer que gosta da tua irmã, eu falo com ele. Mas ainda é muito cedo para que eles tenham alguma coisa!

De volta ao rio, JongHyun, SoRin e KiBum continuam a passear. Entretanto SoRin pára e debruça-se sobre os joelhos. São 13:05.

SoRin: Estou a ficar cheia de fome... preciso de comer alguma coisa. Porque é que não vamos até a um café? Ou algo do género...
JongHyun: Vamos... eu também já estou a ficar cheio de fome, era capaz de comer um camião cheio de comida...
KiBum: Eish, que exagero, Jjong. Eu também estou a ficar com fome, mas daí a comer um camião de comida, vai uma grande distância.
SoRin: Vamos comer ou vamo-nos deixar a nós mesmos morrer de fome?

Decidiram prosseguir e elegeram um restaurante simpático com aspecto acolhedor e familiar, pouco distante dali, que servia refeições acessíveis em termos de custos. Entraram e sentaram-se. O restaurante estava vazio, praticamente.

MinHo: Boa tarde, em que posso ajudar... SoRin, KiBum...
JongHyun: Anneyong haseyo.
SoRin: Outra vez? Já é a segunda vez esta semana, em três dias... trabalhas aqui?
MinHo: Sim... trabalho aqui nas férias e ao fim-de-semana, como sabes, não falo com os meus pais há mais de 2 anos, e não preciso de ser dependente deles para nada... Mas não convém voltar para casa desempregado, portanto... o que desejam?
KiBum: Kimchi com arroz para mim, MinHo. E vocês?
SoRin: Hmm... pode ser o mesmo.
JongHyun: Para mim também.
MinHo: Para beber...
SoRin: Para mim, uma garrafa de água.
JongHyun: Para mim igual...
KiBum: Para mim... um sumo de laranja.
MinHo: Volto já com as bebidas...

Conversaram um pouco, mas SoRin e JongHyun estavam um pouco mais calados que o normal. KiBum falava pelos cotovelos sobre tudo o que lhe ocorria, mas JongHyun apenas lhe respondia sim, não, talvez...

KiBum: Que se passa?
JongHyun: Nada, estou só a pensar...
KiBum: Em alguma coisa em especial?
JongHyun: Não... só assuntos stressantes que tenho de resolver. – MinHo dirige-se à mesa com as bebidas, e diz...
MinHo: Aqui estão as vossas bebidas. Assim que o kimchi e o arroz estiverem prontos, trago-os.
JongHyun: Kasamnida.

KiBum continua a falar com JongHyun, mostrando-se mais participativo, e a SoRin está debruçada sobre a mesa, e decide ausentar-se para ir até à casa de banho. Quando ela chega, senta-se e ficam à espera um pouco. Entretanto MinHo chega com a comida, que entrega a JongHyun, que sucessivamente entrega a SoRin e depois a KiBum. E também os pauzinhos para comerem. Preparam-se para comer, e começam a comer até que JongHyun se vira para SoRin e diz...

JongHyun: SoRin... tem um bocadinho de molho do kimchi na cara. – Agarra no guardanapo e limpa-lhe a bochecha. KiBum percebeu a química entre o amigo e a irmã.
KiBum: Vou à casa de banho, já volto...

JongHyun fica durante algum tempo a olhar fixamente para a SoRin com o guardanapo na mão esquerda, e a mão direita no rosto. A SoRin também está a olhar fixamente, mas desvia o olhar, e JongHyun desvia de seguida.

JongHyun e SoRin: Desculpa...
JongHyun: A sério, desculpa... Eu...
SoRin: Não tem mal...

KiBum entretanto regressa da ‘sua ida à casa de banho’ para deixar os dois sozinhos, e decide não se estender em conversas, mas quer quebrar o gelo... mas sem estragar o ambiente entre os dois... o problema é que não sabe como. Então decide mandar uma mensagem para JongHyun e mostrar-lhe que percebeu o que se estava a passar.

KiBum (por mensagem): Jjong + SoRin = pombinhos... LOL
JongHyun (por mensagem): Ou então não... not sure...
KiBum (por mensagem): Mas então há qualquer coisa...
JongHyun (por mensagem): Não sei, pergunta-lhe a ela!

Mantêm-se silenciados durante uns minutos, até que SoRin fala.

SoRin: O que é que vocês dois pensam que estão a fazer? Mandar mensagens à hora de almoço? Vamos acabar de almoçar...
KiBum: Tens razão, maninha.

Acabam de almoçar e MinHo vem com a conta da comida.

MinHo: São 600 wons cada refeição, faz 1800 wons no total.
JongHyun: Aqui tens os 1800 wons...
KiBum: Eu tenho 2500 wons... Chega para pagar as três refeições, considera como que um agradecimento por me teres ajudado sempre por Seul, se não fosses tu, não tínhamos conseguido vir... deixa estar, Jjong.
JongHyun: Como agradecimento basta-me a vossa amizade... eu insisto em pagar, vocês vão precisar mais desse dinheiro que eu, acreditem no que vos digo.
SoRin (sussurra): Oh, que querido...
KiBum: Sendo assim, está bem, mas na próxima vez pago eu!
JongHyun: Está bem. Agora vamos, gostava de vos mostrar mais sítios que vocês não conhecem. Lojas, o cinema, vários sítios que são indispensáveis conhecer.

JongHyun, KiBum e SoRin vão ver as lojas e JongHyun será uma vez mais o guia indo à frente e dizendo que lojas são, e etc., durante cerca de duas horas, entrar e sair de lojas, até que eles decidem ir ao cinema ver um filme, para passarem a tarde juntos, os três. É então que decidem ir ver um filme de terror. Compram os bilhetes para a próxima sessão, que está quase vazia, e também pipocas e Pepsi. Entram no filme, e vão para a última fila, que estava toda completamente vazia. JongHyun senta-se numa ponta, SoRin com o pacote das pipocas, e KiBum na outra extremidade. O filme começa, e SoRin agarra-se ao braço do JongHyun assim que começam as cenas aterrorizantes. Depois do intervalo eles permanecem na sala, menos SoRin, que vai à casa de banho. Quando ela sai da casa de banho depara-se com o JongHyun em frente dela.

JongHyun: Acho que precisamos de falar. Mas eu nem sei por onde começar... – Dirige-se à SoRin lentamente à medida que ela recua.
SoRin: Jjong... estás-me a assustar... Estás a falar de hoje?
JongHyun: Não é difícil chegar à conclusão do que eu estou a falar... mas acho que é melhor falarmos depois, porque o filme vai começar... – SoRin puxa-lhe o braço.
SoRin: Já que começaste a falar, acaba!
JongHyun: Sendo assim, tenho de resumir...

JongHyun chega-se mais perto de SoRin que tenta fugir, para trás, mas quando dá por isso está encostada ao JongHyun, e também a uma parede... e a respiração acelera, e o ritmo do coração também. JongHyun e SoRin estão próximos...
SoRin (sussurra): Jjong... tenho medo...
JongHyun: Não precisas de ter... eu sei que é complicado, mas nunca te pressionarei, se decidires... e também sei que só nos conhecemos à uma semana e meia na vida real, mas tudo o que falámos, online ou offline foi suficiente...
SoRin (sussurra): Tens a certeza?
JongHyun: Claro que sim... eu sei que sou impulsivo e tudo mais, e que nos conhecemos à muito pouco tempo fora do ecrã do computador, mas tenho a certeza.
SoRin: Ainda assim, acho que é melhor deixarmos passar mais um tempo, Jjong. Eu não quero estragar o nosso relacionamento, isto é, deixar de ser tua amiga...
JongHyun: Não vais estragar a nossa amizade, tu és uma rapariga especial, nenhuma das raparigas que eu conheço seria tão doce como tu... até a dar uma tampa.
SoRin: Eu não te estou a dar uma tampa, JongHyun!
JongHyun: Isso quer dizer que estás disposta a tentar ser mais do que minha amiga?
SoRin (sussurra): Sim... mas não aqui, nem agora...

JongHyun dá um beijo na bochecha da SoRin e dirigem-se para a sala, juntos. KiBum está muito atento à espera que recomece o filme. E mal eles entram na sala, o filme recomeça.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://chanlunah.tumblr.com
nanachu
Spoiled Mind
Spoiled Mind
avatar

Feminino Mensagens : 15771
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/06/2011
Idade : 22
Localização : BED

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Dom 1 Jan - 19:30:35

que fofo *-*
quero mais ja *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Annlunah 찬영 상태 ♥
Broken Time
Broken Time
avatar

Feminino Mensagens : 1728
Reputação : 0
Data de inscrição : 15/06/2011
Idade : 20
Localização : Philippines. Kidnaping SeHun's typist.

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Dom 1 Jan - 19:43:02

nana'taeminnie escreveu:
que fofo *-*
quero mais ja *-*

ai, Náa, reading machine, és pior que um PC, processas a informação toda logo xD vais ter de esperar um cadito, a preguiçosa da Nês ainda não leu nada xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://chanlunah.tumblr.com
nanachu
Spoiled Mind
Spoiled Mind
avatar

Feminino Mensagens : 15771
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/06/2011
Idade : 22
Localização : BED

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Dom 1 Jan - 19:44:53

esta bem xd
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nikkie
Dream Girl
Dream Girl
avatar

Feminino Mensagens : 4125
Reputação : 0
Data de inscrição : 03/06/2011
Idade : 20
Localização : Korea ♡

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Dom 15 Jan - 12:03:37

Yey ja li xdd
Va ja podes postar ;oo desculpa a demorazitaaa ann xb

Ja agora, gostei muuito, <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://yoonhuns.tumblr.com/
Annlunah 찬영 상태 ♥
Broken Time
Broken Time
avatar

Feminino Mensagens : 1728
Reputação : 0
Data de inscrição : 15/06/2011
Idade : 20
Localização : Philippines. Kidnaping SeHun's typist.

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Dom 15 Jan - 19:03:26

:DD

Aleluiaa :O

Glad you liked it :)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://chanlunah.tumblr.com
Annlunah 찬영 상태 ♥
Broken Time
Broken Time
avatar

Feminino Mensagens : 1728
Reputação : 0
Data de inscrição : 15/06/2011
Idade : 20
Localização : Philippines. Kidnaping SeHun's typist.

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Dom 15 Jan - 19:13:30

Capítulo 6
Em Seul, Coreia do Sul

JongHyun e SoRin no dia a seguir mandam mensagens um ao outro e encontram-se sem KiBum ou mais alguém saber, afirmando ambos que tinham ido espairecer. Eles encontram-se os dois em frente ao prédio onde vive SoRin, e JongHyun agarrou-lhe na mão e começaram a correr. Chegaram à garagem do prédio de JongHyun. JongHyun agarrou na sua mota que estava parada na garagem do prédio, e disse a SoRin.

JongHyun: Toma um capacete...
SoRin: Isto é difícil de meter...
JongHyun: Eu ajudo-te. – Vira-se para SoRin e ajuda-a a meter o capacete.
SoRin: Kasamnida. Onde vamos? – JongHyun liga a sua mota.
JongHyun: Vamos dar um passeio, já vais ver... Segura-te bem...

SoRin senta-se na mota e segura-se a JongHyun. Este acelera a mota e arranca. Assim que a mota passa por debaixo do portão, este fecha-se automaticamente. JongHyun acelera mais e SoRin segura-se com mais força a JongHyun. Este conforta-a.

JongHyun: Não tenhas medo, SoRin. Ao princípio assusta mas depois habituas-te

Continuam a andar, até que chegam ao parque Namsan. JongHyun está à procura dum sítio onde possa estacionar a sua mota.

SoRin: Já chegámos?
JongHyun: Sim, basicamente, estamos onde te queria trazer. Estamos no parque Namsan.
SoRin: Wow, isto é enorme. Nunca tinha aqui estado, é óbvio que já tinha visto no Google e em fotografias, mas nada se compara ao que eu achava deste local. Eu vivia numa zona rural perto de Daegu, não fazia a mínima ideia do que era Seul... ia raramente a Daegu, portanto eu não fazia a mínima ideia de tudo isto. E ainda não conheço quase nada de Seul...
JongHyun: Calma SoRin, eu ajudo-te a descobrir tudo isto.

SoRin abraça-se a JongHyun com muita força, revelando um sorriso. JongHyun esboça um sorriso quase gigante e abraça-a também.

JongHyun: Isto quer dizer o quê?
SoRin: Vamo-nos sentar num banco... Temos muitas coisas para falar...

No prédio de SoRin, KiBum e o seu tio HyunSeok, KiBum chegou até à sala e perguntou...

KiBum: Tio, onde está a SoRin?
HyunSeok: Ela foi dar uma volta...
KiBum: Onde? – Pega nas chaves de casa e no casaco e calça os ténis.
HyunSeok: Ela não me disse, mas ela foi acompanhada pelo vosso amigo daqui da rua.
KiBum: Como é que sabes, tio?
HyunSeok: Eu vi-os os dois pela janela.
KiBum: Sendo assim, a SoRin está em boas mãos. Vou para o computador, ver se tem para lá algumas novidades, porque eu não toco no computador desde que cheguei a Seul.
HyunSeok: Fazes bem... eu vou tratar da cozinha.

No prédio dos Heo e dos Lee, estava a Yura a dormir no sofá com os headphones, e TaeMin no computador, num chat, e depara-se com o KiBum online.

KiBum (no chat): Anneyong, TaeMin. Olha, sabes alguma coisa do JongHyun e da SoRin?
TaeMin (no chat): Como assim?
KiBum (no chat): Eles parecem que gostam um do outro...
TaeMin (no chat): Eles não parecem, eles gostam um do outro! Só que o cabeça dura do Jjong diz que não tem a certeza...
KiBum (no chat): É que ele disse-me exactamente a mesma coisa… Mas segundo o meu tio, eles foram dar um passeio...
TaeMin (no chat): Pois... pode ser que ele lhe diga que gosta dela.
KiBum (no chat): Ele disse-lhe ontem no cinema, durante o intervalo... eu estive a espreitar um bocadito da conversa deles.
TaeMin (no chat): Não posso, JURA! Temos progresso! Vou só chamar a minha irmã, para ela ver isto... O Jjong finalmente se declarou a uma rapariga depois de ter acabado com a Min...

Taemin dirige-se até à sala e depara com Yura a sonhar e a falar.

Yura (a dormir): Não... não faças isso... Seun... não faças isso... SeunTae... não...

TaeMin volta de novo para o computador e senta-se a rir baixinho para não acordar a irmã.

TaeMin (no chat): Não vale a pena incomodá-la, está demasiado ocupada a sonhar com o maknae dos Lee, o SeunTae...
KiBum (no chat): Como assim?
TaeMin (no chat): Está na sala a dormir e a dizer ‘não faças isso, SeunTae’. Demasiado SeunTae para ela, depois fica-me assim!
KiBum (no chat): Olha-me outra! Que duas!
TaeMin (no chat): As raparigas hoje em dia... são efeitos do Verão a fazer-se notar...
KiBum (no chat): Por falar no verão, porque é que não vamos à praia hoje? Apanhávamos o comboio ou o autocarro e íamos todos, sem deixar ninguém de fora!
TaeMin (no chat): É uma boa ideia, eu quase nunca vou à praia, tenho de me bronzear...
KiBum (no chat): És mais bronzeado que eu!
TaeMin (no chat): Pois eu sei... mas olha, tipo, convidar todos mesmo? Os Lee, a HyeWon...
KiBum (no chat): Sim! E pergunta à HyeWon se ela gostava de levar mais pessoas. Mas todas as pessoas do mundo menos a Min, por amor de deus! Não quero ver nem o JongHyun nem a SoRin constrangidos... Mas podem convidar toda a gente que quiserem, menos a Min...
TaeMin (no chat): E o irmão dela. Mas não te preocupes, porque duvido que alguém a fosse convidar para vir connosco. Mas bem, onde é que nos encontramos, e daqui a quanto tempo? E onde é que estavas a pensar ir?
KiBum (no chat): O destino decides tu, mas segundo o Google Earth, o melhor seria uma praia em Incheon. O transporte levaria cerca de quanto tempo de autocarro?
TaeMin (no chat): Para Incheon... cerca de uma hora, um pouco mais. E que tal a praia de Palmido? É uma das praias mais concorridas, mas ainda assim, vale a pena.
KiBum (no chat): Nah, uma mais deserta é melhor. Mas perto dum ponto de referência.
TaeMin (no chat): Vai vendo os próximos bilhetes de autocarro para Incheon na net, e já me dizes, que eu vou acordar a nossa maknae apaixonada. Toma o link. (...)
KiBum (no chat): OK, vai lá.

TaeMin levanta-se de novo e vai ter com Yura, que ainda dorme. Agita-a para ela acordar, mas ela enterra a cabeça na almofada. TaeMin decide ir ao extremo e acordá-la assustando-a.

TaeMin: Yura, o teu quarto está a arder! – Yura dá um sobressalto e acorda.
Yura: O quê?! Os meus CD’s! – Yura começa a ficar atarantada e TaeMin ri-se muito.
TaeMin: Era só para acordares. Vai-te vestir. Hoje vamos a Incheon.
Yura: És mesmo estúpido! Assustaste-me! Mas bem... o que é que vamos lá fazer?
TaeMin: Vamos à praia! Mas vamos com toda a gente. Os Lee, a HyeWon, os Kim, o Jjong... o teu SeunTae... portanto faz favor de te meteres bonita... – provoca-a.
Yura: Qual meu SeunTae?! Ele não é meu... nem vai ser...
TaeMin: Pois claro... por isso é que estavas a chamar por ele enquanto dormias... e queres pouco... – provoca-a de novo.
Yura: Pára com isso, não estava nada! Eu vou-me vestir.
TaeMin: Depois quando te acabares de vestir, toca à campainha deles e chama-os para vir connosco, eu vou ligar ao JongHyun e interromper o encontro romântico que ele está a ter com a SoRin, mas primeiro ligo à HyeWon...

TaeMin liga à HyeWon e pergunta-lhe se vai com eles, ela diz que sim, e TaeMin transmite-lhe o recado de KiBum.

TaeMin (ao telefone): HyeWon, olha, o KiBum disse-me para convidares pessoas para virem connosco, para ele conhecer pessoas novas, mas a mim pareceu-me que ele queria conhecer raparigas novas...
HyeWon (ao telefone): Ou será que és tu que queres conhecer raparigas novas?
TaeMin (ao telefone): Vá lá, HyeWon, se eu quisesse conhecer raparigas novas já o tinha feito, não achas? Mas olha, convidas só mesmo se quiseres...
HyeWon (ao telefone): Posso convidar a BoRam, a MinAh e a YoonHye. Elas não conhecem nenhum de vocês, possivelmente conhecem, mas de vista, mas nunca se deram...
TaeMin (ao telefone): É uma boa oportunidade de conhecer novas pessoas.
HyeWon (ao telefone): A que horas é que é suposto irmos todos?
TaeMin (ao telefone): Antes do almoço, são agora 10:37, o KiBum está a ver os bilhetes de comboios para lá e os de autocarro. Depois mando mensagem a dizer a paragem e a hora de embarque. Combinado?
HyeWon (ao telefone): Sim! Eu passo a mensagem às meninas. Até mais logo!
TaeMin (ao telefone): OK, até logo!

TaeMin desliga a chamada, e decide procurar pelo número do JongHyun, mas antes de marcar o número, aparece Yura já vestida com uma túnica/vestido bastante leve e com pequenos biquinhos nas pontas, cor-de-laranja, mas como é bastante curtinho, leva também uns calções de ganga rasgados, e umas all-star salmão.

Yura: Vou lá chamá-los enquanto tu ligas ao JongHyun. Depois quero que me expliques a história do encontro romântico, porque me escapou!
TaeMin: Está bem! Vai lá!

Yura sai da porta fora, que deixa encostada e toca à campainha da porta ao lado. Quem abre a porta é JinKi.

JinKi: Anneyong haseyo. Aconteceu alguma coisa, dongsaeng Yura?
Yura: Anneyong, oppa JinKi. Não aconteceu nada, mas eu vim cá para vos convidar a vir comigo, com o meu oppa TaeMin, o JongHyun, a SoRin, o KiBum, a HyeWon e algumas amigas dela até Incheon, para dar uns mergulhos, e ir à praia.
JinKi: Deixa-me só perguntar aos meus irmãos. Entra!
Yura: Não é preciso, deixa estar.
JinKi: A sério, entra! Não fiques aí fora especada à espera duma decisão. Por mim, vamos! Mas ainda não sei, porque a unnie ChanHee é que tem voto na matéria, e a opinião do meu maninho SeunTae também conta. Vou lá dentro chamá-los, senta-te aí no sofá.

Yura senta-se e JinKi dirige-se até ao quarto de SeunTae. Ele está sentado a ouvir música no iPod, e está a cantarolar, sentado na cama. Nem dá sequer por JinKi a entrar. JinKi chega perto dele, mete-lhe a mão no ombro e tira-lhe um phone do ouvido.

SeunTae: Ei, então?
JinKi: SeunTae, adivinha quem está na sala. A Yura, e ela veio-nos convidar a ir com os outros a Incheon, à praia.
SeunTae: A sério? Por mim vou, é na boa! Eu vou ter com ela.
JinKi: Eu vou chamar a unnie para ela falar connosco sobre isso.

JinKi dirige-se até à cozinha, onde está ChanHee a começar a preparar o almoço. JinKi chega-se à frente dela e pergunta-lhe...

JinKi: Que estás a preparar para o almoço?
ChanHee: Estava a preparar sushi, daquele de Sapporo.
JinKi: Congela de novo o sushi, porque recebemos um convite para ir à praia em Incheon, com os Heo, e os Kim, e o JongHyun, e a DJ... A Yura está na sala com o SeunTae.
ChanHee: É um pouco tarde, mas conseguimos preparar isso facilmente. Vamos lá!

Dirigiram-se ambos para a sala e sentaram-se no sofá (Yura, SeunTae e ChanHee) e no puff (JinKi). Começaram a falar sobre quem ia, como seria, as horas indeterminadas... e então todos concordaram ir, e levar alguma coisa para comer. Yura foi de novo até sua casa, deixando os Lee a despacharem-se. Quando chegou ao seu apartamento, TaeMin estava no seu quarto. Às 11:23, estavam todos prontos, o TaeMin, a Yura, a ChanHee, o JinKi e o SeunTae.

No prédio de KiBum, estava SoRin a subir no elevador, e KiBum foi a correr ter com ela.

KiBum: Novidades? Eu sei que foste sair com o Jjong...
SoRin: Como é que sabes que eu fui sair com ele?
KiBum: O tio viu-vos da janela lá e baixo.
SoRin: Ah... está bem. Nós fomos só conversar e dar uma volta no parque Namsan. E fomos até à torre N Seul. Mais nada.
KiBum: Tens a certeza que não houve mais nada?
SoRin: Absoluta. Agora temo-nos de despachar, porque o TaeMin já ligou. Vá, despacha-te!
KiBum: Está bem, SoRin! Eu já estou quase despachado, mas está bem... Preciso só de ir procurar uma toalha de praia...
SoRin: Sim. Eu preciso de comprar uma toalha de praia, tenho de levar mais wons extra.

SoRin dirige-se a correr para dentro do apartamento, vai até ao ‘seu’ quarto e veste-se. KiBum está a meter uma toalha de praia, um bronzeador, uns óculos de sol e um chapéu muito diva dentro duma backpack, no ‘seu’ quarto, antigo quarto de hóspedes, tal como o de SoRin.
SoRin está a vestir um top de alças largas com riscas bastante coloridas e uns calções de ganga azul clara, e umas havaianas cor-de-rosa. KiBum está a usar uns calções de banho pretos, umas all stars azuis, que revelam umas meias de skater brancas e uma t-shirt azul. Ambos estavam prontos, mas precisavam de levar alguma comida para eles. O tio HyunSeok fez-lhes sanduíches de frango com alface para levarem suficientes para todos, cerca de 15 sanduíches. KiBum informa que todos levariam uma coisa diferente, por isso, todos partilhariam e não precisariam de levar bebidas, visto que TaeMin e Yura levariam garrafas de água e latas de sumo, suficientes para todos. Foram todos para a estação de Sinyongsan. Todos levavam alguma coisa. Os Heo, as bebidas, os Lee levavam peças de fruta para depois da refeição, o JongHyun levava batatas fritas, E HyeWon e as amigas traziam apenas wons, planeando pagar gelados a todos. Seguiram todos, às 12:05 para Incheon. Chegaram ao destino às 13:20. Pararam para comer num parque de merendas, perto da praia. Todos conversavam e riam enquanto comiam, e Yura e SeunTae estavam um pouco calados. JinKi veio quebrar o gelo.

Em Incheon, Coreia do Sul

JinKi: GALINHA, MINHA ADORADAA! ~ - Com isto todos se riram, e levou SeunTae a intervir, finalmente.
SeunTae: Se não houvesse galinha, se calhar ficavas desiludido, não era, oppa?
JinKi: A vida sem galinha não é nada! Já imaginaste a tristeza que as pessoas têm quando não comem galinha? Até parecem vegetarianas! Ficam magrinhas e escanzeladas, e tristes!
KiBum: Vá, ataca lá a tua galinha, JinKi hyung! E os restantes também!
TaeMin: É para já! Nham, que aspecto delicioso!
Yura: Olha-me outro! – Ri-se. – Deixa-me cá provar! Que fome!

‘Atacaram’ todos finalmente a galinha. Acabaram de comer e beber, e desceram até à praia, que estava quase deserta, porque era hora de comer, e também era uma praia secundária perto de Palmido. Todos estendem as toalhas no areal deserto todos como num aglomerado, juntinhos. Distendem todos os chapéus em meia-lua, para que todos estejam reunidos. SoRin avisa todos que precisa de ir a uma loja de souvenirs comprar uma toalha de praia.

JongHyun (sussurra): Podes usar a minha toalha...
SoRin: Então e tu depois? Não, vou voltar lá acima de novo e vou comprar uma para mim.
JongHyun: Sendo assim, vou contigo. Sabes onde é?
SoRin (sussurra): Não, mas tu ajudas-me... – ri-se baixinho.

SoRin agarra na mala e na mão do JongHyun e vão a correr pelo areal fora. Yura está a tirar os phones para fora e o iPod, e pousa-os na sua toalha. SeunTae sentou-se na toalha ao lado da dela, já sem os sapatos e sem t-shirt, e começa a pôr protector solar. Yura tira o vestido e os calções e senta-se na toalha, entre TaeMin e SeunTae. Enquanto isso, KiBum está a meter conversa com BoRam, YoonHye e MinAh. BoRam está muito fascinada com o KiBum, e as amigas apercebem-se. MinAh está um bocadinho acanhada, porque está a ver YoonHye interessada também na conversa.

KiBum: BoRam, certo? Vocês não eram as raparigas de ontem, no rio Hangang?
BoRam: Sim, éramos nós. Coincidência... a HyeWon convidou-nos a vir, porque tu disseste ao TaeMin que ela convidasse alguém. Pelo menos foi o que percebi...
KiBum: Exacto. Eu disse isso, porque é sempre bom conhecer pessoas novas.
BoRam: E tu és...
KiBum: Kim KiBum, de Daegu, mudei-me para cá. Mas prefiro que me chamem Key.
BoRam (pensando): E que key que tu és... Woaa~, chave mestra! Ainda bem que vieste para cá.
YoonHye: Prazer, eu sou a YoonHye. – Sussurra para a BoRam. – Eu captei essa...
MinAh: Eu sou... a Yoon MinAh, imnida.
KiBum: Vai ser um bocadinho difícil decorar, mas vai resultar. Vocês são de que escola?
BoRam: SangWee, e tu também, certo?
KiBum: Sim... eu vou para desenho. E vocês?
BoRam: Eu vou para jornalismo, a MinAh vai para moda e a YoonHye é da turma do TaeMin, ou seja, artes representativas.

Nesse momento chegaram o JongHyun e a SoRin. A toalha do JongHyun estava na ponta do círculo, e JongHyun deu algum espaço para que SoRin metesse a sua toalha ao lado da dele. Estavam todos a bronzear, mas KiBum e BoRam pareciam interessados em conhecerem-se melhor... Yura pede a SeunTae para lhe meter protector solar nos ombros, porque TaeMin tinha adormecido... SeunTae cora um pouquinho, mas ajuda Yura, embora esteja embaraçado. TaeMin está a dormir profundamente, sem que ninguém o incomode, Yura tira-lhe os óculos de sol da cara, para não ficar com a marca e ele continua a dormir. JongHyun e SoRin estão os dois muito juntinhos, sob os olhares aprovadores de todos, ficando todos na expectativa que aconteça alguma coisa. E a ChanHee e o JinKi limitam-se apenas a meter o protector solar e a bronzear. HyeWon adormeceu também, pouco depois.
Entretanto, aproximou-se a hora de chegarem todos os que iriam desfrutar dum dia de praia. Estavam todos a bronzear, e Yura e SeunTae ouviam música, KiBum, TaeMin e HyeWon (que entretanto acordaram), BoRam, YoonHye, MinAh, JinKi e ChanHee, conversavam entre si. JongHyun e SoRin estavam os dois a conversar muito sossegadinhos. Já eram quase 16:30.

TaeMin: Noona, dongsaengs e hyungs, vamos dar uns mergulhos?
Todos: SIMM!
Yura: Estava a ver que nunca mais perguntavas! Vamos lá!

Começaram todos a correr em direcção à água, pela zona da praia que estava mais deserta, para não mandar areia para ninguém, e esta estava calminha, podendo todos ir dar um mergulho, sem qualquer tipo de problemas. Entraram todos dentro da água, e começaram a mandar água uns para os outros, a chapinhar e a brincar uns com os outros. A ChanHee estava calmamente a molhar os pés, então os rapazes decidiram ir lá buscá-la ao colo, e metê-la dentro de água. Ouve-se a ChanHee a gritar e a espernear, e splash! Dentro de água.

ChanHee: Está fria, ou melhor, GELADAA! Vocês são mesmo mauzinhos...

Todos se riem, até a ChanHee. Então, ChanHee vira-se para todos e manda-lhes água. Então uma luta de água começa. Todos entram na luta, menos os maknaes, que estão a ter uma luta ‘privada’ entre eles os dois...


Última edição por Annlunah em Qua 18 Jan - 20:13:59, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://chanlunah.tumblr.com
nanachu
Spoiled Mind
Spoiled Mind
avatar

Feminino Mensagens : 15771
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/06/2011
Idade : 22
Localização : BED

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Dom 15 Jan - 19:56:27

eu ja tinha lido e comentado isto ..
Voltar ao Topo Ir em baixo
Annlunah 찬영 상태 ♥
Broken Time
Broken Time
avatar

Feminino Mensagens : 1728
Reputação : 0
Data de inscrição : 15/06/2011
Idade : 20
Localização : Philippines. Kidnaping SeHun's typist.

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Qua 18 Jan - 20:12:44

nana'taeminnie escreveu:
eu ja tinha lido e comentado isto ..

UPS :$ *embarrassed*

vou meter como deve ser :$
sorry, Náa.

[EDIT:]

Já está postado o chap certo :$

O meu pai dum lado, a Sofia e a Sandra do outro, é o que dá :s
só faço merdz :s
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://chanlunah.tumblr.com
nanachu
Spoiled Mind
Spoiled Mind
avatar

Feminino Mensagens : 15771
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/06/2011
Idade : 22
Localização : BED

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Sex 20 Jan - 17:22:02

ahh agora sim.,..

GOSTEI !
Voltar ao Topo Ir em baixo
Annlunah 찬영 상태 ♥
Broken Time
Broken Time
avatar

Feminino Mensagens : 1728
Reputação : 0
Data de inscrição : 15/06/2011
Idade : 20
Localização : Philippines. Kidnaping SeHun's typist.

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Qua 25 Jan - 9:52:03

:)
qero ver se da próxima não me engano no chap...

(já estou a escrever o chap 14 o.o mas eu planeio ter mais xDD)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://chanlunah.tumblr.com
Annlunah 찬영 상태 ♥
Broken Time
Broken Time
avatar

Feminino Mensagens : 1728
Reputação : 0
Data de inscrição : 15/06/2011
Idade : 20
Localização : Philippines. Kidnaping SeHun's typist.

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Sab 11 Fev - 21:45:05

Capítulo 7
Em Seul, Coreia do Sul
Dia 25 de Julho. Os Lee estão a acabar de preencher os papéis com aquilo que precisam para serem finalmente alunos em SangWee. JinKi está indeciso sobre aquilo que seguirá e o que porá naquele papel cheio de burocracias.

JinKi: ChanHee... não sei o que escrever neste papel, como área que pretendo seguir.
ChanHee: Quais são as tuas dúvidas?
JinKi: Se continuo em humanidades ou se vou para informática...
ChanHee: Então e porquê a dúvida?
JinKi: Os outros anos estava em humanidades, porque não havia informática lá na nossa antiga escola. Este ano tenho a oportunidade de fazer aquilo que gosto, mas não tenho a certeza se deva escolher informática, porque não fui adquirindo capacidades...
ChanHee: Tu és bom em termos de computadores e informática. Porquê a dúvida? Se é isso que tu gostas, segue o teu sonho.
SeunTae: Sim, e ouvi dizer que não há muitas raparigas no curso, portanto não te distrais tão facilmente. Faz isso!
JinKi: É isso mesmo que vou fazer! E quanto a ti, SeunTae, aconselho-te a mudares de turma também, como acabaste de me dizer, para não te distraíres com a Yura! – Ri-se.
SeunTae: Até parece que eu me distraio assim tanto com raparigas!
JinKi: Com raparigas no geral não, mas com a nossa vizinha Yura... até ficas sangtae!
SeunTae: Tu é que ficas sangtae, JinKi! Ou melhor, tu és sangtae!
ChanHee: O amor faz-vos tropeçar e cair, literalmente.
SeunTae (sussurra a JinKi): Tinha de vir o momento filosófico da ChanHee noona...
ChanHee: Eu ouvi, maninho! – Dá um carolo a SeunTae.

Na rua dos Kim e de JongHyun, também KiBum e SoRin estão a falar com o tio sobre a escola nova, os papéis que faltam entregar no SangWee High, e HyunSeok está a assinar a papelada, para que possam entregar antes que a escola feche e não seja possível entregar a papelada. Esta fecharia dia 1 de Agosto, fazendo com que os irmãos Kim e os irmãos Lee não tivessem muito tempo para entregar, apenas pouco menos de uma semana. SeunTae, JinKi e ChanHee vão para a SangWee para entregar os papéis devidamente preenchidos, na secretaria da escola. Algum tempo depois, também SoRin e KiBum saem do seu prédio, e vão também para o SangWee High. Os Lee chegam primeiro, com uma pasta de plástico resistente na mão, a pasta vai cheia, e chegam num ápice ao portão da SangWee. Do outro lado da rua estão KiBum e SoRin com um molho de papéis dentro dum envelope de papel grande, a correr na direcção deles.

SoRin: ESPEREM POR NÓOS! – Aceleram e juntam-se aos restantes rapidamente. Recuperam o fôlego e KiBum dirige-se aos Lee.
KiBum: Então, que vieram fazer? Vieram entregar papéis, presumo...
JinKi: Sim, e parece que vocês também... estou certo?
SoRin: Sim... mal vos vimos, começámos a correr que nem loucos e a chamar-vos... mais um bocadinho, e não vos conseguíamos alcançar! – Recupera o fôlego. – Vamos entrando?

SoRin dirigiu-se até à entrada, seguida por todos os outros, que falavam entre si, e dirigiram-se ao último piso, onde iriam entregar os papéis para a sua inscrição. A escola nesse dia estava completamente deserta. Ninguém estava lá, apenas duas secretárias, na secretaria da escola, uma estava a receber, validar e introduzir as informações nos respectivos processos, no computador, a outra estava a digitalizar as folhas, que iam directamente para o computador e a arquivá-las em pastas. Chegaram lá e dispuseram-se sobre as secretárias das senhoras. Um mar de papéis e pastas devidamente etiquetadas e organizadas, e dossiês numa mesa. As paredes estavam todas cobertas por armários, menos a parede que estava virada para as pessoas que entravam para lá, que tinha umas grandes e amplas janelas. A sala era enorme, mais que uma sala de aula grande, e estava coberta quase na totalidade por dossiês e pastas, e um grande molho de papéis. Primeiro a noona falou com a senhora, sendo ela a responsável pelos irmãos, depois SoRin, que acabou por descobrir que o tio trabalhava na escola como contínuo. Depois os meninos foram entregando os papéis e o requerido (fotocópias de cartões de cidadão, etc.) e ao fim de algum tempo (cerca de meia hora) estavam todos de novo no portão da SangWee.

KiBum: Ah, é verdade, eu não vos perguntei o que acharam da nossa viagem do outro dia até Incheon... Gostaram da ideia?
SeunTae: Sim, foi demais! Temos de repetir!
ChanHee: Eu também gostei...
JinKi: O que eu gostei mais foi a sandes de galinha e a companhia...
Todos: Tinha de vir a galinha, JinKi!
KiBum: Mas ainda bem que gostaram todos de ir. SeunTae, tens razão, temos de ir todos mais uma vez dar uma escapadela de Seul!

Continuaram a andar pela rua e a falarem, e depois KiBum e SoRin despediram-se dos Lee, e foram para as suas casas. Nesse mesmo momento, andava JongHyun a fazer compras, uma em especial. Comprou uma rosa vermelha e também comprou um colar com uma medalha em forma de coração a dizer ‘사랑해♥’ (saranghae) e pediu na loja para pôr dentro duma pequena caixinha. Então, atou a rosa ao presente e manteve-o nas mãos. Nesse mesmo momento, andava Min a espiar o ex-namorado, que insistia em perseguir. Andava com a sua câmara fotográfica a tirar fotografias ao JongHyun. Continuava viciadíssima nisso até que alguém se aproxima e mete-lhe a mão nas costas. Era RyeoWook, o seu irmão. Min deu um pulo e escondeu-se de JongHyun. Ele não se mexeu, e continuou a olhar para o seu presente.

RyeoWook: Então maninha, arranjaste um entretenimento?
Min (sussurra): Cala-te RyeoWook. Olha! O JongHyun tem um presente para alguém! Vê na máquina! Juro-te! Ele gosta doutra!
RyeoWook: Seguiu em frente, e tu devias fazer o mesmo e deixar os fantasmas do passado.
Min: Ele ainda vai ser meu de novo! Eu juro-te!
RyeoWook: Deixa essas paranóias de miúda de secundária! Ele deixou de gostar de ti, não o vais conseguir atrair sempre a tirar-lhe fotografias... vai achar que és doida, como se não fosse muito difícil, mas se ele gosta doutra, já não há volta a dar!
Min: E se fosse uma daquelas raparigas que se fazem difíceis e que queres mesmo que elas venham atrás de ti tipo cachorrinhos?!
RyeoWook: Não estamos a falar de mim, e eu entendo as necessidades dum homem...
Min: Estás-me a dizer que eu não lhe dava tudo o que ele queria?!
RyeoWook: Não, estou-te a dizer que tens de mostrar que o queres e quando ele te quiser de volta como um louco, empata-lo... Eras demasiado ‘ice princess’ quando vocês andavam... Andavas a persegui-lo como uma louca, e deixava-lo frustrado, e era nessas alturas que tinhas ciúmes é que lhe querias dar carinho, quando ele te queria dar a ti, ias-te embora e tinhas uma crise de ciúmes.
Min: Até parece! Quem te ouvir falar acha que eu sou horrível. Eu é que lhe dei o spotlight no SangWee High, fiz com que ele fosse super-popular e todas as raparigas quisessem ter o número de telefone dele, e fiz com que todos os rapazes fossem amigos dele, se não fosse eu, ele continuava a ser o rapaz que estava sempre na sala dos computadores, nos chats. Ele é popular graças a mim, e depois deitou-me fora! – Dá uma pancadinha no irmão. – Percebes?!
RyeoWook: Tu é que o andavas sempre a assediar...
Min: Não interessa, ele acabou por vir ter comigo, portanto, isso é que importa! E virá de novo! Escreve o que eu te digo!
RyeoWook (no gozo): Como é que se escreve JongHyun? J-O-N-G-Y-O-O-N? – Ri-se muito.
Min: Não sejas deficiente, é H-Y-U-N e não Y-O-O-N!
RyeoWook (agarra no pulso da Min com bastante força): Não me insultes, dongsaeng!
Min (baixa a cabeça): Calma, oppa, estava a brincar...
RyeoWook (larga o pulso da irmã): Acho muito bem. Pensa no que eu te disse.

Quando Min voltou a olhar por trás da coluna onde estava escondida, viu que JongHyun já tinha desaparecido do shopping. Nessa altura, JongHyun estava na sua mota, com o presente que tinha comprado dentro da pequena bagageira da mota. Era uma rosa vermelha apenas, presa a um laço branco feito de cetim, duma caixinha vermelha, da cor da rosa. Foi o mais depressa que conseguiu para a sua casa, onde estava sozinho, e tinha deixado um papel que ninguém viu, um recado a informar onde tinha ido. Rasgou o papel e meteu no ecoponto. Escreveu num pequeno papel branco em hangul ‘Estás pronta a correr o risco?’ e meteu-o dentro da caixinha, abrindo ligeiramente o presente, sem desmanchar ou danificar nada. Desceu as escadas muito apressado e a compor o cabelo louro, e mandou uma mensagem a SoRin mal chegou à escada de entrada para o prédio de oito andares, ao qual, os dois últimos pertenciam a Kim HyunSeok, o tio de KiBum e SoRin. JongHyun sentou-se num degrau. Uma janela abriu-se momentaneamente e viram-se uns cabelos castanhos-escuros a flutuar com a brisa. A janela voltou a fechar-se. Dez minutos depois surgiu SoRin num vestido azul água, simples, mas lindo. O coração do JongHyun começou a bater mais forte, também porque estava vento (e o vestido da SoRin era curtinho)... e a SoRin estava com um vestido lindo, e também ela estava linda. Senta-se ao lado dele no degrau da escada.

JongHyun: Anneyong haseyo. Tenho... uma coisa... para ti. Estás... indescritivelmente... bonita.
SoRin: Anneyong, Jjongie. – Uma troca de olhares... – A sério que tens uma coisa para mim? Oh, que querido... – JongHyun cora. – Kasamnida!
JongHyun (um bocadinho atrapalhado): Toma... espera que gostes. – JongHyun entrega-lhe o presente.
SoRin: Uma rosa vermelha! E um presentinho! Que fofura! – JongHyun fica cada vez mais corado. SoRin tira a rosa do lacinho cuidadosamente, e pousa-a no colo. Abre o lacinho... tira o papel e o colar e lê o que dizem ambos. Deixa cair uma lágrima. – Oh Jjongie...
JongHyun: Não te quero ver chorar... – limpa-lhe a lágrima do rosto. – Gostaste assim tanto?
SoRin: Amei, e sim. Vou tentar, mas com muita calma, ainda mais pelo que aconteceu naquela noite... Compreendes, certo?
JongHyun: Compreendo, sim. Eu estava lá, vi o horror estampado no teu rosto, e depois, agarraste-te a mim, e senti a obrigação de te proteger. Achas que depois disso que deixo que te façam mal? Só se eu fosse doido! Eu posso ter defeitos, ser a coisa mais impulsiva do mundo, mas nunca deixaria uma rapariga de quem gosto sofrer por causa do que quer que fosse! E nem que tivesse de partir para a violência! Além disso, eu também não estou preparado emocionalmente para ir muito depressa desta vez.
SoRin: Ainda bem que compreendes... – Abraça-o muito calorosamente e dá-lhe um pequeno beijinho na bochecha.
JongHyun (sussurra): É só isso que tens para me dar? Assim, evito de te fazer surpresas.
SoRin: Por agora é o que eu te dou, se queres mais alguma coisa, espera! – Ri-se.
JongHyun: Eu sei, estava a brincar contigo! – Ri-se ligeiramente.
SoRin: Eu percebi... – levanta-se e JongHyun também. – Mas agora como é que ficamos? Amigos? Ou... – Sussurra – namorados?
JongHyun: Por mim, sou o que tu quiseres!
SoRin: Sendo assim não sei... mas sei que temos de falar melhor, conhecermo-nos como as palmas das nossas mãos... – Agarra nas mãos do JongHyun. O que eles não sabem é que Min os esteve a seguir e está do outro lado da rua a tirar fotografias...
Min: Aquela cab**!
RyeoWook: Então?! Olha-me essa linguagem!
Min: Aquela gaja anda metida com o JongHyun! Como é que queres que eu não me controle?!
RyeoWook: Se queres uma confirmação de que ele gosta dela e ela também gosta dele, nesse caso, já a tens. Agora lembra-te do que eu te disse antes de virmos para aqui.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://chanlunah.tumblr.com
Rafiki
Drunken Lover
Drunken Lover
avatar

Feminino Mensagens : 6421
Reputação : 0
Data de inscrição : 03/02/2012
Idade : 20
Localização : caca

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Dom 12 Fev - 1:36:26

Anna estou a adorar a tua fic!! Quero mais!! :D. (Ana...tens de matar essa gaja.. Tadinho do Jjongie, não pode estar descançado... Tem de levar com essa psico-bitch)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Annlunah 찬영 상태 ♥
Broken Time
Broken Time
avatar

Feminino Mensagens : 1728
Reputação : 0
Data de inscrição : 15/06/2011
Idade : 20
Localização : Philippines. Kidnaping SeHun's typist.

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Dom 12 Fev - 1:42:59

Rafiinh@ escreveu:
Anna estou a adorar a tua fic!! Quero mais!! :D. (Ana...tens de matar essa gaja.. Tadinho do Jjongie, não pode estar descançado... Tem de levar com essa psico-bitch)

Thankies Rafaa, mas tenho de esperar pela preguiçosa da Nês, eu por mim já tava no chap 20! (já tou a escrever o 21, ve lá!)
Quanto à Min, ela ainda vai fazeer muita merdz...
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://chanlunah.tumblr.com
Rafiki
Drunken Lover
Drunken Lover
avatar

Feminino Mensagens : 6421
Reputação : 0
Data de inscrição : 03/02/2012
Idade : 20
Localização : caca

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Dom 12 Fev - 1:53:39

Porque e que precisas da nikki?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Annlunah 찬영 상태 ♥
Broken Time
Broken Time
avatar

Feminino Mensagens : 1728
Reputação : 0
Data de inscrição : 15/06/2011
Idade : 20
Localização : Philippines. Kidnaping SeHun's typist.

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Dom 12 Fev - 1:55:52

Rafiinh@ escreveu:
Porque e que precisas da nikki?

E dos outros pa ler, eu não qero qe se percam na história. Ela como demora montes de tempo a ler, coise xDD dá mais tempo para os outros lerem. Além disso ela disse-me qe depois lia a fic... dois chaps em atraso xD e isso de chamares Nikki à Nês soa um cadinho... estranhoo xDD

quando ela ler, eu posto as personagens qe vão entrar no chap 8, e o chap talvez xDD e olha Rafa, o Jjong vai ter muita gente a apoiá-lo, ninguém gosta da Min e ela vai fazer sofrer mas também vai ser paga na mesma moeda... xDD
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://chanlunah.tumblr.com
Rafiki
Drunken Lover
Drunken Lover
avatar

Feminino Mensagens : 6421
Reputação : 0
Data de inscrição : 03/02/2012
Idade : 20
Localização : caca

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Dom 12 Fev - 1:59:16

Oohh, pq? Eu as vezes chamo-lhe de nikki! Vais dizer que chamar-lhe nikki é pior do que chamar-lhe Minho no meio da aula de ef, xD e ela jonghyun a mim! ;D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rafiki
Drunken Lover
Drunken Lover
avatar

Feminino Mensagens : 6421
Reputação : 0
Data de inscrição : 03/02/2012
Idade : 20
Localização : caca

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Dom 12 Fev - 2:00:37

Tipo... Não podes só por uumm? Só um chap Ana, se a Inês se chatear ctg... I got you back! (eu acho que é assim que se diz... xD)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Annlunah 찬영 상태 ♥
Broken Time
Broken Time
avatar

Feminino Mensagens : 1728
Reputação : 0
Data de inscrição : 15/06/2011
Idade : 20
Localização : Philippines. Kidnaping SeHun's typist.

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Dom 12 Fev - 2:02:57

Rafiinh@ escreveu:
Oohh, pq? Eu as vezes chamo-lhe de nikki! Vais dizer que chamar-lhe nikki é pior do que chamar-lhe Minho no meio da aula de ef, xD e ela jonghyun a mim! ;D

Não é melhor nem pior xD por e simplesmente ela não é Choi MinHo, mas Choi MinSung (segundo o korean name generator xDD) e é parecido xDD

Rafiinh@ escreveu:
Tipo... Não podes só por uumm? Só um chap Ana, se a Inês se chatear ctg... I got you back! (eu acho que é assim que se diz... xD)

O meu problema é qe não sei dizer qe não, mas eu acabei de postar um...

PESSOAS, NÃO SE CHATEIEM, A CULPA É DA PESSOA QE TOU A CITAR xDD

ok, eu vou postar as personagens...

****

[EDIT:]


Jeon YeSung - da banda ‘Run Your Destiny - RYD’ (YeSung dos Super Junior)
YeSung é o vocalista principal, mas quando não consegue cantar, substitui o JongHyun como guitarrista e o JongHyun canta no lugar deste. Ainda considera que tem muito a aprender, e é muito modesto. É da turma do JongHyun, logo tem 18 anos.


Park KwangHeng - da banda do JongHyun - RYD (KwangHeng dos CO-ED School)
KwangHeng é da turma da SoRin, e conhece o JongHyun porque os pais de ambos são médicos num hospital de Seul. Este desde sempre mostrou gostar muito de música, principalmente ritmada. Faz os arranjos musicais das músicas, toca teclado e bateria. Às vezes também canta nas músicas como voz secundária, mas apesar disso tem uma voz excelente para solos. Tem 17 anos.


Seo SungJe – da banda do JongHyun – RYD (SunJae dos Supernova)
O SungJe é o ‘menino bonito’ da banda, é o rapper e toca baixo, mas às vezes quando está a fazer rap, entrega o baixo a quem estiver só a cantar. É muito prático, sabe o que quer e as raparigas adoram-no. Chamam-no de ‘cutie SungJe’. É ele que tem grande parte das ideias para a banda, e ele e o JongHyun são os compositores das músicas. Tem 16 anos, mas anda na turma da SoRin e do KwangHeng, porque ele é o maknae da turma e faz anos antes de o ano acabar.

Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://chanlunah.tumblr.com
Rafiki
Drunken Lover
Drunken Lover
avatar

Feminino Mensagens : 6421
Reputação : 0
Data de inscrição : 03/02/2012
Idade : 20
Localização : caca

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Dom 12 Fev - 2:15:54

Ehheheh, é bué fofinho.... mas naquela foto parecia mesmo o taemin!! (Anaaa.. Eu quero o chap e não as personagens xD)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rafiki
Drunken Lover
Drunken Lover
avatar

Feminino Mensagens : 6421
Reputação : 0
Data de inscrição : 03/02/2012
Idade : 20
Localização : caca

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Dom 12 Fev - 2:17:20

Deixa ver se percebi... O Jonghyun tem uma banda na fic?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Annlunah 찬영 상태 ♥
Broken Time
Broken Time
avatar

Feminino Mensagens : 1728
Reputação : 0
Data de inscrição : 15/06/2011
Idade : 20
Localização : Philippines. Kidnaping SeHun's typist.

MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   Dom 12 Fev - 2:17:55

Ok... :c

****

Capítulo 8
Em Seul, Coreia do Sul
Dia 27 de Julho. No apartamento dos Lee, estava o SeunTae a ouvir música nos phones, na varanda, debruçado. JinKi e ChanHee estavam a falar com os pais por vídeo-chamada, e os pais só perguntavam por SeunTae e onde ele estava, e SeunTae estava debruçado sobre a varanda a olhar para o parque de diversões do outro lado da rua. Nesse momento estava Yura a pôr o lixo no contentor e a reciclar, e algumas pilhas no pilhão também. JinKi chega ao lado do SeunTae, mete-lhe a mão no ombro, e este dá um pulo com o susto. JinKi olha para baixo e vê os phones pendurados pelo mp3 e este a sair pelo bolso... este caiu na cabeça da Yura, e ouve-se um gritinho, quando ela estava a voltar para dentro do prédio. Esta agarra o mp3, volta uns passos para trás e olha para a varanda.

SeunTae: Desculpa, Yura! O JinKi assustou-me, eu deixei cair o mp3 e ele podia ter muito bem ter ‘morrido’ se não estivesses aí...
Yura: Não faz mal, SeunTae hyung! Eu depois passo por aí para te dar o mp3.
SeunTae: Kasamnida! – Yura sobe e ouve-se a porta do prédio a fechar.
JinKi: Distracção dupla, e depois admiras-te que o teu mp3 ‘morra’! Maknaes de hoje em dia...
SeunTae: Dupla? Como assim? Não percebi...
JinKi: Eu não sou burrinho, sim? Mp3 e Yura... as duas distracções.
SeunTae: Não vou comentar... Enfim, o que é que tu querias afinal de contas?
JinKi: Pais, numa vídeo-chamada.
SeunTae: Ah, vamos lá! Podias ter-me dito antes!
JinKi: Eu chamei-te, mas estavas demasiado distraído... Já sabes o que quero dizer.
SeunTae: Vamos duma vez, sim?!

Foram até à sala onde estava a ChanHee sentada no puff. JinKi foi aos quartos buscar os outros dois puffs que eles tinham. Sentaram-se cada um num puff em frente ao ecrã do computador a olhar para os pais digitalizados e imortalizados no computador, falando com eles sobre tudo, e então a umma JiWon perguntou ao SeunTae:

Umma JiWon: Filhote, alguma novidade acerca de ti? Alguma menina engraçada por aí?
SeunTae (hesita): Não. Nem novidades nem meninas.
JinKi (mete-se na conversa): Mentira! Ele anda apanhadinho até ao cabelo e não diz nada!
SeunTae (tapa a cara e desvia-a da câmara): Mentiroso!
ChanHee: Estás a tapar a cara! – Roda a webcam até ele e mostra aos pais.
JinKi: Ele estava na varanda a olhar para a nossa vizinha do lado, a Heo Yura... e deixou cair o mp3 encima da cabeça dela quando ela estava a passar... – SeunTae ganha umas corezinhas nas bochechas. – Olha-me isto, agora está a corar! – Destapa-lhe a cara.
SeunTae (volta a tapar a cara e grita): Eu não gosto dela dessa maneira!
JinKi: Que grande mentiroso! Ele gosta da Yura, e ainda mente! – Ouve-se uma campainha. É a campainha da porta...
SeunTae: Vocês fazem o favor de estarem calados?! Ela disse-me que vinha cá me dar o mp3, e vocês estão a gritar que nem galinhas histéricas a dizer que eu gosto dela...
JinKi: E não gostas?! Pela tua reacção típica de menina inocente, parece-me que sim! Vai mas é abrir a porta!
Appa WooJin: Não vês que o rapaz está encavacado? Vai lá tu, filha! E vê se ela entra, queremos conhecer a futura Lee da família...
SeunTae: Appa!

ChanHee abre a porta, e Yura está à porta com o mp3 na mão, e ChanHee pede a Yura para entrar, a início não quer, mas depois ChanHee diz-lhe para vir conhecer os pais dela, e esta entra. Estão todos em frente ao computador, que está virado para a porta. SeunTae olha para ela com um ligeiro brilhozinho nos olhos, e JinKi olha normalmente.

Yura: Com licença. Anneyong, meninos. Onde estão os vossos pais?
JinKi: No computador. Olha!
Appa e umma: Anneyong haseyo, pequenita! És a Yura, não és?
Yura: Ye, e os senhores devem ser os senhores Lee.
Umma JiWon: Somos sim, eu sou a Sra. Lee JiWon. Prazer em conhecer-te, Yura!
Appa WooJin: Eu sou o Sr. Lee WooJin, imnida!
Umma JiWon: Como eu estava a dizer-lhes, ligámos a informar que eu e o WooJin vamos antecipar a nossa viagem até Seul, a nossas férias. Conseguimos marcar um avião para dia 30 de Julho, e vamos estar cá uma semana! Portanto, dentro de uns dias vamos conhecer-nos todos em carne e osso, os vizinhos e amigos dos nossos filhos vão nos conhecer. Se calhar não sabes, mas os nossos filhos mudaram-se porque na zona de Gyeonggi-do porque eles vivam com a avó lá, e o SeunTae queria seguir artes representativas, e então, mudaram-se para Seul e a avó foi para um lar, para não estar sozinha o dia inteiro. O que importa é que ela está feliz e de boa saúde, e eles também. E olha, Yura, sabes quem os guiou por Seul? Eles isso não me contaram...
Yura: Fomos eu e o meu irmão mais velho, TaeMin.
Appa WooJin (dirige-se à umma JiWon): O rapaz que fazia anos no dia a seguir à partida deles de Sapporo, lembras-te, querida?
Umma JiWon: Ah sim, já me estou a lembrar! Bem, nós temos de ir! Começo a trabalhar às 10:30, tenho de ir tratar dumas encomendas para fazer a nova colecção de jóias para o Outono/inverno, tem de estar pronta até ao final de Agosto.
Appa WooJin: E eu ainda tenho de verificar os papéis do novo andróide que estamos a construir, e tenho de ir para um almoço de negócios, mais para o meio-dia. Beijinhos, pequenos, adoro-vos muito e até daqui a uns dias!
Umma JiWon: Adeus, filhotes! Kiss kiss kiss! – Desligam a webcam e metem-se offline.
Yura: Bem, SeunTae... está aqui o teu mp3. Que pais tão awesome que vocês têm! Eu tenho de ir andando... até logo!
SeunTae: Eu acompanho-te à porta. – Dirigem-se à porta, e SeunTae diz-lhe para esperar um pouco. – Yura... logo à tarde queres ir... ao parque de diversões?
Yura: Mas como assim? Parque de diversões tipo carrosséis, ou tipo parques de diversões tipo escorregas e baloiços?
SeunTae: Para dizer a verdade, não tinha pensado nisso, mas parece-me muito mais divertida uma rollercoaster ride, do que uma de baloiço... Tu escolhes! Mas se formos até ao parque de diversões, não sei muito bem onde é, portanto vais ter de me guiar.
Yura: Mas vamos sozinhos?
SeunTae: Sim... estás com medo? – Ri-se.
Yura: Não... – Ri-se. – Vamos a isso!

Do outro lado do rio, em Yongsang-gu, numa rua mais para oeste, no fim quase dessa zona, na rua de JongHyun, SoRin e KiBum, JongHyun no seu prédio está agarrado à guitarra eléctrica, a compor uma música para mostrar aos outros RYD, os outros elementos da sua banda. Já tem umas quatro folhas de pauta e folhas lisas escritas, e está ainda a escrever mais. A experimentar acordes que possivelmente ligariam bem, e está a escrever em hangul. Então, quando acabou, passou para o computador fixo, onde tinha um programa freeware para escrever pautas e ver como saía no final. Também dava para meter as letras por baixo, e escreveu num programa de escrita normal toda a letra. Mandou uma mensagem aos outros RYD para irem ao chat para falarem e enviar tudo aquilo que tinha feito nessa manhã. Eles foram ficando online, e então JongHyun juntou-os todos numa conversa, e mandou os ficheiros. Entretanto, o SungJe respondeu:

SungJe (no chat): Jjong... andas muito inspirado! O que se deve tanta inspiração?
KwangHeng (no chat): Também quero a receita!
YeSung (no chat): E eu! ~
JongHyun (no chat): Isso depois eu conto-vos... mas bem, acham que precisa de alguma alteração? SungJe? YeSung? KwangHeng?
KwangHeng (no chat): Mais um bocadito de ritmo... está muito parado.
YeSung (no chat): Podíamos era fazer duas versões, uma balada e outra electrónica.
JongHyun, KwangHeng e SungJe (no chat): Concordo ~
SungJe (no chat): Hyungs, ficava giro uma voz feminina nas músicas...
JongHyun (no chat): Que queres dizer? Efeitos de computador ou mesmo uma rapariga?
SungJe (no chat): Uma rapariga... ou duas. Não seríamos a primeira banda de liceu que teria raparigas e rapazes, uma banda unisexo, por assim dizer.
YeSung (no chat): Como é que fazíamos isso? Íamos meter uma mensagem no nosso blog naver? Tipo um casting online para raparigas da SangWee que queiram entrar na banda?

Spoiler:
 

KwangHeng (no chat): Isso é uma ideia muito boa! E depois seleccionávamos umas quantas para ensaiar connosco lá na sala de música onde costumamos ensaiar a seguir às aulas.
SungJe (no chat): Mas como é que se faz um casting online?
JongHyun (no chat): Eu também não sei...
YeSung (no chat): Eu sei! Mete-se um post no blog naver a informar e a pedir para as raparigas da SangWee cantem uma música, as raparigas vão lá e comentam com o nome, a turma, idade, curso e o link do vídeo. Depois nós tipo seleccionamos os que mais gostámos e metemos tipo os vídeos, entramos em contacto com as raparigas lá na escola, quando as aulas começarem, e fazemos testes de voz e isso, e tipo conhecemos melhor as meninas e depois vamos avaliá-las duas a duas, tipo battle, e quando sobrarem umas três ou quatro, tipo vamos a votos. TA-DA~
JongHyun (no chat): Muito boa ideia! Todos concordam, meninos?
SungJe e KwangHeng (no chat): Ye ~
JongHyun (no chat): Eu faço tipo umas fotocópias para afixarmos à entrada da escola, e o YeSung publica no blog naver a novidade, pode ser?
SungJe (no chat): Sim, e depois eu não me importo de divulgar nas nossas redes sociais, mesmo as pessoais, me2day’s, facebooks, myspaces, e até no site da escola, mandamos mensagens a todas as alunas.
KwangHeng (no chat): E eu ajudo-te! Vamos pôr mãos à obra?
Todos (no chat): YEE ~

Começam todos a trabalhar nesse momento, nas suas casas. YeSung está a fazer o post no blog naver, o JongHyun a fazer o cartaz para imprimir, e os outros dois à espera que JongHyun e YeSung digam alguma coisa. Nesse mesmo momento, estão SoRin e KiBum a fazer o almoço com o seu tio HyunSeok. Min está no computador a ver se tem alguma novidade sobre JongHyun na internet, e está também a imprimir fotografias. São 12:27. Yura e TaeMin estão em casa à espera que entreguem em casa a comida italiana que encomendaram, e esta está nesse momento a subir as escadas. SeunTae está em frente ao espelho da casa de banho a olhar-se ao espelho e constantemente a mexer no cabelo, penteá-lo e despenteá-lo. JinKi está à porta e vai chamá-lo para ir comer.

JinKi: SeunTae ~~
SeunTae (de costas para ele, a olhar para o espelho): Diz, oppa.
JinKi: Deixa lá o espelho, o almoço está pronto, a unnie já está a comer! Hoje é kimchi com arroz! Queres ficar sem almoço? Vá, anda!
SeunTae (vira-se): Já vou!
JinKi: Já sei porque é que estás assim... hoje vais dar uma volta com a Yura, não é?
SeunTae: Vou dar uma volta com ela sim, mas eu estou normal... qual é o mal de querer estar apresentável quando ela me vier chamar?
JinKi: Já não te conheço! Costumas andar vestido ‘à balda’...
SeunTae: Até parece!

Vão comer para a sala. ChanHee já tirou uma tigela de arroz cozido e uma de kimchi, e pegou os pauzinhos para comer. SeunTae senta-se em frente a ela, e JinKi ao lado. Começam todos a comer, e SeunTae tira um cogumelo da tigela da ChanHee sem ela ver, mas JinKi repara.

JinKi: Dongsaeng!
SeunTae: Qual é o drama? Foi só um cogumelo! – Ri-se.
JinKi: Tens uma tigela cheia de Kimchi!
SeunTae: Mas apeteceu-me tirar do da unnie, ela mete sempre mais para ela, ela é uma glutona! E depois a culpa é minha...
ChanHee: Sendo assim também vou tirar um cogumelo da tua tigela...
SeunTae: Não dá, já os comi todos! – Ri-se.
ChanHee: E depois sou eu que sou comilona e glutona, não é, maknae? – Ri-se.
SeunTae: Tenho de me ir vestir!

SeunTae acaba de comer apressadamente o resto do kimchi e o arroz e sai da sala, dirigindo-se a correr para o quarto.

ChanHee: Que é que foi isto?
JinKi: Ele está todo nervozinho, tem um date com a Yura, agora a seguir ao almoço...
ChanHee: Ah, já percebi tudo. Ai o amor... E os maknaes!
JinKi: É que é mesmo. Estes rapazes e raparigas de hoje em dia...
ChanHee: Então e tu, JinKi?
JinKi: Eu? Ou a chicken se declara a mim ou fico forever alone para sempre...
ChanHee: Ainda não viste nenhuma galinha de saltos altos?
JinKi: Credo! Não. Prefiro converse, é mais prático, e a galinha não corre o risco de partir o pé.
ChanHee: Tu percebeste-me, JinKi dongsaeng.
JinKi: Sim, percebi, mas a minha resposta continua a ser a mesma.
ChanHee: Não há maneira de falar contigo...
JinKi: Pois não! – Ri-se. – O meu objectivo é esse!

Tocam à campainha. Ouve-se um estrondo no quarto do JinKi e do SeunTae.

SeunTae (lá dentro): Eu estou bem! Só caí!
JinKi: Ai o meu maninho ‘tá sangtae! Sai ao mano mais velho... é o amor...

Vai abrir a porta. Yura pergunta por SeunTae, e ChanHee vai tirar as tigelas de kimchi da mesa e JinKi convida-a para entrar. Esta senta-se no sofá.

JinKi: Está à vontade, Yura. O SeunTae está-se a vestir ainda. Ele não costuma ser tão ‘noiva’ assim... – Ri-se.
ChanHee (dirige-se de novo para a sala): Ele até caiu e tudo, coisa que costuma acontecer é com o JinKi, ele raramente cai e se tortura!
Yura: Mas está tudo bem? – Eleva o nível da voz. – SeunTae hyung, estás bem?
SeunTae: Sim! Está tudo – bate com o joelho – ouch, bem.
Yura (para o SeunTae): Tens a certeza?
SeunTae (para a Yura): Sim...
JinKi: Eh pá, isso está feio! Nem eu, que sou sangtae, caio duas vezes de seguida! – Ri-se.

SeunTae sai pela porta com umas skinny jeans de ganga, uma camisa branca, lisa e ‘desfraldada’, umas converse pretas e uma gravata preta, a fazer lembrar um uniforme. Yura está também com umas skinny jeans de ganga, um top de alças cor de coral, mais para o cor-de-rosa, umas sandálias de salto alto pretas e um bolero azul, quase da cor da ganga. Yura olha-o de cima a baixo, e esboça um pequeno sorriso, e o SeunTae faz uma cara um bocadinho parva, típica de rapazinho apaixonado.

Yura: Como é que vamos lá? A pé? Transporte urbano?
SeunTae: Achas que consegues andar de bicicleta com os saltos altos?
Yura: Duvido... É melhor irmos no transporte urbano, é só 150 wons. E o bilhete do parque de diversões deve rondar os 1500 wons. É melhor levarmos cerca de 2000 wons cada um. Um bocadinho mais, talvez. Que achas?
SeunTae: Ah, sim... 2500 wons. – Sussurra para JinKi. – Mano, emprestas-me 500 wons?
JinKi (sussurra): Sim, podes tirar, está na porta da mesa-de-cabeceira, dentro do mealheiro do porquinho cor-de-laranja e azul.
SeunTae: Está bem. – Para a Yura. – Já volto, vou só buscar a minha carteira.

SeunTae vai a correr até ao quarto e mete três notas dentro da carteira; uma de 500 wons e duas de 1000 wons, e de seguida guarda a carteira. Volta o mais rápido que pode para junto da Yura, e vão se embora a correr até à paragem do autocarro. Esperam uns minutos e apanham o transporte urbano que os levará até ao parque de diversões. Vão sentados a ouvir música até que se apercebem que já chegaram ao destino onde têm de sair. A porta vai fechar, quando Yura se apercebe e agarra na mão do SeunTae e saem rapidamente do transporte urbano. Quando estão à entrada dão por eles de mãos dadas, e Yura deixa fugir os dedos da mão do SeunTae suavemente, tal como ele faz. Compram os bilhetes, que os permitem estar durante a tarde toda nos carrosséis e na montanha russa. Andam por todos os carrosséis, várias vezes em alguns, e já perto das 17:00, eles compram um gelado para cada um, daqueles de bola e cone de waffle, dos sabores que quiserem, os típicos gelados artesanais. Pediu duas colheres para comerem os gelados. Sentaram num banco rodeado de arbustos e flores. A certo momento...

Yura: De que é o teu gelado?
SeunTae: Chocolate, cookies e cheesecake de morango.
Yura (sussurra): Parece bem bom... Posso provar um pouquinho?
SeunTae: Podes! O teu é de quê?
Yura: O meu é de manga e ananás com pedacinhos e com um bocadito de chantilly por cima.
SeunTae: Nhom, parece-me bem. Deixas-me me provar?
Yura: Claro que sim, vá, tira!

Estende-lhe o gelado, e SeunTae tira uma colher da mistura. Yura faz o mesmo. Acabam de comer os gelados. Nesse momento, são 17:57, e Yura e SeunTae apercebem-se que está quase na hora de fechar. Estes têm de sair o mais depressa possível de lá, pois já estão a fechar tudo. No momento que saíram de lá, Yura torceu o pé e caiu.

SeunTae: O que aconteceu, torceste o pé?
Yura: Sim... Mas não deve ser nada, depois fico bem, correr com saltos não é lá muito fácil... mas não é nada de especial... Se me sentar, fico bem passado um tempinho.
SeunTae: Sendo assim, eu ajudo-te a ires para a paragem.

SeunTae pega na Yura ao colo.

Yura: Chamas a isso ajuda? – Ri-se. – Bastava eu me amparar no teu ombro e ir nem que fosse a coxear, cambalear, rebolar se fosse preciso... – Ri-se.
SeunTae: Para quê? Vais te aleijar mais... Vais ao meu colo e não digas mais nada!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://chanlunah.tumblr.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Fanfic ‘The Name I Loved’ (primeira FanFic) *-*
» a minha primeira fanfic tema jongkey(completo)
» memória fotográfica ~FANFIC COMPLETA~
» Doações De Fotos Para FanFics
» A Chave do Quinto Elemento ~FANFIC COMPLETA~

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SHINee Portugal :: SHINee Club! :: FanFic's-
Ir para: